Ultragaz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ultragaz
Ultragaz Participações S.A.
Logotipo da Ultragaz
Tipo Empresa de capital fechado
Indústria Distribuição de GLP envasado
Fundação 30 de agosto de 1937
Fundador(es) Ernesto Igel
Sede São Paulo, SP,  Brasil
Áreas servidas  Brasil
Proprietário(s) Ultrapar
Pessoas-chave Pedro Jorge Filho (CEO)
Produtos Gás GLP
Subsidiárias Liquigás
Brasilgás
Faturamento Aumento R$ 4,621 bilhões (2015)[1]
Página oficial www.ultragaz.com.br

A Ultragaz é uma empresa do mercado brasileiro de distribuição de gás domiciliar. Teve sua origem na Empresa Brasileira de Gás à Domicílio, criada por Ernesto Igel, fundador do Ultra.[2][3]

Maior distribuidora de GLP no Brasil, com 23% de participação de mercado, a Ultragaz fornece o gás a aproximadamente 10,5 milhões de domicílios no segmento envasado e a mais de 40 mil clientes no segmento granel.[4]

A Ultragaz atua nacionalmente, por meio de revendas próprias, terceirizadas e através de sua frota de caminhões. Na Bahia, a empresa atua como Brasilgás.[2]

História[editar | editar código-fonte]

Até meados da década de 1930, não existia no Brasil o sistema, hoje tão comum, de venda de botijões de gás domiciliar, muito menos a entrega na casa do consumidor. O pioneirismo coube a Ernesto Igel, um austríaco de Viena que veio para o Brasil em 1920 e, em 1937, fundou a Empresa Brasileira de Gás a Domicílio.

A Empresa Brasileira de Gás a Domicílio começou pequena, com três caminhões de entrega e menos de 200 clientes. Mas a ideia rendeu frutos e, no início da década de 1960, já com o nome Ultragaz, o negócio criado por Ernesto Igel tinha 1 milhão de consumidores em sua carteira de clientes.

Em 1997, a Ultragaz introduziu o UltraSystem, sistema de entrega de GLP a granel.

Fruto do processo de expansão, a Ultragaz adquiriu em 2003 a operação de distribuição de GLP da Shell no Brasil, Shell Gás, o que permitiu à empresa alcançar a liderança no mercado de GLP. A Ultragaz também introduziu sistemas de encomendas pela internet e por SMS e permitiu que, nos caminhões de entrega da marca, o consumidor pudesse pagar o gás com cartões de crédito e débito, além de fazer recarga de celulares.

Em outubro de 2011, por R$ 50 milhões, a Ultragaz adquiriu a distribuição de GLP da Repsol no Brasil[5]. e incorporou um volume de vendas anuais de 22 mil toneladas, o correspondente a 1% no mercado brasileiro.

Atualmente, a Ultragaz conta com mais de 4.200 revendas. Nos primeiros nove meses de 2011, registrou um volume de vendas de 1,7 milhão de toneladas de GLP.

Em 17 de novembro de 2016 a Petrobras fechou a venda da Liquigás para a Ultragaz por 2,8 bilhões de reais, a aquisição ainda precisa ser aprovada pelas CADE.[6]

Distribuição[editar | editar código-fonte]

A distribuição de GLP envasado da Ultragaz, utilizado principalmente em residências, inclui vendas a domicílio e por meio de lojas de varejo de propriedade da própria empresa e também terceirizadas.[2][7]

A distribuição de GLP a granel, utilizado no setor comercial, em pequenas indústrias e em condomínios, é realizada com tanques de aproximadamente 190 kg instalados nos estabelecimentos dos clientes.[8]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

  • Prêmio Paranaense de Qualidade em Gestão.[9]
  • Marketing Best 2007 - Inovação Logística e Empresarial.[10]

Referências

  1. Ultrapar (31 de Dezembro de 2015). «Ultrapar Relatório de 2015». Site da Ultrapar. Consultado em 3 de Novembro de 2016. 
  2. a b c Guilherme Barros (01/06/2003). «Ultragaz negocia compra da Shell Gas para ser líder». Folha de S.Paulo. Consultado em 3 de Junho de 2015. 
  3. Rafael Rosas (20/10/2011). «Repsol vende unidade de GLP para a Ultragaz». Valor. Consultado em 3 de Junho de 2015. 
  4. Kleide Teixeira. «Disputa pelo consumidor». Globo. Consultado em 3 de Junho de 2015. 
  5. http://euleionn.com.br/noticias/gas-natural/repsol-vende-ativo-de-glp-ultragaz-e-foca-em-ep
  6. Da Reuters (17 de Novembro de 2016). «Petrobras aprova venda da Liquigás para Ultragaz por R$ 2,8 bi». G1. Consultado em 20 de Novembro de 2016. 
  7. «Ultragaz apresenta força de sua marca na Expo Franchising ABF 2014». MaxPress. 23/09/2014. Consultado em 3 de Junho de 2015. 
  8. «UltraSystem garante energia limpa e ininterrupta para novos empreendimentos». Consultado em 3 de Junho de 2015. 
  9. «Ultragaz vence prêmio Paranaense de Qualidade em Gestão». 06/12/2012. Consultado em 3 de Junho de 2015. 
  10. «Cia Ultragaz - inovação logística empresarial Ultragaz». 01/01/2007. Consultado em 3 de Junho de 2015. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]