União dos Camponeses e Verdes Lituanos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
União dos Camponeses e Verdes Lituanos
Lietuvos valstiečių ir žaliųjų sąjunga
Líder Ramūnas Karbauskis
Fundação 2001
Sede Vilnius,  Lituânia
Ideologia Centrismo
Agrarianismo
Ecologismo
Conservadorismo verde
Tecnocracia
Liberalismo económico
Espectro político Centro/Centro-direita
Membros 4.850
Grupo no Parlamento Europeu Grupo dos Verdes/Aliança Livre Europeia
Cores Verde e Branco

A União dos Camponeses e Verdes Lituanos (em lituano: Lietuvos valstiečių ir žaliųjų sąjunga, LVŽS) é um partido político agrário da Lituânia.[1]

Fundado em 2001, o partido, inicialmente, sempre foi um partido de relativa pouca importância na política lituana, até às eleições de 2016, em que o partido obteve um resultado espectacular, passando de 1 deputado para 54 deputados, ao conseguir 22% dos votos.[2] Após as eleições, o partido formou um governo de coligação com o Partido Social-Democrata da Lituânia.[3]

Ideologicamente, o partido é descrito como centrista, tecnocrata, agrário, bem como, defendendo o liberalismo económico.[4][5][6][7]

Resultados eleitorais[editar | editar código-fonte]

Eleições legislativas[editar | editar código-fonte]

Data CI. Votos % +/- Deputados +/- Status
2004 6.º 78 902
6,6 / 100,0
10 / 141
Governo
2008 9.º 46 162
3,7 / 100,0
Baixa2,9
3 / 141
Baixa7 Oposição
2012 8.º 53 141
4,1 / 100,0
Aumento0,4
1 / 141
Baixa2 Oposição
2016 2.º 274 108
22,5 / 100,0
Aumento18,4
54 / 141
Aumento53 Governo

Eleições presidenciais[editar | editar código-fonte]

Data Candidato

apoiado

1ª Volta 2ª Volta
CI. Votos % CI. Votos %
2002/03 Kazimira Prunskienė 6.º 72 925
5,0 / 100,0
2004 Kazimira Prunskienė 2.º 264 681
20,6 / 100,0
2.º 651 024
46,7 / 100,0
2009 Kazimira Prunskienė 5.º 53 778
3,9 / 100,0
2014 Bronis Ropė 7.º 55 263
4,1 / 100,0

Eleições europeias[editar | editar código-fonte]

Data CI. Votos % +/- Deputados +/-
2004 5.º 89 338
7,4 / 100,0
1 / 13
2009 11.º 10 285
1,8 / 100,0
Baixa5,6
0 / 12
Baixa1
2014 7.º 75 643
6,6 / 100,0
Aumento4,8
1 / 11
Aumento1

Referências

  1. Nordsieck, Wolfram. «Parties and Elections in Europe». parties-and-elections.eu. Consultado em 18 de setembro de 2017 
  2. (www.dw.com), Deutsche Welle. «Lithuanian election brings major shake-up | News | DW | 24.10.2016». DW.COM (em inglês). Consultado em 18 de setembro de 2017 
  3. «Defense hawk Skvernelis to be new Lithuanian prime minister». Reuters. Tue Nov 22 12:20:17 UTC 2016  Verifique data em: |data= (ajuda)
  4. «Defense hawk Skvernelis to be new Lithuanian prime minister». Reuters. Tue Nov 22 12:20:17 UTC 2016  Verifique data em: |data= (ajuda)
  5. Nordsieck, Wolfram. «Parties and Elections in Europe». parties-and-elections.eu. Consultado em 18 de setembro de 2017 
  6. «Lithuanians vote for change handing farmers' party surprise win» (em inglês) 
  7. «The farmers' party that stormed the Lithuanian election: All you need to know». Newsweek (em inglês). 25 de outubro de 2016