Universidade de Vármia-Masúria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde junho de 2017). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Universidade de Vármia-Masúria
UWM
Fundação 1 de setembro de 1999
Tipo de instituição Pública
Localização Olsztyn, Polónia
Funcionários 3 035
Reitor(a) Ryszard Górecki
Total de estudantes 33 000 (2009)
Doutorado 350
Afiliações SOCRATES-ERASMUS, CIRCEOS, EUA
Página oficial [1]
Inauguração do ao académico na Universidade de Vármia-Masúria

A Universidade de Vármia-Masúria é uma universidade pública, com sede em Olsztyn, na Polónia.[1] Foi fundada a 1 de setembro de 1999, após a fusão da Academia de Agricultura e Tecnologia, Escola Superior de Educação e Instituto Teológico de Vármia, ao abrigo da Lei de 9 de Julho de 1999 sobre a criação da Universidade de Warmia e Mazury em Olsztyn. O campus principal está localizado em Kortowo. A escola atende 33 mil estudantes nas dezessete faculdades.

História[editar | editar código-fonte]

A história da Universidade de Vármia-Masúria remonta a 1950 quando, em 31 de maio, foi fundada a primeira universidade em Olsztyn - a Escola Superior da Agricultura, renomeada em 1972 como Academia de Agricultura e Tecnologia. A 19 de junho de 1969 foi criada em Olsztyn a Escola Superior de Educação, transformada em 1974 na Escola Superior Pedagógica. A 23 de abril de 1980 foi estabeleceu Instituto Teológico de Vária. A 1 de junho de 1999, o Governo adoptou um projecto de lei sobre a fundação da universidade em Olsztyn.[2]

1 de setembro de 1999 é a data oficial da criação da Universidade de Vármia-Masúria em Olsztyn, que foi criada a partir da fusão de três escolas superiores existentes em Olsztyn: Academia de Agricultura e Tecnologia, Escola Superior Pedagógica e Instituto Teológico de Vármia.[2]

No dia da sua criação, a UWM tinha 12 faculdades e 32 cursos e 24,5 mil estudantes. A universidade tinha o direito de habilitação em seis disciplinas científicas e conferir doutorados em 13 disciplinas. O primeiro professor reitor foi Ryszard Gorecki.[2]

Faculdades[editar | editar código-fonte]

A universidade tem 16 faculdades diferentes:

Galeria de fotos[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Página oficial