Universidade de Otago

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A torre-relógio da universidade.

A Universidade de Otago (em maori: Te Whare Wānanga o Otāgo) em Dunedin é a universidade mais antiga da Nova Zelândia com mais de 20.000 estudantes inscritos durante o ano de 2006. Foi fundada em 1869 por um comitê que incluía Thomas Burns.[1]

A universidade possui a maior qualidade média de pesquisa da Nova Zelândia e é a segunda universidade que emprega mais pesquisadores acadêmicos de nota "A" do país, ficando logo atrás da Universidade de Auckland.[2] Ela chegou ao topo da classificação de Performance Based Research Fund da Nova Zelândia em 2006.[3]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. King, Michael (2003). Penguin History of New Zealand [S.l.: s.n.] p. 209. ISBN 0143018671. 
  2. Research and Development in New Zealand: A Decade in Review. (2006) Ministry of Research, Science and Technology.
  3. "Media release: Performance-based Research Fund results". Tertiary Education Commission. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Universidade de Otago
Ícone de esboço Este artigo sobre instituição de ensino superior é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.