Universidade Vila Velha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou se(c)ção:
Universidade Vila Velha
UVV
Fundação 05 de março de 1976 (43 anos)
Tipo de instituição Privada
Localização Vila Velha
Brasil

Presidente José Luiz Dantas
Campus Coat of Arms Vila Velha.svgVila Velha: Campus Boa Vista; Campus N. Sra. da Penha; Escola de Negócios - Boulevard Shopping
Índice Geral de Cursos 4 (2016)
[www.uvv.br Website oficial]

A Universidade Vila Velha (UVV), é uma instituição de ensino superior capixaba, situada no município de Vila Velha, Espírito Santo. Foi fundada em 1975, tendo, no ano seguinte, a autorização para funcionar pelo Conselho Federal de Educação. Possui, ao todo, 50 cursos superiores.

O campus principal, localizado no bairro Boa Vista, em Vila Velha, conta com a maior biblioteca particular do Estado, com aproximadamente 93 mil exemplares.

Características[editar | editar código-fonte]

Atualmente, a UVV é a maior Universidade particular do Estado do Espírito Santo. Oferece 50 cursos superiores (sendo doze formação específica, quatro tecnológicos e 26 de graduação), além dos 30 cursos oferecidos em seus programas de pós-graduação. Pelos quatro campi – em Boa Vista (Vila Velha), Praia da Costa (Vila Velha), UVV Vitória e em Guaçuí, no sul do Estado – passam mais de 500 docentes e mais de onze mil alunos, que dispõem dos mais modernos recursos em suas áreas de atuação, professores qualificados e uma arrojada política pedagógica.

A UVV possui a maior biblioteca particular do Estado, que está ainda mais moderna, após a ampliação de suas instalações visando um maior conforto à comunidade acadêmica. A biblioteca é totalmente informatizada, com consulta e renovação de empréstimo online do seu acervo que possui aproximadamente 93 mil volumes. O acervo inclusive possui uma seção de obras raras. Possui salas com telas em 3D para facilitar o estudo da anatomia, cantina com estrutura excelente oferecendo lanches gourmet e pareceria com Outback.

Conquistas[editar | editar código-fonte]

É ainda a instituição capixaba com melhor desempenho na história do desporto universitário brasileiro tendo conquistado, em São Paulo, o título de bicampeã sul-americana e, em Goiás, o título de bicampeã brasileira universitária de futebol de campo. A UVV é também octacampeã dos Jogos Universitários do Espírito Santo (Junes).

Outra conquista importante foi a criação do Centro de Atividades Gímnicas coordenado pela professora Mônica Queiroz, escolhida pela Confederação Brasileira de Ginástica para treinar o conjunto da seleção brasileira de ginástica rítmica. No Centro funciona o projeto UVV de ginástica rítmica que promove treinamento nessa modalidade esportiva gratuitamente para a comunidade. O projeto UVV revelou talentos olímpicos como a atleta Tayanne Mantovanelli, medalhista nos Jogos Pan americanos na República Dominicana. Outra atleta revelação é Ana Paula Ribeiro, tetracampeã brasileira de ginástica rítmica..

Pioneirismo[editar | editar código-fonte]

O pioneirismo é marca registrada da UVV, que foi a primeira instituição capixaba a oferecer mestrado interinstitucional nas áreas de Direito e Administração, e a primeira a oferecer os cursos de graduação em Marketing, Relações Internacionais, Zootecnia, Fonoaudiologia, Nutrição, Moda, Engenharia de Petróleo, Engenharia Metalúrgica e de Materiais, entre outros.

Foi também a primeira a abrir processo seletivo gratuito e é a única participante, fora dos Estados Unidos, no projeto de teletransporting do governo americano através de parceria com a Universidade de Charleston, de West Virginia. A UVV é ainda a primeira instituição superior privada no Estado credenciada junto ao CNPq.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]