Unidos de Sobradinho Esporte Clube

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Unidos de Sobradinho
Unidos de Sobradinho.jpg
Nome Unidos de Sobradinho Esporte Clube
Fundação 10 de maio de 1962 (57 anos)
Localização Sobradinho, DF, Brasil
Competição Campeonato Amador de Sobradinho I e Campeonato Veterano de Sobradinho II
editar

O Unidos de Sobradinho Esporte Clube foi um clube de futebol brasileiro, sediado em Sobradinho, no Distrito Federal. Disputava o campeonato brasiliense. Disputou o campeonato nos anos de 1973 e 1974.[1][2]

História[editar | editar código-fonte]

Fundação[editar | editar código-fonte]

Em 10 de maio de 1962 era criado o Unidos de Sobradinho Atlético Clube (que hoje é o clube de futebol mais antigo em atividade no Distrito Federal).

A primeira diretoria foi assim composta: Presidente - Valdemiro Pinto de Oliveira; Vice-Presidente - Daniel Tercílio Dias; 1º Secretário - José Messias de Souza; 2º Secretário - João Micas Arruda; Diretores do Conselho - Geraldo Ribeiro e Pedro Acencio; Diretor Fiscal - Sebastião Pinto de Oliveira e Edison Oliveira de Santana e Procurador - José Balbino.

Porém, o novo clube demorou para filiar-se a Federação Desportiva de Brasília, somente em 1966, quando participou do campeonato do Departamento Autônomo da F. D. B. Essa competição foi dividida em três seções: Plano Piloto, Sobradinho e Taguatinga. Os clubes inscritos jogavam entre si, dentro de suas seções. Os dois primeiros colocados de cada seção se classificavam para a Fase Final. Na seção de Sobradinho a classificação final foi 1º - Vila E. C., 2º - Unidos de Sobradinho A. C., 3º - Diamante Negro E. C., 4º - Formosa E. C., 5º - Real Esporte Sobradinho e 6º - Manufatura A. C.

Em 1967, novamente foi disputada a seção de Sobradinho do Departamento Autônomo da Federação Desportiva de Brasília (que contou com mais uma seção, a do Gama). Classificaram-se para a Fase Final (que só terminou em março de 1968) Manufatura e Unidos de Sobradinho. O Manufatura foi o terceiro colocado e o Unidos de Sobradinho sétimo e último.

Ao vencer a seção de Sobradinho, o Manufatura tornou-se o único representante da cidade na Fase Final do campeonato do Departamento Autônomo de 1968, somente encerrado em fevereiro de 1969. O clube de Sobradinho ficou com a sétima e última colocação.

Em 1969, o Unidos de Sobradinho foi um dos 24 clubes a disputar o campeonato brasiliense, competição em que a Federação Desportiva de Brasília resolveu juntar clubes profissionais com amadores. Em sua estreia, no dia 13 de abril, foi goleado pelo Serviço Gráfico, por 4 x 1. Recuperou-se no jogo seguinte, em 20 de abril, ao golear o Rabello, por 6 x 2. Sua campanha na Primeira Fase da competição foi muito fraca: nos dez jogos que disputou venceu apenas três, empatou um e sofreu seis derrotas. Marcou e sofreu 18 gols, ficando com 0 de saldo. Com isso, ficou na oitava colocação entre os onze clubes do Grupo A e não passou para a Fase Final (somente os seis primeiros se qualificavam).

No dia 16 de agosto de 1973 aconteceu a Assembleia Geral que aprovou o retorno do Unidos de Sobradinho ao quadro de associados da Federação.

Estreou no campeonato brasiliense de 1973, no dia 2 de setembro, sendo derrotado pelo Ceub, por 2 x 0. No primeiro turno, entre 10 times, ficou com a quinta colocação (dois pontos atrás do primeiro colocado, o Ceub) após a seguinte campanha: nove jogos, cinco vitórias, um empate e três derrotas. Marcou 18 gols e sofreu 8.

Veio o segundo turno, e não conseguiu repetir a boa campanha do primeiro. Ficou na sétima colocação. Nos oito jogos que disputou, venceu apenas um, empatou quatro e perdeu três. Marcou oito gols e sofreu 14.

No cômputo geral, somando os dois turnos, ficou com a quinta colocação.

Carlinhos e Santos foram seus artilheiros, cada um com seis gols.

Defenderam o Unidos de Sobradinho: Goleiros - Batista, Marcos e Gato; Defensores - Zezão, Sabará, Sir Peres, Sidney, Orlando e Xavier; Atacantes - Santos, Carlinhos, Litinho, Paulinho, Cid, Wesley, Jonas, Geraldino e Reinaldo. Técnicos: Manga, depois Chileno.

Em 1974, o Unidos de Sobradinho chegou a disputar o Torneio Início, no dia 14 de julho, sendo eliminado logo no primeiro jogo diante do Humaitá.

Disputou ainda o 1º turno do campeonato daquele ano. Antes de ser iniciado o segundo, o Unidos de Sobradinho desistiu de continuar disputando o campeonato e a Federação determinou a contagem de pontos para todos os seus adversários.

Em 13 de dezembro de 1974, uma Assembléia Geral Extraordinária decidiu por desfiliar o Unidos de Sobradinho.

Afastado da Federação, o Unidos de Sobradinho passou a dedicar-se apenas ao futebol amador de Sobradinho. Antes do início do campeonato oficial de 1975 (no dia 20 de setembro), 13 jogadores que pertenciam ao Unidos de Sobradinho foram transferidos para outro clube de Sobradinho: a Campineira Futebol Clube.

Referências

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.