Ubuntu GNOME

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ubuntu GNOME
Logotipo

Captura de tela
Ubuntu GNOME 17.04
Arquiteturas x86 x86-64
Modelo do desenvolvimento Software Livre
Lançado em 18 de outubro de 2012 (7 anos)
Versão estável Ubuntu GNOME 17.04 (Zesty Zapus) / 13 de abril de 2017; há 2 anos
Língua natural Multilíngue
Família GNU
Núcleo Linux
Método de atualização APT
Gerenciamento de pacotes dpkg
Interface GNOME
Licença GNU GPL / Outras
Estado do desenvolvimento Descontinuada em favor da distribuição Ubuntu padrão
Website ubuntugnome.org.
Origem comum  Ilha de Man
Portal do Software Livre

Ubuntu GNOME (antigo Ubuntu GNOME Remix) foi uma distribuição Linux e era distribuída como software livre e de código aberto, baseado no sistema operacional Ubuntu, mas com uma pura interface GNOME. Foi descontinuada após a versão oficial do Ubuntu utilizar GNOME, combinando esforços de desenvolvimento.[1][2][3]

O projeto começou como um "remix" não oficial porque alguns usuários preferiam o desktop GNOME 3 sobre Unity.[4] Ubuntu GNOME 12.10 Quantal Quetzal foi a primeira versão estável lançada em 18 de outubro de 2012.[5]

Lançamentos[editar | editar código-fonte]

Versão Atual Lançamento não mais suportado Lançamento ainda suportado Lançamento Futuro
Versão Apelido Data de Lançamento Suportado Até Observações
12.10 Quantal Quetzal 18-10-2012 Abril 2014
  • primeiro lançamento
13.04 Raring Ringtail 26-04-2013 Dezembro 2013
  • Firefox substituiu o GNOME Web (Epiphany) como o navegador nativo.
  • Ubuntu Software Center e Update Manager substituiu o GNOME Software (gnome-packagekit).
  • LibreOffice 4.0 vem nativamente no lugar do Abiword e Gnumeric.
13.10 Saucy Salamander 17-10-2013 Maio 2014
  • usa GNOME 3.8
14.04 LTS Trusty Tahr 17-04-2014 Abril 2017
14.10 Utopic Unicorn 23-10-2014 Julho 2015
  • Maior parte do GNOME 3.12 incluído.
  • gnome-maps e gnome-weather instalados nativamente.
  • Sessão GNOME Classic incluido e selecionável no login[8]
15.04 Vivid Vervet 23-04-2015[9] Dezembro 2015
15.10 Wily Werewolf 22-10-2015 Julho 2016
  • GNOME 3.16
  • GNOME Photos substituído pelo Shotwell como o gerenciador de fotos padrão
  • GNOME Music substituído pelo Rhythmbox como o player padrão de música
16.04 LTS Xenial Xerus 21-04-2016 Abril 2019
  • "Guia de Introdução" ao dar o primeiro boot
  • GNOME Software substituído pelo Ubuntu Software Center
  • Suporte para instalação de pacotes Snappy
  • Sessão Wayland disponibilizada (experimental)
16.10 Yakkety Yak 13-10-2016 Julho 2017
  • Gnome 3.20
17.04 Zesty Zapus 13-04-2017 Janeiro 2017
  • Última versão lançada

Recepção[editar | editar código-fonte]

Escrevendo em outubro de 2013, Jim Lynch declarou: "Ubuntu GNOME 13.10 será recebido pelos fãs do GNOME.O GNOME 3.8 adiciona alguns novos recursos significativos que melhoram a experiência de desktop, e tudo isso foi combinado bem com o Ubuntu 13.10 em si. Assim, o resultado final provavelmente será bastante atraente para aqueles que querem Ubuntu, mas com o GNOME 3.8, em vez do Unity. Se você não é um fã do GNOME 3 então, Lubuntu, Kubuntu ou Xubuntu são melhores ambientes de trabalho se você precisa ficar dentro da família Ubuntu. Se nenhum daqueles apelar para você, então você pode querer apenas sentar-se firmemente e esperar pelo Linux Mint 16 chegar."[11]

Jim Lynch avaliou o Ubuntu GNOME 14.04 LTS, em abril de 2014, e concluiu: "Eu vi alguns comentários sobre o Ubuntu 14.04 que proclamaram que ele seja "a melhor versão do Ubuntu" e esse tipo de coisa. Bem, eu acho que é justo dizer que o Ubuntu GNOME 14.04 também pode ser a melhor versão do Ubuntu GNOME, e isso é algo que os desenvolvedores e usuários do Ubuntu GNOME podem se orgulhar.[12]


Ver também[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia tem os portais:

Referências

  1. «UbuntuGNOME - Introduction» 
  2. «UbuntuGNOME - Ubuntu Wiki». wiki.ubuntu.com. Consultado em 18 de maio de 2018 
  3. «Ubuntu GNOME 17.04 Released and What's Next | Ubuntu GNOME». ubuntugnome.org (em inglês). Consultado em 18 de maio de 2018 
  4. Andrei, Alin (11 de março de 2013). «Ubuntu GNOME Becomes An Official Ubuntu Flavour». Webupd8. Consultado em 28 de maio de 2013 
  5. «Ubuntu GNOME Remix 12.10 Released!» 
  6. Bhartiya, Swapnil (18 de março de 2014). «Ubuntu Gnome gets LTS status». Muktware. Consultado em 19 de março de 2014 
  7. Sneddon, Joey (2 de março de 2014). «Ubuntu 14.04 Flavours Release First Beta». OMG Ubuntu. Consultado em 2 de março de 2014 
  8. «Utopic Unicorn Release Notes - Ubuntu Wiki». UbuntuGNOME 
  9. Canonical Ltd (5 de dezembro de 2014). «Vivid Vervet Release Schedule». Consultado em 19 de dezembro de 2014 
  10. Sneddon, Joey (19 de dezembro de 2014). «Ubuntu 15.04 Alpha 1 Releases Now Ready for Download». OMG Ubuntu. Consultado em 15 de dezembro de 2014 
  11. Lynch, Jim (23 de outubro de 2013). «Ubuntu GNOME 13.10». Linux Desktop Reviews. Consultado em 29 de outubro de 2013 
  12. Lynch, Jim (21 de abril de 2014). «Ubuntu GNOME 14.04 LTS». Linux Desktop Reviews. Consultado em 22 de abril de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]