União Brasileira de Trovadores

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A União Brasileira de Trovadores é uma entidade brasileira dedicada ao cultivo e à divulgação da trova, fundada em 1966 pelo poeta Luiz Otávio no Rio de Janeiro.

A UBT é dividida em seções e delegacias municipais, conforme o número de membros no município e em seções estaduais, conforme o número de cidades representadas no estado.

História[editar | editar código-fonte]

Com a instituição dos Jogos Florais no ano de 1960, o movimento dos trovadores (então sob a égide do GBT, Grêmio Brasileiro de Trovadores) teve um grande impulso, embora ainda incipiente. Com a fundação e o estatuto definitivo em 1966, a entidade passa a multiplicar-se pelo país inteiro.

Organização[editar | editar código-fonte]

Atualmente a UBT está representada em grande parte do território nacional, realizando concursos de trova e Jogos Florais em diversas cidades, geralmente sob a coordenação de um presidente de seção ou delegado.

Possui um presidente nacional, vice-presidente e secretário e um Conselho Nacional, constituído de um presidente, vice e secretário.

Seções e delegacias da UBT[editar | editar código-fonte]

Presidentes nacionais[editar | editar código-fonte]

  1. Luiz Otávio (1967-1976)
  2. Carlos Guimarães (1976-1997)
  3. João Freire Filho (1997-2003)
  4. Eduardo Toledo (2004-2011)
  5. Luiz Carlos Abritta (2012-2013)
  6. Domitilla Borges Beltrame (2014-)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Wanke, Eno Teodoro. O Trovismo
  • Site www.falandodetrova.com.br

Ligações externas[editar | editar código-fonte]