Unírio Carrera Machado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Unírio Carrera Machado
Deputado Federal pelo Rio Grande do Sul
Período 7 de fevereiro de 1955
até 16 de janeiro de 1969
Deputado Estadual do Rio Grande do Sul
Período 3 de março de 1947
até 31 de janeiro de 1955
Dados pessoais
Nascimento 25 de junho de 1919
Santo Ângelo, Rio Grande do Sul
Morte 1988 (69 anos)
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Partido PDT e PTB
Profissão Juiz e promotor público

Unírio Carrera Machado (Santo Ângelo, 25 de junho de 1919Porto Alegre, 1988) foi um magistrado e político brasileiro.

Filho de Marcírio Antunes Machado e de Universina Carrera Machado. Foi companheiro de Leonel Brizola no Partido Democrático Trabalhista (PDT). Diplomado em 1944 pela Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Foi juiz municipal e promotor público, antes de enveredar pela carreira política.

Foi eleito deputado à Assembleia Constituinte e à 38ª Legislatura da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, de 1947 a 1951,[1], na legenda do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), de que chegou a ser vice-líder. Foi reeleito em 1950 para a mesma assembléia. Deputado federal pelo Rio Grande do Sul entre 1954 e 1969, tendo servido no Congresso Nacional no Rio de Janeiro e em Brasília, de que foi um dos pioneiros, até à cassação do seu mandato durante a ditadura militar.

É o autor do livro 20 Anos da Indústria da Doença, sobre a indústria farmacêutica no Brasil.

Casado com Ana Laura Kern Machado, com quem teve três filhos, era irmão de Garibaldi Carrera Machado, médico e líder local do PDT de Santo Ângelo, cuja sede municipal tem o seu nome.

Referências

  • Biografia na página do Ministério Público do Rio Grande do Sul.
  • Biografia na página da Sobravime, Sociedade Brasileira de Vigilância de Medicamentos.


Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.