União Republicana (Espanha, 1934)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
União Republicana
Unión Republicana
Líder Diego Martínez Barrio
Fundação 1934
Dissolução 1959
Ideologia Republicanismo
Progressismo
Liberalismo social
Laicismo (Estado secular)
Espetro político Centro-esquerda e Centro
Política da Espanha

Partidos políticos

Eleições

A União Republicana (espanhol: Unión Republicana) foi um partido republicano espanhol fundado em 1934 por Diego Martínez Barrio.

Ela foi formada como resultado de uma fusão de vários pequenos partidos republicanos, incluindo nomeadamente o Partido Democrático Radical de Diego Martinez Barrio fundada em Maio de 1934 por uma divisão do Partido Radical de Alejandro Lerroux em protesto contra a aliança deste último com a extrema-direita CEDA.

Integrado na Frente popular para as eleições de 1936, o partido ganhou 38 assentos tornando-se o quarto maior partido. Ele formou uma coligação de governo com a Esquerda Republicana de Manuel Azaña. Embora tenha participado em todos os governos republicanos durante a Guerra Civil Espanhola, desempenhou um papel menor a partir do governo de Largo Caballero.

Exilado no México, foi o principal apoio do governo Republicano no exílio até que foi dissolvida em 1959 para fundar a Ação Republicana Democrática Espanhola junto com a Esquerda Republicana.

Veja também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Nigel Townson. The Crisis of Democracy in Spain: Centrist Politics Under the Second Republic, 1931-1936. Sussex Academic Press. 2000. pp. 2–3.
  • Beevor, Antony. The Battle for Spain. The Spanish Civil War 1936-1939. Penguin Books. 2006. p. 456.