União dos Advogados de Língua Portuguesa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
União dos Advogados de Língua Portuguesa
Emblema da UALP
Tipo União associativa internacional
Fundação 13 de maio de 2002 (16 anos)
Sede Lisboa, Portugal
Línguas oficiais Português
Presidente Claudio Pacheco Prates Lamachia

A União dos Advogados de Língua Portuguesa (UALP) é uma entidade de foro internacional constituída pela Ordem dos Advogados de Angola, pela Ordem dos Advogados do Brasil, pela Ordem dos Advogados de Cabo Verde, pela Ordem dos Advogados da Guiné-Bissau, pela Associação dos Advogados de Macau, pela Ordem dos Advogados de Moçambique e pela Ordem dos Advogados Portugueses.[1]

Timor-Leste será integrante ao finalizar a criação da Ordem dos Advogados de Timor-Leste que transitoriamente funciona o Conselho de Gestão e Disciplina da Advocacia.[2]

História[editar | editar código-fonte]

Foi criada em 13 de Maio de 2002 com a denominação de Associação das Ordens e Associações de Advogados dos Países de Língua Portuguesa e em 25 de Agosto de 2005, durante a VIII Assembleia Geral, realizada em Maputo, a entidade alterou a sua denominação para o nome atual.[3]

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Lista de presidentes da União dos Advogados de Língua Portuguesa

Nome País Início Final
António de Sousa Marinho e Pinto[4] Portugal Portugal A mencionar a mencionar
Jorge Neto Valente Macau A pesquisar a pesquisar/mencionar
Rogério Alves[5] Portugal Portugal 2006 2007
André Aureliano Aragão[6]  São Tomé e Príncipe 2015 2016
Cláudio Pacheco Prates Lamachia[7]  Brasil 2018 atual

Propósito[editar | editar código-fonte]

De acordo com os estatutos a Associação tem como principais fins:

  • Promover a formação e a cultura jurídica, em especial dos associados das Ordens e Associações dos Advogados, mediante a conjugação de esforços das Associadas;
  • Promover a defesa do Estado de Direito, das liberdades e das garantias individuais;
  • Defender o prestígio e o livre exercício da advocacia.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Estatutos da UALP – UNIÃO DOS ADVOGADOS DE LÍNGUA PORTUGUESA. www.oa.pt. Acesso em 4 de fevereiro de 2018.
  2. LEI N.º 11/2008, de 30 de Julho. REGIME JURÍDICO DA ADVOCACIA PRIVADA E DA FORMAÇÃO DOS ADVOGADOS. Jornal da República. Acesso em 4 de fevereiro de 2018.
  3. Apresentação. www.oa.pt. Acesso realizado em 4 de fevereiro de 2018.
  4. Brasil acolhe em outubro congresso da União dos Advogados de Língua Portuguesa. noticias.sapo.tl. Acesso em 4 de fevereiro de 2018.
  5. Rogério Alves - Novo Presidente da UALP. portal.oa.pt. Acesso em 4 de fevereiro de 2018.
  6. Conforme NOTÍCIAS E COMUNICADOS da UALP.
  7. Lamachia é eleito presidente da União dos Advogados de Língua Portuguesa - UALP. portaljustica.com.br. Acesso em 4 de fevereiro de 2018.