Um

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
1
Cardinal um
uma
Ordinal primeiro
Propriedades matemáticas
Factorização N/A
Função totiente φ(1) = 1
Número de divisores τ(1) = 1
Soma dos divisores σ(1) = 1
Contagem de primos π(1) = 0
Função de Möbius μ(1) = 1
Função de Mertens M(1) = 1
Outros sistemas de numeração
Sistema binário 12
Sistema octal 18
Sistema duodecimal 112
Sistema hexadecimal 116
Numeração romana I
Numeração egípcia
Z1
Numeração grega Ι
Numeração jónica α´
Numeração chinesa
Numeração hebraica
Numeração arménia Ա
Numeração Āryabhaṭa
Numeração maia 1 maia.svg
Lista de números

0 1 2 3 4 5 6 7 8 9
0 10 20 30 40 50 60 70 80 90

Japanese Route Sign Number 1.svg

O um (1) é o número inteiro que segue o zero e precede o dois, ele também é o segundo número natural e o primeiro número ímpar.


Além de numeral, o um é também um artigo indefinido masculino, sendo seu feminino: uma.

O numeral ordinal associado ao cardinal um é o primeiro. O primeiro é aquele que lidera uma sequencia de elemento, e sua representação é 1º (número um seguido da letra 'o' superscrita, eventualmente a letra 'o' pode estar sublinhada).

O número um representa a unidade de referência num sistema de medida. Por exemplo, se dissermos que um determinado graveto tem comprimento um, podemos medir o comprimento de outros objetos com sendo 2, 3, 4 ou frações de gravetos.

Matemática[editar | editar código-fonte]

O um é o elemento neutro do produto, ou seja, qualquer número a multiplicado por 1 resulta no mesmo número a.

O número um não é primo, nem um número composto,mas existem muitos números primos terminados em 1,exemplo:71.

O um não possui logaritmo, em qualquer que seja a base, pois 1x = 1 para todo x.

Diversas sequências matemáticas começam com número um, entre elas:

  • sequência de número ímpares;
  • sequência de Fibonacci, cujo os dois primeiros elementos são um;
  • série de número quadráticos, e outras séries de potência.

Além disso, um é o primeiro e último elemento de todas as linhas do triângulo de Pascal.

Não importa a base numérica, a representação do número um é sempre igual: 12, 13, 14, 15 ...

Os números 0 e 1 são os únicos uitlizados na representação binária dos números.

A matriz identidade possui todos os elementos da diagonal principal igual a 1.

Um problema matemático envolvendo o número um foi solucionado em 1770 por Leonard Euler, consistiu em provar que os números 1 e 0,999... são exatamente o mesmo número. Outro problema interessante consiste em provar que entre zero e um existem mais números reais do que podemos contar usando todos os números naturais.

A fração continuada infinita de uns, é igual ao número de ouro: [1;\overline{1}\,] = [1;1,1,1,1,\ldots]1 + \frac{1}{1+\frac{1}{1+\frac{1}{1+\ldots}}} = \frac{1+\sqrt{5}}{2}

Escrita[editar | editar código-fonte]

O número um é reprentado na escrita ocidental moderna como um traço vertical, frequentemente adiciona-se uma serifa na parte superior, também é comum marcar a base com um tranço horizontal menor. A representação na escrita oriental no número um é através de um traço horizontal.

O número um em algarismos romanos é através da letra I.

Ciência[editar | editar código-fonte]

Cultura[editar | editar código-fonte]

  • Nos esportes, é comum que a camisa 1 seja utilizada por um jogador de função diferenciada ou de destaque, como goleiro no futebol, armador no basquete e lançador no beisebol.
  • A expressão "Você é o(a) número um.", é usada para dizer que algo ou alguém é o mais importante.
  • Atletas de corridas costumam levantar o indicado para comerar a chegada em primeiro lugar.
  • Um baralho de 52 cartas comum, não possue o número 1. Este é representado pelo Ás.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Evolução do nº 1
Wikilivros
O Wikilivros tem um livro chamado Pequenos números
Wikcionário
O Wikcionário possui o verbete um.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Um