Ferreiros, Prozelo e Besteiros

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Portugal Portugal Ferreiros, Prozelo e Besteiros 
  Freguesia  
Localização
Localização no concelho de Amares
Localização no concelho de Amares
Concelho AMR.png Amares
História
Fundação 28 de janeiro de 2013
Administração
Tipo Junta de freguesia
Presidente Paulo Jorge Almeida Gomes (PS)
Características geográficas
Área total 7,34 km²
População total (2011) 4 573 hab.
Densidade 623 hab./km²
Outras informações
Orago Santa Maria, São Tomé e São Paio

Ferreiros, Prozelo e Besteiros (oficialmente: União das Freguesias de Ferreiros, Prozelo e Besteiros) é uma freguesia portuguesa do concelho de Amares com 7,34 km² de área e 4 573 habitantes (2011). A sua densidade populacional é de 623 hab/km².

História[editar | editar código-fonte]

Foi constituída em 2013, no âmbito de uma reforma administrativa nacional, pela agregação das antigas freguesias de Ferreiros, Prozelo e Besteiros.[1]

Esta agregação acabou com uma das particularidades do concelho de Amares: o facto de até aí ter tido uma das poucas freguesias portuguesas territorialmente descontínuas (Prozelo).

Antigas freguesias que deram origem à União das Freguesias de Ferreiros, Prozelo e Besteiros (Amares).

Demografia[editar | editar código-fonte]

Freguesia atual Freguesias antigas
Brasão Freguesia População[2](2011) Área[2](km²) Brasão Freguesia População[3](2011) Área[4](km²)
Coats of arms of None.svg
Ferreiros, Prozelo e Besteiros 4 573 7,34
Coats of arms of None.svg
Ferreiros 3 212 2,65
Coats of arms of None.svg
Prozelo 785 2,67
Coats of arms of None.svg
Besteiros 576 2,02

Referências

  1. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Lei n.º 11-A/2013 de 28 de janeiro (Reorganização administrativa do território das freguesias). Acedido a 2 de fevereiro de 2013.
  2. a b Ainda não existem dados geográficos e populacionais oficiais para a nova configuração desta freguesia. Os valores apresentados são calculados a partir dos dados dos territórios agregados.
  3. INE Instituto Nacional de Estatítica
  4. IGP Instituto Geográfico Português -Carta Administrativa Oficial de Portugal CAOP 2012.1