Um Anjo Caiu do Céu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Um Anjo Caiu do Céu
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero Comédia romântica
Duração 60 minutos
Criador(es) Antônio Calmon
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) Dennis Carvalho
Elenco
Tema de abertura "Ando Meio Desligado", Pato Fu
Tema de encerramento "Ando Meio Desligado", Pato Fu
Exibição
Emissora de televisão original Brasil Rede Globo
Formato de exibição 480i (SDTV)
Transmissão original 22 de janeiro25 de agosto de 2001
N.º de episódios 185

Um Anjo Caiu do Céu é uma telenovela brasileira produzida pela Rede Globo e exibida às 19 horas, entre 22 de janeiro e 25 de agosto de 2001, em 185 capítulos, substituindo Uga Uga e sendo substituída por As Filhas da Mãe. [1] Foi a 61ª "novela das sete" exibida pela emissora. Foi escrita por Antônio Calmon, com a colaboração de Eliane Garcia, Lílian Garcia, Márcia Prates, Maria Helena Nascimento e Álvaro Ramos, dirigida por Dennis Carvalho, José Luiz Villamarim e Amora Mautner, direção geral de José Luiz Villamarim e Dennis Carvalho e direção de núcleo de Dennis Carvalho.

Contou com Caio Blat, Tarcísio Meira, Renata Sorrah, Christiane Torloni, Patrícia Pillar, Deborah Evelyn, Débora Falabella e José Wilker nos papéis principais da história.

Produção[editar | editar código-fonte]

A novela abordou temas como neonazismo e desaparecimento de crianças sem causar polêmicas. Os primeiros capítulos foram gravados em Praga, na República Tcheca, com uma equipe de 70 pessoas, entre brasileiros e tchecos, contando inclusive com atores locais.[2] A boate LZ-129, um dos cenários fixos da novela, era um armazém da região portuária do Rio de Janeiro. Na época, foi lançada uma trilha sonora complementar, Boate LZ 129, com os hits que tocavam na boate da novela. Antônio Calmon homenageou seu colega de profissão, o autor já falecido na época Cassiano Gabus Mendes, ao introduzir na trama o personagem Paulinho – um costureiro heterossexual que fingia ter trejeitos afeminados para adentrar o mundo da moda – uma referência ao protagonista Jacques Leclair de Ti Ti Ti, escrita por Cassiano e que se tornou grande sucesso em 1985. Paulinho foi interpretado pelo filho de Cassiano, o ator Cássio Gabus Mendes.

Durante o decorrer da trama outros personagens foram inseridos, como o ex-modelo Alex de Leon, interpretado por Supla, que entrou após dois meses no ar.[3] Na segunda metade também entrou Angélica, interpretando a anja Angelina, sendo que a apresentadora não integrava o elenco de uma produção adulta desde a minissérie O Guarani, de 1991.[4] Esta também foi a última telenovela de Susana Werner antes de sua mudança de país.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

João Medeiros é um fotógrafo de fama internacional que sofre um atentado em Praga, na República Tcheca, quando fotografa por acaso um líder nazista que estava em meio a planos secretos. Em seus últimos momentos na Terra sua vida é salva por pelo anjo Rafael, enviado pelas altas instâncias celestes para oferecer-lhe uma nova chance. O anjo avisa o fotógrafo que ele terá apenas mais seis meses de vida para resolver seus problemas com a família, negligenciada desde que ele abandonou tudo pela profissão – incluindo resolver sua situação com a ex-mulher Naná, que agora vive com o aproveitador Tarso, e se entender com suas duas filhas. Virgínia se tornou uma conceituada estilista, mas culpa o pai pelo problema na perna causado por um acidente que sofreu na adolescência e que acabou com sua carreira de bailarina. Já Duda desenvolveu transtorno obsessivo-compulsivo após seu filho Kiko ter desaparecido anos antes, colocando seu casamento com Maurício em uma longa crise.

O rapaz foi sequestrado pela esquizofrênica Artêmis, que morreu logo depois e deixo-o para seus pais, Carlão e Laurina, que criaram Kiko como Joaquim junto aos outros dois netos, Robson e Dorinha, embora nunca tivessem coragem de revelar a verdade, deixando apenas que ele soubesse que era adotado – o que fez com que Kiko e Dorinha se apaixonassem. Além disso, João ainda terá que lidar com a existência de uma filha que ele nunca conheceu, fruto de seu relacionamento extraconjugal com sua cunhada, Laila, uma estilista tão talentosa, quanto ambiciosa, que sempre teve inveja da irmã e foi apaixonada por ele. A filha em questão, Cuca se rebelou ao descobrir quem era seu pai e toda sujeira que perpetuava na história de sua família, fugindo de casa e cortando seus cabelos. Ela é ajudada pelo piloto aeronáutico Breno, que a confundiu com um menino e encontrou nela uma grande amizade. Sustentando a mentira, a garota se apaixona por amigo sem poder contar a verdade. Rafael, que fica na Terra para ajudar João em toda sua empreitada, decide se tornar humano e começa sentir uma gama de emoções das quais nunca sonhou. Para não deixar que o rapaz deixe de cumprir sua missão, a anja-supervisora Angelina decide interferir para que todas as obrigações sejam cumpridas.

Paralelamente há a história de Paulinho, um costureiro que nunca conseguiu adentrar o mundo da moda por ser, ironicamente, heterossexual. Ele assumiu a identidade de Selmo de Windsor, um famoso estilista internacional que morreu sem que ninguém soubesse, podendo colocar finalmente suas criações em prática. Fingindo ser gay e com outra identidade, o profissional , o profissional acaba se apaixonando por Virgínia e provoca muitas situações inusitadas para viver esse amor. Na república, vivem as modelos Carol e Jô, que vivem tentando melhor o jeito desleixado da amiga Alice, uma estudante de moda que não liga para seu próprio visual e tem um jeito inseguro. A casa fica mais agitada com a chegada do ex-modelo Alex, que aparece com trabalhos cada vez mais cômicos para elas. Os problemas de João complicam com a chegada de Lenya, uma espiã profissional contratada pelos neonazistas para recuperar as fotos comprometedoras feitas pelo profissional.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem
Caio Blat Rafael
Tarcísio Meira João Medeiros
Renata Sorrah Natália de Montaltino (Naná)
Shirley Ferreira
Christiane Torloni Laila de Montaltino
José Wilker Tarso Dantas
Patrícia Pillar Maria Eduarda Medeiros de Montaltino Duarte (Duda)
Deborah Evelyn Virgínia Medeiros de Montaltino
Débora Falabella Cláudia de Montaltino (Cuca)
Henri Castelli Breno
Marcello Antony Maurício Duarte
Angélica Angelina
Chris Couto Eva Lenya Brunner (Lenya)
Cássio Gabus Mendes Paulo Matos (Paulinho) / Selmo de Windsor
Jonatas Faro Frederico Medeiros Duarte (Kiko) / Joaquim dos Anjos
Sthefany Brito Isadora dos Anjos (Dorinha)
Caco Ciocler David Esteves
Felipe Camargo Josué
Débora Lamm Alice Maciel
Supla Alex de Leon
Mariana Hein Carolina Pascoal (Carol)
Janaína Lince Joana Soares ()
Antônio Petrin Carlos dos Anjos (Carlão)
Ana Rosa Laurinda dos Anjos
Caio Junqueira Adolfinho
Rodrigo Eldestein André ()
Paulo José Alceu
Bel Kutner Luciana (Lulu)
Karine Carvalho Michelle
Luís Salem Ávila Brunner
Gustavo Mello Fernando (Nando)
Rosane Gofman Expedita
Zé Carlos Machado Emanuel Steinberg
Miriam Pires Ermelinda
Michel Capeletti Robson dos Anjos
Thiago Oliveira Felipe Medeiros Duarte (Lipe)
João Paulo Biancardini Gustavo Medeiros Duarte (Guga)
João Camargo Gildo
Maria Gladys Zezé
Larissa Queiroz Luana

Participações especiais[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem
Daniel Dantas Selmo de Windsor
Jan Ponan Eric Brunner
Tarcísio Filho Rodrigo Medeiros Ferreira
Hugo Carvana Sargento Garcia
Susana Werner Débora
Luma Costa Ermelinda (jovem)
Luciano Szafir Eduardo
Guilherme Weber Carl
Odilon Wagner Sid Valente / Coyote
Sérgio Loroza Jacaré
Fabiana Oliveira Alexandra
Matheus Rocha Tomás
Breno Moroni Pingue
Eduardo Andrade
Alexandre Zacchia Peçanha
Sílvia Bandeira Giovana
Dênis Carvalho Jaime

Audiência[editar | editar código-fonte]

O primeiro capítulo teve média de 39 pontos, com picos de 46.[5] O último capítulo também teve média de 39 pontos, com picos de 44. [6] A trama teve média geral de 33,6 pontos.[7]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Trilha sonora nacional[editar | editar código-fonte]

Capa: Caio Blat e o anjo da abertura

  1. "Quem de Nós Dois (La Mia Storia Tra Le Dita)" - Ana Carolina
  2. "Eu Nasci Há Dez Mil Anos Atrás" - Zé Ramalho
  3. "Divano" - Era
  4. "Erva Venenosa (Poison Ivy)" - Rita Lee
  5. "Siboney (Siboney)" - João Bosco
  6. "Dançando Com A Vida" - Sandra de Sá (participação especial Gabriel, o Pensador)
  7. "Me Revelar" - Zélia Duncan
  8. "Desenho De Giz" - Simone
  9. "Colombina" - Ed Motta
  10. "Meu Sangue Ferve Por Você (Melody Lady (Melancolie))" - Patrícia Coelho
  11. "Aonde Quer Que Eu Vá" - Os Paralamas do Sucesso
  12. "Apaixonada Por Você" - Wanessa Camargo
  13. "Só Tinha Que Ser Com Você" - Elis Regina e Tom Jobim
  14. "Ando Meio Desligado" - Pato Fu (tema de abertura)

Trilha sonora internacional[editar | editar código-fonte]

Capa: Débora Falabella

  1. "Again" - Lenny Kravitz
  2. "Thank You" - Dido
  3. "By Your Side" - Sade
  4. "Trouble" - Coldplay
  5. "Soul On Soul" - Rod Stewart
  6. "Ready For Love" - India.Arie
  7. "Better Man" - Robbie Williams
  8. "Don't Let Me Be Lonely Tonight" - Eric Clapton
  9. "I'm Outta Love" - Anastacia
  10. "Imitation of life" - R.E.M.
  11. "Milk And Toast And Honey" - Roxette
  12. "Turning" - Suzanne Ciani featuring Chyi Yu
  13. "Memories" - Mind Trip
  14. "Nothing's Gonna Change My Love For You" - SNZ
  15. "Trancendental" - Urban
  16. "Amor de Reclame" - Lulo

Trilha sonora complementar: Boate LZ 129[editar | editar código-fonte]

Capa: Débora Evelyn

  1. "Night And Day" - Spacey
  2. "AC / DC" - X-Press 2
  3. "Woman Trouble" - Artful Dodger
  4. "Light My Fire" - Black Legend
  5. "Swan Lake Suites" - G-Vô Progect
  6. "Operation Blade" - Public Domain
  7. "Round The Corner" - London Elektricity
  8. "Bass Mekanik" - Bass Mekanik
  9. "Remember Me" - Blue Boy
  10. "Só Tinha De Ser Com Você" - Fernanda Porto
  11. "Lady" - Modjo
  12. "It Wasn't Me" - Shaggy (with Ricardo "Rikrok" Ducent)
  13. "More Time" - D.C. 200
  14. "Pause" - The Bombers
  15. "XX Series" - Beat Boxx

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Indicação Resultado
2001 Troféu APCA Melhor Atriz Christiane Torloni Venceu
Prêmio ISTOÉ Gente Personalidade do Ano: Televisão
Prêmio Qualidade Brasil Atriz revelação Débora Falabella
Festival Latino-Americano de Campo Grande Melhor Efeito Especial Um Anjo Caiu do Céu

Referências

  1. «SBT reprisa 'Éramos Seis' e Globo estréia nova novela». Diário do Grande ABC. 22 de janeiro de 2001. Consultado em 26 de julho de 2015 
  2. «Elenco de "Um Anjo Caiu do Céu" grava com temperatura de 5ºC». Folha Ilustrada. 3 de novembro de 2000. Consultado em 20 de março de 2016 
  3. «Maratona de Um Anjo Caiu do Céu pega Supla de surpresa». Babado Ig. 13 de abril de 2001. Consultado em 26 de julho de 2015 
  4. «Angélica começa a flertar com adultos». Estadão. 11 de abril de 2001. Consultado em 26 de julho de 2015 
  5. «Um Anjo Caiu do Céu estréia com 39 pontos de audiência». Babado IG. 22 de janeiro de 2001. Consultado em 26 de julho de 2015 
  6. «Um Anjo Caiu do Céu termina com 39 pontos no ibope». Babado IG. 24 de agosto de 2001. Consultado em 26 de julho de 2015 
  7. «Ibope de novelas desaba na Globo; veja a queda». Ooops!. 18 de setembro de 2008. Consultado em 14 de setembro de 2009 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]