Umbro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Umbro
Fundação 1924
Sede Manchester, Inglaterra, Reino Unido Reino Unido
Produtos materiais esportivos
Página oficial www.umbro.com

A Umbro é uma das grandes empresas de material esportivo do mundo. Em 2007 foi comprada pela estadunidense Nike, e em 2012 foi vendida para a Iconix Brand Group.

História[editar | editar código-fonte]

Fundada na Inglaterra em 1924, a partir da iniciativa dos irmãos Humphrey, que em 1920 inauguraram a primeira fábrica de artigos esportivos. A Umbro ao longo de sua existência participou efetivamente da história do futebol mundial patrocinando diversas seleções, clubes e atletas de expressão. O nome da empresa vem do nome dos seus fundadores, os irmãos Humphrey (em inglês, Humphrey Brothers).

A partir de 1934, a Umbro fornece equipamentos aos finalistas da FA Cup, e para mais uma equipe até o final da próxima década. Para ajudar no período da 2ª Guerra Mundial, as fábricas da Umbro são usadas para fazer os uniformes das Tropas Britânicas, e até para a fabricação de acessórios para o interior dos Bombardeiros Lancaster.

A partir dos anos de 1960, a Umbro começa um grande processo de expansão, patrocinando diversas equipes de futebol (cerca de 85% dos times britânicos, além de diversas seleções).

Em 1961, a Umbro começa a vender as inovadoras chuteiras da Adidas no Reino Unido como parte de um acordo exclusivo com a companha alemã.

Na década de 1980, a Umbro entra no mercado americano, expandindo-se como marca global, mesmo com o fim (na época, momentâneo) do patrocínio da Seleção Inglesa para a Admiral.

A Umbro está presente em mais de 70 países e, no Brasil, participou de grandes conquistas da Seleção Brasileira, que tinha seus uniformes produzidos pela Umbro quando conquistou o tricampeonato da Copa do Mundo de 1970 no México e o tetracampeonato da Copa de 1994 no EUA.

Em 23 de outubro de 2007, foi anunciada sua venda à sua grande concorrente Nike pelo valor de US$ 580 milhões. Em 2009, a companhia cria o conceito Tailored by Umbro, unindo a alfaiataria e a alta costura a fabricação dos uniformes esportivos.

Em maio de 2012, a Nike Inc. informou que venderá a Umbro (junto com a grife Cole Haan), a fim de se concentrar em suas marcas esportivas, como Nike, Converse, Hurley e Jordan. Em setembro de 2012, a Associação de Futebol da Inglaterra anunciou que seus futuros uniformes seriam fabricados pela Nike, sendo que a última partida do English Team usando a indumentária da marca inglesa acabou com uma vitória frente ao Brasil por 2 a 1, no dia 06 de fevereiro de 2013.[1] Em outubro de 2012, a Nike Inc. anunciou que tinha acordado com Iconix Brand Group para vender a Umbro em US$ 225 milhões. A aquisição foi concluída em dezembro de 2012[2].

Fornecimento e patrocínio[editar | editar código-fonte]

Tradicionais equipes, como o Celtic, Liverpool, Manchester United, Manchester City, Ajax, Grêmio, Flamengo, Vasco da Gama, Clube Atlético Paranaense, além das Seleções Brasileira, Colombiana e Inglesa, já foram patrocinadas pela marca britânica.

Na Copa do Mundo de 1966, na Inglaterra, a empresa, que chegou a ser a fornecedor de 15 das 16 equipes do Mundial de 66 (exceto a União Soviética), foi a fornecedora das seleções sueca e inglesa, além de diversos clubes pelo mundo, como Chelsea, Everton, Aston Villa, Olympique Lyonnais e Rangers.

Após a venda da Umbro para o grupo americano Iconix Brand Group, a marca ganhou força, assinando contratos com equipes patrocinadas pela antiga dona, como Everton[3], PSV[4] e a Seleção Sérvia[5], além de equipes como Lens[6], FC Nantes[7], Derby Country[8], Hull City[9] e FC Tokyo[10].

Nomes como Alan Shearer, Michael Owen,David Beckham, John Terry e Luis García já foram representantes da Umbro. Hoje, a marca conta com Falcão (jogador de futsal), Gaël Clichy, Mauricio Pinilla e Phil Jagielka como alguns de seus representantes, além de Roberto Carlos como patrocinado vitalício da marca[11].

A marca também tem um grande histórico no Brasil. A parceria com o Santos e com o Atlético Paranaense são algumas das mais duradouras da história do futebol brasileiro. A Umbro teve uma parceria com o clube da baixada que durou 14 anos de, 1997 a 2011, sendo substituída pela Nike no começo de 2012[12]. Já o clube paranaense ainda mantém sua parceria com a marca inglesa, que começou no ano de 1998. Atualmente a parceria entre Umbro e Atlético Paranaense é a mais antiga do futebol brasileiro. O clube não conversa com nenhuma outra marca, dando a entender que pretende continuar com a parceria com a marca[13][14].

No Brasil, a Umbro fornece material esportivo para as seguintes equipes: Grêmio, Cruzeiro, Chapecoense, Luverdense, Náutico, Joinville, Remo, Atlético Paranaense, Vasco da Gama, Futsal Brasil Kirin (Sorocaba Futsal), Concórdia Futsal e Krona Futsal. O contrato com a fornecedora foi assinado em agosto e o primeiro uniforme será divulgado em setembro, com previsão de estreia para 04 de outubro. A Umbro terceirizará a megaloja de São Januário e o Vasco receberá cerca de R$ 56 milhões num período de três anos e meio[15].

Seleções patrocinadas[editar | editar código-fonte]

Clubes patrocinados[editar | editar código-fonte]

África[editar | editar código-fonte]

  • Tunísia Club Africain
  • Egito Petrojet FC
  • África do Sul Maritzburg United FC
  • África do Sul Platinum Stars FC
  • África do Sul University of Pretoria FC
  • África do Sul Mpumalanga Black Aces FC

Américas[editar | editar código-fonte]

Ásia[editar | editar código-fonte]

Europa[editar | editar código-fonte]