Universidade Estadual do Ceará

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Universidade Estadual do Ceará
UECE
Lema Lumen ad viam (Luz para o seu caminho)
Fundação 5 de março de 1975 (46 anos)
Tipo de instituição Pública Estadual
Localização Fortaleza, Ceará
Funcionários técnico-administrativos 383 (2019)
Reitor(a) Hidelbrando dos Santos Soares
Vice-reitor(a) Dárcio Ítalo Teixeira
Docentes 1.119 (2019)
Total de estudantes 19.097 (2019)
Graduação 17.053 (2019)
Pós-graduação 2.044 (2019)
Campus 10
Afiliações CRUB, RENEX e ABRUEM
Índice Geral de Cursos 3
Orçamento anual 251.876.177,00 (2019)
Página oficial http://www.uece.br

A Universidade Estadual do Ceará (UECE) é uma universidade pública brasileira, com atuação em ensino, pesquisa e extensão, mantida pela Fundação Universidade Estadual do Ceará (FUNECE). A instituição é uma das três universidades mantidas pelo governo do estado do Ceará, ao lado da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) e da Universidade Regional do Cariri (URCA).

Seu principal campus é o Campus Itaperi, que está localizado no bairro do Itaperi, na cidade de Fortaleza. A universidade conta ainda com campi no Bairro de Fátima e 25 de março, em Fortaleza, e nas cidades de Mombaça, Limoeiro do NorteItapipocaTauáCrateús, Quixadá, Pacoti, Guaiúba e Iguatu.

Criada em 1975, a partir de institutos de ensino superior isolados que existiam em várias regiões do estado, a UECE possui atualmente cerca de 19 mil estudantes e 1.000 professores espalhados por 12 centros e faculdades, que oferecem 77 cursos de graduação presenciais e a distância, 27 mestrados, 9 doutorados, 154 grupos de pesquisa atuantes em 138 laboratórios e 57 projetos de extensão.[1]

De acordo com o Ranking Universitário da Folha de S.Paulo (RUF) de 2019, é considerada a 9ª melhor universidade estadual do Brasil, sendo a melhor universidade estadual das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Por este mesmo ranking, é a 55ª melhor universidade brasileira.[2] Em 2013, foi a instituição de ensino superior do Estado melhor avaliada no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade). Além disso, os cursos de Administração, Psicologia e Ciências Contábeis figuraram entre os melhores do país.[3][4] Também é a única universidade brasileira citada no Bright Green Book, o Livro Verde do Século XXI, uma parceria entre o Conselho Euro-Brasileiro de Desenvolvimento Sustentável (EUBRA) e a ONU-Habitat, o programa de assentamentos urbanos da Organização das Nações Unidas.[5]

História[editar | editar código-fonte]

Com a missão de produzir e disseminar conhecimentos e formar profissionais para promover o desenvolvimento sustentável e a qualidade de vida da região, a história da Universidade Estadual do Ceará (UECE) começa com a Lei nº 9.753 de 18 de outubro de 1973, que autoriza o Poder Executivo a instituir a Fundação Educacional do Estado do Ceará (FUNEDUCE), cuja primeira presidente foi a professora Antonieta Cals de Oliveira.

Com a resolução número 2 de 05 de março de 1975 do Conselho Diretor, referendada pelo Decreto nº 11.233, de 10 de março do mesmo ano, foi criada a Universidade Estadual do Ceará, que teve incorporada ao seu patrimônio as Unidades de Ensino Superior existentes na época: Escola de Administração do Ceará, Faculdade de Veterinária do Ceará, Escola de Serviço Social de Fortaleza, Escola de Enfermagem São Vicente de Paula, Faculdade de Filosofia Dom Aureliano Matos, em Limoeiro do Norte, além da Televisão Educativa Canal 5.

Ao firmar-se como Universidade, transformou aquelas Escolas em seus primeiros Cursos de Graduação aos quais outros foram somados. Seu primeiro reitor foi o professor Antônio Martins Filho, e, graças ao seu empenho e dedicação junto às autoridades federais, obteve-se o reconhecimento da Universidade Estadual do Ceará, que, incontestavelmente, abriu novas possibilidades de desenvolvimento para o Estado e para a Região.

A UECE teve sua instalação concretizada somente em 1977. Neste período de dois anos direcionou seu âmbito de abrangência àquelas profissões mais necessárias ao desenvolvimento do Ceará, na época:

• Ciências da Saúde – Enfermagem e Nutrição;

• Ciências Tecnológicas – Matemática, Física, Química, Ciências Pura, Geografia e Ciências da Computação;

• Ciências Sociais –  Administração, Ciências Contábeis, Serviço Social e Pedagogia;

• Ciências Humanas – Letras, Filosofia, História, Música, Instrumento-Piano e Estudos Sociais; e

• Ciências Agrárias – Medicina Veterinária.


No dia 13 de maio de 1977, por meio de lista sêxtupla, foram nomeados pelo então governador Adauto Bezerra, o professor Danísio Dalton da Rocha Corrêa como reitor e o professor João Nazareth Cardoso como vice-reitor.

Em 1981, o professor Danísio Dalton da Rocha Corrêa assumiu a Secretaria de Educação do Estado e o professor padre Luiz Moreira assumiu como reitor protempore, sendo logo depois nomeado reitor da UECE, por ato do então governador Virgílio Távora.

Por necessidade de adequação às novas exigências administrativas que se evidenciaram nos três primeiros anos de funcionamento, a FUNEDUCE foi transformada em Fundação Universidade Estadual do Ceará, a FUNECE, por força da Lei nº 10.262, de 18 de maio de 1979 e do Decreto nº 13.252 de 23 de maio do mesmo ano.

Criada com o objetivo de atender às necessidades do desenvolvimento Científico e Tecnológico do Estado do Ceará, a UECE passou a atuar em outros municípios do Estado, estruturando-se, a partir daí, em rede multicampi com Faculdades nos Municípios de Crato, Juazeiro do Norte, Iguatu, Quixadá, Limoeiro do Norte, Crateús, Ipu, Ubajara, Redenção e Cedro.

Por meio de lista sêxtupla, foram nomeados, em 13 de abril de 1984, pelo então governador  Gonzaga Mota, os professores Cláudio Régis de Lima Quixadá e Perípedes Franklin Maia Chaves, para as funções de reitor e vice-reitor, respectivamente.

A quinta gestão teve como reitor o professor Perípedes Maia Chaves e como vice-reitor o professor Luiz Tavares Júnior, nomeados pelo governador Tasso Jereissati, em 14 de abril de 1988.

Ato do governador Ciro Ferreira Gomes, de 12 de maio de 1992, nomeou para a sexta gestão administrativa da UECE os professores Paulo de Melo Jorge Filho e Hélio Bonfim de Macêdo, respectivamente reitor e vice-reitor.

Para a sétima gestão administrativa da UECE foram nomeados, em 24 de maio de 1996, o professor Manassés Claudino Fonteles como reitor, e o professor Francisco de Assis Moura Araripe, que assumiu a Vice-Reitoria em 10 de junho de 1996,  nomeados pelo governador Tasso Jereissati.

Em 22 de maio de 2000, os professores Manassés Claudino Fonteles e Francisco de Assis Moura Araripe assumiram seu segundo reitorado. Em 06 de outubro de 2003 o professor Manassés Claudino Fonteles afastou-se e assumiu como reitor o professor Francisco de Assis Moura Araripe, terminando o mandato em 22 de maio de 2004.

Os professores Jáder Onofre de Morais e  João Nogueira Mota assumiram os cargos de reitor e vice-reitor, respectivamente, para o período de 2004 a 2008.

No período de 2008 a 2012, os professores Francisco de Assis Moura Araripe e Antônio de Oliveira Gomes Neto assumiram os cargos de reitor e vice-reitor, nomeados pelo governador Cid Gomes.

Os professores José Jackson Coelho Sampaio e Hidelbrando dos Santos Soares, respectivamente reitor e vice-reitor, assumiram em 23 de maio de 2012 até  22 de maio de 2016, nomeados por ato do governador Cid Ferreira Gomes, sendo novamente eleitos em 2016 para gestão da UECE até maio de 2020.

Em maio de 2020, durante a pandemia de COVID-19 causada pelo novo coronavírus, o professor José Jackson Coelho Sampaio foi internado na UTI em estado grave, com os sintomas decorrentes da doença, sendo impedido de finalizar o seu mandato.

No dia 22 de maio de 2020, a professora Josete de Oliveira Castelo Branco Sales assume a reitoria da Universidade Estadual do Ceará enquanto reitora pro tempore, com a missão de comandar a universidade durante a pandemia e dar continuidade à consulta pública para o cargo mais alto da instituição.

No dia 13 de janeiro de 2021, depois de quase 8 meses sem um reitor escolhido pela comunidade ueceana, o Governador do Ceará nomeia Hidelbrando dos Santos Soares e Dárcio ítalo Teixeira Reitor e Vice-reitor, respectivamente.

Abrangência[editar | editar código-fonte]

A Universidade Estadual do Ceará (UECE) atualmente é uma Instituição de Ensino Superior constituída em forma de Fundação com personalidade Jurídica de Direito Público, criada pelo Decreto no 11.233 de 10 de março de 1975.

Constituída por uma rede multicampi, que privilegia os Cursos voltados para a formação de professores, a UECE vem acumulando experiências e transformando o seu perfil curricular em razão da melhoria da formação profissional de seus alunos e consequentemente da elevação da qualidade de vida da sociedade cearense.

O Ensino tem se constituído atividade por excelência da UECE, desde sua origem, principalmente o de graduação, com a preocupação pela sua qualidade, objetivando a formação de profissionais competentes para atender às mais diversificadas demandas sociais e profissionais do Estado e da Região.

Panorâma dos pavilhões de exposições da 57ª anual da SBPC.

Reitores[6][editar | editar código-fonte]

Reitor Formação Período
Antônio Martins Filho Direito 1975 a 1977
Danísio Dalton da Rocha 1977 a 1981
Padre Luiz Moreira 1981 a 1984
Cláudio Régis de Lima Quixadá Medicina 1984 a 1988
Perípedes Franklin Maia Chaves Direito 1988 a 1992
Paulo de Melo Jorge Filho Direito 1992 a 1996
Manassés Claudino Fonteles Medicina 1996 a 2003
Francisco de Assis Moura Araripe Administração 2003 a 2004
Jáder Onofre de Moraes Geologia 2004 a 2008
Francisco de Assis Moura Araripe Administração 2008 a 2012
José Jackson Coelho Sampaio Medicina 2012 a 2020
Josete de Oliveira Castelo Branco Sales Pedagogia 2020 a 2021
Hidelbrando dos Santos Soares Geografia 2021 -

Estrutura[editar | editar código-fonte]

Campus do Itaperi, Fortaleza.

Campi[editar | editar código-fonte]

Reitoria da Universidade Estadual do Ceará

Unidades Acadêmicas[editar | editar código-fonte]

Bibliotecas[editar | editar código-fonte]

  • Biblioteca Prof. Antônio Martins Filho - Campus do Itaperi-Fortaleza
  • Biblioteca Setorial do CH - Centro de Humanidades-Fortaleza
  • Biblioteca Prof. Paulo de Melo Petrola - FACEDI - Faculdade de Educação de Itapipoca
  • Biblioteca Cônego Misael Alves de Sousa - FAFIDAM - Faculdade de Filosofia Dom Aureliano Matos
  • Biblioteca Setorial da FAEC - Faculdade de Educação de Crateús
  • Biblioteca Raquel de Queiroz - FECLESC - Faculdade de Educação,Ciências e Letras do Sertão Central
  • Biblioteca Humberto Teixeira - FECLI - Faculdade de Educação de Iguatu
  • Biblioteca Setorial do CECITEC - Centro de Educação, Ciências e Tec. da Região dos Inhamuns

Ingresso[editar | editar código-fonte]

O ingresso nos cursos de graduação da UECE é feito através de vestibular organizado pela própria universidade por meio da Comissão Executiva do Vestibular (CEV). Desde 2018, por exigência de lei estadual, a universidade reserva 50% das vagas ofertadas pelo sistema de cotas sociais e étnico-raciais. A partir de 2019, também são oferecidas 3% das vagas para portadores de deficiência. O vestibular consiste em provas objetivas das disciplinas obrigatórias do ensino médio e uma redação. São 60 questões na primeira fase e 60 questões, divididas em três disciplinas específicas, e uma redação na segunda fase.

Ensino[editar | editar código-fonte]

Cursos de graduação[editar | editar código-fonte]

Ciências Agrárias
Rotatória e Reitoria.
Ciências da Saúde
Ciências Biológicas
Ciências Exatas e da Terra
Ciências Humanas
Ciências Sociais Aplicadas
Linguística, Letras e Artes

Cursos de Pós-graduação[editar | editar código-fonte]

Doutorados:

  • Administração (PPGA)
  • Biotecnologia (RENORBIO)
  • Ciências Fisiológicas (PPGCF)
  • Ciências Naturais (PPGCN)
  • Ciências Veterinárias (PPGCV)
  • Educação (PPGE)
  • Geografia (PROPGEO)
  • Cuidados Clínicos em Enfermagem e Saúde (PPCCLIS)
  • Linguística Aplicada (POSLA)
  • Educação (PPGE)
  • Saúde Coletiva (PPSAC)

Mestrados Acadêmicos:

  • Administração (PPGA)
  • Ciência da Computação (MACC)
  • Ciências Físicas Aplicadas (MACFA)
  • Ciências Fisiológicas (CMACF)
  • Ciências Naturais (PPGCN)
  • Ciências Veterinárias (PPGCV)
  • Cuidados Clínicos em Enfermagem e Saúde (PPCCLIS)
  • Educação (PPGE)
  • Educação e Ensino (MAIE)
  • Filosofia (CMAF)
  • Geografia (PROPGEO)
  • História (MAHIS)
  • História e Letras (MIHL)
  • Linguística Aplicada (POSLA)
  • Nutrição e Saúde (CMANS)
  • Saúde Pública (CMASP)
  • Serviço Social, Trabalho e Questão Social (MASS)
  • Sociologia (PPGS)

Mestrados Profissionais:

  • Biotecnologia em Saúde Humana e Animal (MPBiotec)
  • Climatologia e Aplicações nos Países da CPLP e África (MPCLIMATOLOGIA)
  • Computação Aplicada (MPCOMP)
  • Gestão da Saúde (MEPGES)
  • Gestão de Negócios Turísticos (MPGNT)
  • Ensino de Física (MNPEF)
  • Ensino na Saúde (CMEPES)
  • Letras em Rede Nacional (Profletras)
  • Matemática em Rede Nacional (Profmat)
  • Planejamento e Políticas Públicas (PPGPP)
  • Saúde da Criança e do Adolescente (CMPSCA)
  • Saúde da Família (RENASF)

Cursos a Distância[editar | editar código-fonte]

SATE[editar | editar código-fonte]

  • Graduação
  • Especialização
  • Extensão

Referências

  1. «A UECE em números - 2013» (PDF). Consultado em 17 de setembro de 2014 
  2. http://ruf.folha.uol.com.br/2016/ranking-de-universidades/  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  3. http://blog.opovo.com.br/blogdoeliomar/uece-e-a-instituicao-de-ensino-do-estado-melhor-avaliada-no-enade/ Uece é a instituição de ensino do Estado melhor avaliada no Enade
  4. http://tribunadoceara.uol.com.br/noticias/ceara/enade-ufc-e-uece-tem-cursos-entre-os-melhores-do-brasil/ Enade: UFC e Uece têm cursos entre os melhores do Brasil
  5. «Conheça 5 iniciativas brasileiras que estão no Livro Verde do Século 21». Superinteressante. 16 de setembro de 2011. Consultado em 17 de setembro de 2014 
  6. Júnior, Mairton. «UECE Homenageia Ex-Reitores com Galeria de Retratos». www.uece.br. Consultado em 23 de julho de 2018 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Universidade Estadual do Ceará