Unigel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox important.svg
Este artigo ou seção parece estar escrito em formato publicitário ou apologético (desde julho de 2018).
Por favor ajude a reescrever este artigo para que possa atingir um ponto de vista neutro, evitando assim conflitos de interesse.
Para casos explícitos de propaganda, em que o título ou todo o conteúdo do artigo seja considerado como um anúncio, considere usar {{ER|6|2=~~~~}}, regra nº 6 da eliminação rápida.
Unigel
Capital fechado
Atividade Química
petroquímica
Fundação 1966
Fundador(es) Henri Slezynger
Sede São Paulo,  Brasil
Website oficial www.unigel.com.br

A Unigel é a segunda maior petroquímica do país[1]. A multinacional brasileira nasceu em 1966, pela mente inventiva do engenheiro químico e fundador Henri Slezynger, que, com espírito empreendedor, ampliou os negócios da companhia por meio de aquisições, incorporações e fusões[2].

Atualmente, a companhia é a maior produtora latino-americana de acrílicos e estirênicos com operações verticalmente integradas e uma carteira diversificada de produtos.[3] A Unigel opera em quatorze plantas químicas localizadas no Brasil e no México.

Atuação[editar | editar código-fonte]

No backoffice da cadeia produtiva, a empresa produz matéria-prima para indústrias de segmentos variados e, dessa forma, consegue estar presente em diversos produtos que fazem parte do cotidiano, como, por exemplo, componentes internos de refrigeradores, carpetes, lanternas automotivas e até unhas artificiais[4].  

A governança corporativa está sob o comando do CEO Reinaldo Kröger[5], que, desde maio de 2015, direciona a atuação da companhia, que é líder nos mercados brasileiro e mexicano na maioria dos seus produtos.[6]

Produtos[editar | editar código-fonte]

Na busca constante para oferecer soluções e produtos inovadores para o mercado, a Unigel desenvolveu tecnologias próprias[7]:

  • Polimerização de Resina Acrílica (PMMA)
  • Processo contínuo de Metacrilatos (MMA/EMA)
  • Síntese de Acetona Cianidrina (ACH)
  • Recuperação de Acetonitrila

Acrílico[editar | editar código-fonte]

A produção de acrílicos da Unigel tem grande foco no mercado externo e evidencia a diversidade de aplicações em que podem ser encontrados os produtos Unigel[4]. A acrilonitrila, por exemplo, tem 95% de sua destinação para a exportação, com destaque para Índia, Malásia, Peru, Coreia, Tailândia, México, China, Taiwan e Turquia. É um produto que leva a Unigel para o dia a dia de todas as pessoas, por meio de sua ampla gama de aplicações: fibras acrílicas, comumente conhecidas pelas roupas; fabricação de resinas SAN e ABS – matérias-primas muito utilizadas na indústria automotiva, eletroeletrônicos e utilidades domésticas; e itens em fibra de carbono, com especial potencial para o setor de aviação.

Estirênicos[editar | editar código-fonte]

O estireno é um produto essencial na operação na Unigel[8], uma vez que dele derivam outros importantes materiais também produzidos pelo Grupo e outras empresas. Além do poliestireno, entre as suas principais aplicações do monômero destacam-se a resina acrílica para tintas, a resina poliéster, o poliestireno expandido (EPS), a borracha utilizada pelo mercado automotivo (pneus, sobretudo), o látex e a resina ABS para mercado automotivo.

Fertilizantes[editar | editar código-fonte]

O fertilizante sulfato de amônio, apresentado no mercado como Sulfagel (farelado) e Nitrogel (granulado), é utilizado para adubação nitrogenada das culturas de algodão, milho, café, cana-de-açúcar e hortaliças[9]. Para o agronegócio, trata-se de uma fonte estável de nitrogênio, responsável pelo desenvolvimento vegetativo, e enxofre, indispensável à fotossíntese.

Entre suas características, destacam-se a menor perda por volatilização, o melhor aproveitamento pelas plantas (absorção) e o efeito sinérgico entre nitrogênio e enxofre.

A produção da Unigel neste segmento é 100% voltada ao mercado interno, com presença em todas as regiões do país. O fornecimento, a granel ou em big bags, é feito às misturadoras ou diretamente aos produtores rurais.

Látex[editar | editar código-fonte]

Além do mercado local, a Unigel está presente na Argentina, Chile e Colômbia nesse segmento[10]. O látex produzido pela Unigel é utilizado, prioritariamente, nas indústrias de celulose (papel e papel cartão), pisos (carpetes, tapetes e grama sintética) e aplicações especiais, como fitas adesivas (escolar, construção e automotivo), calçados (biqueiras e palmilhas), construção civil (impermeabilizantes, composição de concreto e cimento), esponjas e não tecidos (TNT e panos multiuso, por exemplo).

Mineração[editar | editar código-fonte]

O cianeto de sódio, formado por ácido cianídrico (HCN) e soda cáustica, é utilizado basicamente para mineração de ouro e prata, embora também compreenda, entre suas aplicações, a galvanoplastia e as indústrias agroquímica e farmacêutica[11].

A Unigel, única produtora de cianeto de sódio na América Latina, comercializa-o em sua forma primária – a líquida (em solução, concentrado a 35% aproximadamente), em pó e briquetes. Além do Brasil, a atuação da Unigel em mineração é internacional: Argentina, Bolívia, Chile, China, Coréia, Espanha, Estados Unidos, México, Nicarágua, Panamá, Peru, República Dominicana, Uruguai e Venezuela.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Unigel Luxembourg S.A.'s $200 Million Notes Offering – Global Legal Chronicle». www.globallegalchronicle.com (em inglês). Consultado em 4 de junho de 2018 
  2. «Unigel QUEM SOMOS |». unigel.com.br. Consultado em 4 de junho de 2018 
  3. «A Unigel é o maior produtor latino-americano de acrílicos e estirênicos.». Univar - Chemistry Delivered. 21 de abril de 2016. Consultado em 4 de junho de 2018 
  4. a b «Unigel Acrilícos |». unigel.com.br. Consultado em 4 de junho de 2018 
  5. «UNIGEL anuncia reestruturação na gestão e balanço semestral favorável». www.maxpress.com.br. Consultado em 4 de junho de 2018 
  6. «PressReader.com - Connecting People Through News». www.pressreader.com. Consultado em 4 de junho de 2018 
  7. «Unigel» (PDF). Avaya. 2013. Consultado em 4 de junho de 2018 
  8. «Unigel Estirênicos |». unigel.com.br. Consultado em 4 de junho de 2018 
  9. «Unigel Fertilizantes |». unigel.com.br. Consultado em 4 de junho de 2018 
  10. «Unigel Látex |». unigel.com.br. Consultado em 4 de junho de 2018 
  11. «Unigel Mineração |». unigel.com.br. Consultado em 4 de junho de 2018