União Nacional de Cidadãos Éticos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
União Nacional de Cidadãos Éticos
Ex - União Nacional de Colorados Éticos (dissidência do Partido Colorado)
Presidente Lino Oviedo (falecido em 2 de fevereiro de 2013)
Fundação 20 de março de 2002 (19 anos)
Sede Assunção Paraguai
Ideologia Direita
Conservadorismo
Nacionalismo
Página oficial
www.unace.org.py

A União Nacional de Cidadãos Éticos, mais conhecida pela sigla UNACE é um partido político do Paraguai de tendência nacionalista e de direita. Foi fundado em 2002 por Lino Oviedo, e é considerado o sucessor da União Nacional de Colorados Éticos, dissidência interna do Partido Colorado, que abandonou o partido depois que o tribunal partidário não reconheceu a vitória de Oviedo nas eleições internas de 1997.
Nas eleições gerais de 2003, o UNACE apresentou como candidato à presidência Sánchez Guffanti. Elegeu 7 senadores e 10 deputados no Congresso Nacional.[1]
Nas Eleições gerais no Paraguai em 2008, o UNACE apresentou Lino Oviedo como candidato a presidente, obtendo este 22.8% dos votos, ficando atrás de Fernando Lugo (eleito) e Blanca Ovelar. Naquelas eleições, o partido elegeu 9 senadores e 15 deputados.[1]
Em 2013, Oviedo seria novamente candidato à presidência do Paraguai pelo UNACE, mas morreu em um acidente de helicóptero em 2 de fevereiro daquele ano, quando retornava de um comício.

Oviedismo[editar | editar código-fonte]

Os seguidores do general Oviedo eram conhecidos como oviedistas. Por ser o UNACE o partido de Oviedo, se relacionam portanto o oviedismo e os oviedistas com o UNACE.

Referências

  1. a b Partido Unace. «Historia» (em espanhol). Consultado em 14 de junho de 2013 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre política ou um(a) cientista político(a) é um esboço relacionado ao projeto de ciências sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.