Umari

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Umari
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Fundação 1883
Gentílico umariense
Prefeito(a) Francisco Alexandre Barros Neto (PT)
(2017–2020)
Localização
Localização de Umari
Localização de Umari no Ceará
Umari está localizado em: Brasil
Umari
Localização de Umari no Brasil
06° 38' 52" S 38° 42' 00" O06° 38' 52" S 38° 42' 00" O
Unidade federativa  Ceará
Mesorregião Centro-Sul Cearense
Microrregião Lavras da Mangabeira
Municípios limítrofes Icó, Triunfo, Baixio e Lavras da Mangabeira
Distância até a capital 323 5 km
Características geográficas
Área 263,917 km² [1]
População 7 665 hab. IBGE/2010[2]
Densidade 29,04 hab./km²
Altitude 272,00 m
Clima semiárido quente (BSh)
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,591 baixo PNUD/2010[3][4]
PIB R$ 24 039,480 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 3 060,40 IBGE/2008[5]
Página oficial

Umari é um município brasileiro do estado do Ceará, localizado na Microrregião de Lavras da Mangabeira, Mesorregião do Centro-Sul Cearense. Sua população estimada em 2004 era de 7.198 habitantes.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

O topônimo umari vem do tupi-guarani e indica uma planta muito comum na região, a Icacinaceae . Sua denominação original era Gado Bravo, depois Baixio e, desde 1883, Umari.[6]

História[editar | editar código-fonte]

Localizado na região onde antes habitavam os índios Cariry,[7], surge como núcleo urbano a partir das entradas de paraibanos e pernambucanos, no século XVIII, com a expansão da pecuária no Ceará, à época da carne seca e charque. Consolida-se como centro urbano na região devido a criação de um cemitério, e deste forma os mortos não eram mais enterrados em Icó.[6]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Clima[editar | editar código-fonte]

Tropical quente semiárido com pluviometria média de 787,4 mm [8] com chuvas concentradas de janeiro a abril.[9]

Hidrografia e recursos hídricos[editar | editar código-fonte]

As principais fontes de água são os riachos dos Pombos, Urubus e Jenipapeiro, afluentes do rio Salgado. a Barragem do Jenipapeiro construída pelo Governo do Estado do Ceará, com capacidade para 43.400.00 m³, será a principal fonte de água dos municípios de Baixio, Ipaumirim e Umari, esta localizada no Sítio Xique-xique no município de Baixio e teve sua obra concluída em novembro de 2011.

Relevo e solo[editar | editar código-fonte]

Situado entre a serra da Várzea Grande e a serra da Bertioga,[10], possui dois tipos principais de solo - latossolo e sedimentar.

Vegetação[editar | editar código-fonte]

A vegetação é bastante diversificada, apresentando domínios de cerradão, caatinga (tipo predominante) e cerrado.

Subdivisão[editar | editar código-fonte]

O município possui 2 (dois) distritos: Pio X (mais antigo), e Logradouro, criado recentemente.

Economia[editar | editar código-fonte]

Cultura[editar | editar código-fonte]

  • O principal evento cultural é a festa do padroeiro, São Gonçalo (1 a 10 de janeiro).
  • Festas Juninas (28 de junho).
  • Semana do município em comemoração a sua emancipação política que é realizada dia 15 de setembro.

Política[editar | editar código-fonte]

A administração municipal localiza-se na sede, Umari.

Referências

  1. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  2. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 28 de fevereiro de 2015 
  4. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2010). «Perfil do município: Umari, CE». Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil. Consultado em 28 de fevereiro de 2015 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. a b http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/dtbs/ceara/umari.pdf
  7. Sebok. Lou, Atlases published in the Netherlands in the rare atlas collection. Compiled and edited by Lou Seboek. National Map Collection (Canada), Ott
  8. Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos - FUNCEME.
  9. Instituto nacional de Pesquisa espacial - INPE.
  10. http://objdigital.bn.br/acervo_digital/div_cartografia/cart249891.jpg

Ligações externas[editar | editar código-fonte]