Universidade Estadual do Turcomenistão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Universidade do Turcomenistão
Fundação 1950
Localização Ashgabat,
Turquemenistão

A Universidade Estadual do Turcomenistão, anteriormente Universidade Magtymguly (UETK ou TSU; em turcomeno: Türkmen döwlet uniwersiteti), é uma instituição de ensino superior pública inaugurada em 14 de julho de 1950, com campus principal na capital do Turcomenistão, Ashgabat. É considerada a primeira universidade do país asiático, fundada pelo escritor russo Maxim Gorky, o qual havia construído anteriormente o Instituto Pedagógico Ashkhabad, no ano de 1931, primeiro centro educacional turcomeno.[1]

O primeiro nome dado à faculdade foi Universidade Magtymguly, em homenagem ao filósofo e poeta turcomeno Magtymguly Pyragy, uma das figuras mais conhecidas do Turcomenistão. O campus principal se situa na Avenida Saparmurat Turkmenbashi, na capital do país, em área urbana; o atual reitor é Gurtnyýaz Nurlyýewiç Hanmyradow, eleito em 1993, responsável pela administração e supervisão dos cinco mil estudantes nas diversas faculdades na instituição. Durante sua reitoria, se destacou a restauração de alguns prédios da universidade, por meio de parcerias com empresas estrangeiras.[1]

Há seis faculdades que compõem a Universidade Estadual do Turcomenistão: Faculdade de Letras - Turcomeno; Faculdade de Letras - Estrangeiras; Faculdade de História; Faculdade de Direito; Faculdade de Física e Matemática e Faculdade de Geografia Natural. Em 2007, a companhia francesa Bouygues comprou um dos prédios da TSU, com a biblioteca, uma sala de leitura e uma sala de reunião, equivalentes a uma área de 13.500 metros quadrados por 40 milhões de dólares. Conforme o contrato estabelecido entre as empresas, a Bouygues executou a reconstrução dos edifícios com orçamento de 45 milhões de dólares, restaurando a fachada principal e um dos centros de Pedagogia. Em 1 de setembro de 2008, foi fundada a Faculdade de Física e Matemática com a presença do então presidente Gurbanguly Berdimuhamedov e, em 1 de setembro de 2011, a Faculdade de Geografia foi reformulada, novamente pela Bouygues, ampliando sua área para concentrar cerca de oitocentos alunos.[2]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]