Up!

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Up!
Álbum de estúdio de Shania Twain
Lançamento 19 de novembro de 2002 (2002-11-19)
Gravação 2001—02
Gênero(s)
Duração 72:55
Idioma(s) Inglês
Gravadora(s) Mercury Nashville
Produção
Cronologia de Shania Twain
The Complete Limelight Sessions
(2001)
Greatest Hits
(2004)
Singles de Up!
  1. "I'll Getcha Good!"
    Lançamento: 23 de setembro de 2002 (2002-09-23)
  2. "Up!"
    Lançamento: 6 de janeiro de 2003 (2003-01-06)
  3. "Ka-Ching!"
    Lançamento: 17 de fevereiro de 2003 (2003-02-17)
  4. "Forever and for Always"
    Lançamento: 7 de abril de 2003 (2003-04-07)
  5. "Thank You Baby! (For Makin' Someday Come So Soon)"
    Lançamento: 11 de agosto de 2003 (2003-08-11)
  6. "She's Not Just a Pretty Face"
    Lançamento: 6 de outubro de 2003 (2003-10-06)
  7. "When You Kiss Me"
    Lançamento: 10 de novembro de 2003 (2003-11-10)
  8. "It Only Hurts When I'm Breathing"
    Lançamento: 9 de fevereiro de 2004 (2004-02-09)
Disambig grey.svg Nota: Para o automóvel da Volkswagen, veja Volkswagen up!.

Up! é o quarto álbum de estúdio da cantora canadense Shania Twain. Foi lançado em 19 de novembro de 2002, pela Mercury Nashville. Três versões do álbum foram lançadas: uma versão pop (disco vermelho), uma versão country (disco verde) e uma versão no estilo da música indiana (disco azul); Todos os três discos contêm exatamente a mesma lista de faixas e apresentam rótulos distintamente identificáveis ​​(por exemplo, Twain ostenta um chapéu de cowboy no disco verde do país). Nos EUA, Up! estreou em primeiro lugar com vendas de 874.000 cópias. Em 23 de setembro de 2004, a RIAA certificou o Up! com 11× Platina,[1] dando a ela o mérito de ser a única artista feminina a ter três álbuns consecutivos certificados de diamante nos Estados Unidos. O álbum foi promovido com entrevistas e apresentações de televisão, incluindo o Super Bowl XXXVII. Foi promovido ainda mais com o bem sucedido Up! Tour, que visitou a América do Norte e Europa.

Produção[editar | editar código-fonte]

Compor e gravar para o álbum ocorreu em todo o mundo. De acordo com o encarte do álbum, Twain e Lange escreveram e gravaram em Berlin, Rome, Vienna, Paris, Avignon, Provence, Milão, Dublin, Bahamas (nos famosos Compass Point Studios), Ilhas Granadinas e Mumbai. Para o disco internacional azul, a dupla recrutou os produtores musicais britânicos e asiáticos Simon & Diamond Duggal para a colaboração de produção. Grupo de música folclórica canadense Leahy forneceu violinos do grupo em todo o álbum.

Lançamento e promoção[editar | editar código-fonte]

Quando o álbum foi lançado originalmente, regiões diferentes receberam versões diferentes do álbum. A América do Norte recebeu um conjunto de dois discos, contendo o disco vermelho e o disco verde. A maioria dos mercados internacionais recebeu um conjunto de dois discos, chamado de "Versão Internacional", contendo o disco vermelho e o disco azul. Ambas as versões de dois discos contêm uma nota de Shania oferecendo downloads gratuitos de qualquer conjunto de mixes não incluídos (por exemplo, um download da versão azul é oferecido com o conjunto vermelho/verde), por um tempo limitado em seu site. A Austrália recebeu os dois conjuntos de dois discos, com a versão em vermelho/verde legendada como "Versão dos EUA".[2] O álbum foi mais tarde relançado em alguns territórios como um disco-single, contendo apenas as mixagens vermelhas, e uma capa alternativa com fundo vermelho.[3]

As versões vermelha e verde foram lançadas em vinil nos Estados Unidos e na Europa em 14 de outubro de 2016.[4] Eles são vendidos separadamente e são apresentados em vinil vermelho e verde translúcido, respectivamente. Isto marca a primeira vez que a versão verde foi lançada fisicamente na Europa.

Twain lançou uma extensa turnê promocional para o álbum, começando em outubro de 2002. Os principais eventos incluíram o show do intervalo do Super Bowl XXXVII, o Country Music Association de 2002 e 2003, o American Music Awards de 2003, o Juno Awards de 2003, o ECHO Awards de 2003. o Billboard Music Awards de 2003 e o CMT Flameworthy Awards.

Em 2 de outubro de 2002, Twain se apresentou no programa holandês TROS TV Show. Em 5 de outubro ela apareceu no Wetten, dass..?. Em 19 de outubro, ela apareceu no programa Parkinson na BBC de Parkinson e no Star Academy da França. Em 26 de outubro ela filmou um mini-concerto para o programa CD:UK. Em 6 de novembro, ela estreou a parte americana da turnê promocional ao abrir o Country Music Awards. Em 24 de novembro, Twain se apresentou em Edmonton no show do intervalo da Copa Grey em 2002.

Twain embarcou na bem sucedida Up! Tour em setembro de 2003.

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Pontuações agregadas
Fonte Avaliação
Metacritic 72/100[5]
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
About.com 4 de 5 estrelas.[6]
AllMusic 4.5 de 5 estrelas.[7]
Amazon.com (positive)[8]
Blender 4 de 5 estrelas.[9]
Billboard (favorable)[10]
Entertainment.ie 3 de 5 estrelas.[11]
Entertainment Weekly A[12]
PopMatters 6 de 10 estrelas.[9][13]
Robert Christgau 5 de 5 estrelas.[14]
Rolling Stone 4 de 5 estrelas.[15]

Após o seu lançamento, o álbum recebeu críticas positivas da maioria dos críticos de música, com base em uma pontuação total de 72/100 do Metacritic.[5] O editor do AllMusic, Stephen Thomas Erlewine, classificou em 4,5/5 estrelas, elogiando Twain por: "escrever músicas bem trabalhadas como hinos universais, para que os ouvintes possam se ouvir dentro desses contos".[7] Erlewine comentou ainda: "O álbum tinha grandes, polidos, ganchos polivalentes e grandes emoções arrebatadoras. Este é altamente pop, tão grande e delicioso quanto o pop deve ser", concluiu.[7] Matthew Bjorke de About.com classificaram com quatro estrelas em cinco e disseram que: "Este álbum de 19 faixas certamente agradará a maioria dos fãs do moderno country pop".[6] A revisão do Blender, também foi positiva, dizendo que: "As músicas de Twain nunca foram profundas, mas têm ganchos tatuados em sua pele e harmonias que brilham como luzes de bar".[9] Também com uma análise positiva, a Billboard disse que: "[É] a essência de Shania, leve como vapor, doce como açúcar, representada com personalidade e inegável carisma. Espere metais preciosos".[10] Andrew Lynch, da Entertainment.ie, classificou-o como três estrelas em cinco e disse: "As músicas, por sua vez, são tão insossas e unidimensionais quanto em seu grande sucesso Come On Over, coisas alegres e otimistas com uma pitada feminista jogada em boa medida. Uma alta proporção deles, no entanto, também é irritantemente cativante - sugerindo que Twain pode ter outro sucesso global em suas mãos".[11]

Chris Willman da Entertainment Weekly foi bastante positivo com o álbum, dando-lhe uma nota "A", comparando o álbum ao Gold do ABBA. Ele também complementou "a pura exuberância e alegria do trabalho artesanal em Up! - o projeto não parece insinceridade mercenário. Eles se parecem com algo como generosidade real...não para colocar um ponto muito bom nisso".[12] O PopMatters reviu de forma mediana o projeto, dando seis estrelas de dez e dizendo que o álbum "tem tudo, desde números de dança a baladas". A crítica disse ainda: "Up! é uma sensação de Twain tentando - desesperadamente - agradar a todos, expressar verdades universais por meios artificiais: batidas, tempos, instrumentos, etc".[13] A análise concluiu que: "Up! é muito genérico e sem emoção para esse nível de diversidade, mas em um sentido muito real, Twain levou a música country ao seu próximo nível de popularidade, onde country e pop são virtualmente indistinguíveis".[13] Robert Christgau em sua revisão do guia do consumidor elogiou as faixas "I'm Gonna Getcha Good!" e "Ka-Ching!".[14] A crítica da Rolling Stone foi positiva, classificando-a com quatro estrelas de cinco e dizendo que: "Up! Seria um nocaute mesmo se fosse limitado a um disco de música country .... Mas o segundo, implacavelmente cinético disco pop é uma revelação".[15] Jennifer Nine do Yahoo!, classificou com seis de dez, dizendo: "'Up!' não é sem suas pequenas esquisitices e delícias". E concluiu que: "'Up!' assume sua missão de tudo-para-todos com apetite real".[16] Alanna Nash da Amazon foi em grande parte positiva e concluiu que: "Há algo estranhamente hipnótico sobre grande parte deste projeto, e pode ser simplesmente ouvir o que Shania pode fazer quando ela abandona a pretensão de ser uma cantora country e se concentra na música. Chame isso de prazer culpado - pop, contry ou um misto dos dois".[8]

Desempenho comercial[editar | editar código-fonte]

Up! estreou em primeiro lugar na Billboard Top Country Albums e no gênero Billboard 200, vendendo 874.000 cópias em sua primeira semana de lançamento.[17] Em sua segunda semana, ele permaneceu no primeiro lugar em ambas as paradas, vendendo 623.000 cópias. Em sua terceira semana, as vendas ainda estavam fortes o suficiente para liderar os dois gráficos, vendendo mais de 317 mil cópias e batendo Tim McGraw and the Dancehall Doctors da Tim McGraw, que ocupou o segundo lugar pela segunda semana consecutiva.[18] O álbum permaneceu em primeiro lugar após sua quarta semana de lançamento, vendendo mais de 373 mil cópias. Seu último reinado na tabela de todos os gêneros foi após sua quinta semana. O total de álbuns de cinco semanas por si só é estimado em 2.646.000 unidades. A RIAA certificou o álbum em 11× platina, denotando embarques de 5,5 milhões nos Estados Unidos; A RIAA conta cada disco separadamente para fins de certificação. Até o fim de 2007, Up! vendeu 20 milhões de cópias em todo o mundo.[19][20] Ele ficou no Top 200 da lista de 200 álbuns mais vendidos da Billboard por mais de 60 semanas.

O álbum também foi certificado como diamante no Canadá 17 dias após sua data de lançamento.[21]

Em 2007, a capa do álbum foi listado como Capas de álbuns mais sexy pela revista Maxim.[22]

Faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as canções escritas e compostas por Shania Twain e Robert John "Mutt" Lange

N.º Título Duração
1. "Up!"   2:53
2. "I'm Gonna Getcha Good!"   4:29
3. "She's Not Just a Pretty Face"   3:49
4. "Juanita"   3:50
5. "Forever and for Always"   4:43
6. "Ain't No Particular Way"   4:25
7. "It Only Hurts When I'm Breathing"   3:20
8. "Nah!"   4:14
9. "(Wanna Get to Know You) That Good!"   4:31
10. "C'est la Vie"   3:39
11. "I'm Jealous"   3:59
12. "Ka-Ching!"   3:20
13. "Thank You Baby! (For Makin' Someday Come So Soon)"   4:01
14. "Waiter! Bring Me Water!"   3:20
15. "What a Way to Wanna Be!"   3:33
16. "I Ain't Goin' Down"   3:45
17. "I'm Not in the Mood (To Say No)!"   3:26
18. "In My Car (I'll Be the Driver)"   3:15
19. "When You Kiss Me"   4:07

Equipe e produção[editar | editar código-fonte]

  • Rakesh Chaurasia - flauta
  • Cory Churko - guitarra, solista
  • Kevin Churko - programação
  • Sunil Das - sitar
  • Diamond Duggal - bouzouki, cítara coral, guitarra baixo, guitarra sintetizador, teclados, bandolim , percussão
  • Simon Duggal - guitarra baixo, darbouka, dholak, programação de bateria, teclados, percussão, tabla
  • Paul Franklin - pedal steel guitar
  • Gavin Greenaway - arranjos de corda
  • The Irish Film Orchestra - cordas
  • Robert John "Mutt" Lange - vocais de fundo
  • Paul Leim - bateria
  • Brent Mason - guitarra elétrica
  • Mauro Pagini - vocais de fundo
  • Chintoo Singh - rabab
  • Jatinder Thakur - violino
  • Michael Thompson - guitarra elétrica, slide guitar
  • Shania Twain - vocal principal, vocais de fundo
  • Sanjay Vyas - tabla
  • John Willis - banjo, bouzouki, violão, bandolim
  • Jonathan Yudkin - violoncelo, bandolim, violino

Desemepenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

Vendas e certificações[editar | editar código-fonte]

Região Certificação Vendas
 Alemanha (BVMI)[78] 2× Platina 600,000^
 Austrália (ARIA)[79] 2× Platina 140,000^
 Áustria (IFPI Áustria)[80] Platina 30,000*
 Bélgica (BEA)[81] Ouro 25,000*
 Brasil (Pro-Música Brasil)[82] Platina 125,000*
 Canadá (Music Canada)[83] 2× Diamante 1,134,000[84]
 Dinamarca (IFPI Dinamarca)[85] Platina 50,000^
Flag of Spain.svg Espanha (PROMUSICAE)[31] Ouro 50,000^
 Estados Unidos (RIAA)[86] 2× Diamante 11,000,000[87]
 França (SNEP)[88] Platina 418,900[89]
 Japão (RIAJ)[90] Platina 200,000^
 Noruega (IFPI Noruega)[91] 3× Platina 120,000*
 Nova Zelândia (RMNZ)[92] 2× Platina 30,000^
 Países Baixos (NVPI)[93] Ouro 40,000^
Portugal Portugal (AFP)[94] Platina 40,000^
 Polónia (ZPAV)[95] Ouro 35,000*
 Reino Unido (BPI)[96] Ouro 775,689[97]
 Suécia (GLF)[98] Platina 60,000^
Suíça (IFPI Suíça)[99] Platina 120,000^
Resumo
União Europeia Europa (IFPI)[100] 2× Platina 2,000,000*

*números de vendas baseados somente em certificação
^números de distribuições baseados somente em certificação

Notas e referências

  1. «Recording Industry Association of America». RIAA. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  2. «Shania Twain - Up!». Discogs. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  3. «Shania Twain - Up!». Discogs. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  4. «Shania Twain - Up!». Discogs. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  5. a b Up! (2002): Reviews. Metacritic. Retrieved on May 7, 2011.
  6. a b Matthew Bjorke. «Shania Twain – Up – Review of the album». About.comThe New York Times Company. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  7. a b c Stephen Thomas Erlewine. «Up! - Shania Twain | Allmusic». AllMusicAll Media Guide. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  8. a b Alanna Nash. «Amazon.com: Up! - Shania Twain | Music». Amazon.com. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  9. a b c «Critic Reviews for Up! at Metacritic». Metacritic. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  10. a b «Shania Twain: Up!». Billboard. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  11. a b Andrew Lynch. «Shania Twain – Up!. Review by Andrew Lynch | Entertainment.ie – Ireland». Entertainment.ie. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  12. a b Chris Willman. «Up! | Music | EW.com». Entertainment Weekly. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  13. a b c S. Renee Dechert. «Shania Twain: Up! | PopMatters Music Review». PopMatters. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  14. a b Robert Christgau. «Robert Christgau: Album: Shania Twain: Up!». MSN. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  15. a b Barry Walters. «Shania Twain: Up! : Music Reviews». Rolling Stone. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  16. «Shania Twain: 'Up!' Album Review, New album reviews and latest album releases on Yahoo! Music». Yahoo! Music. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  17. «Ja Rule, Jay-Z, '8 Mile' Soundtrack Bested By Shania Twain on Albums Chart – MTV». mtv.com. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  18. Susman, Gary. «Shania fends off Mariah on the album chart | Charmbracelet | In the News | Music | Entertainment Weekly». Ew.com. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  19. «Diamond Awards – July 26, 2013». RIAA. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  20. «Shania Twain Tour Dates 2012». concertboom.com. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  21. «Canadian Recording Industry Association (CRIA): Gold & Platinum – December 2002». Cria.ca. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  22. «Sexiest Album Covers». Maxim Magazine. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  23. Offiziellecharts.de – Shania Twain – Up! (em alemão). GfK Entertainment. Consultado em May 11, 2017.
  24. Shania Twain – Up! (em inglês). Australiancharts.com. Hung Medien. Consultado em May 11, 2017.
  25. Shania Twain - Up! (em alemão). Austriancharts.at. Hung Medien. Consultado em May 11, 2017.
  26. Shania Twain – Up! (em holandês). Ultratop.be. Hung Medien. Consultado em May 11, 2017.
  27. Shania Twain – Up! (em francês). Ultratop.be. Hung Medien. Consultado em May 11, 2017.
  28. {{{artist}}} Album & Song Chart History (em inglês). Billboard Canadian Albums Chart para {{{artist}}}. Prometheus Global Media. Consultado em 2 de Abril de 2019.
  29. Shania Twain – Up! (em dinamarquês). Danishcharts.com. Hung Medien. Consultado em May 11, 2017.
  30. 2002-11-24 Top 40 Scottish Albums Archive | Official Charts (em inglês). UK Albums Chart. The Official Charts Company. Consultado em May 11, 2017.
  31. a b Fernando Salaverri. Sólo éxitos: año a año, 1959–2002 1st ed. Spain: Fundación Autor-SGAE. ISBN 84-8048-639-2 
  32. {{{artist}}} Album & Song Chart History (em inglês). Billboard 200 para {{{artist}}}. Prometheus Global Media. Consultado em 2 de Abril de 2019.
  33. {{{artist}}} Album & Song Chart History (em inglês). Billboard Top Country Albums para {{{artist}}}. Prometheus Global Media. Consultado em 2 de Abril de 2019.
  34. «Hits of the World» (PDF). Billboard. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  35. Shania Twain – Up! (em inglês). Finnishcharts.com. Hung Medien. Consultado em May 11, 2017.
  36. Shania Twain – Up! (em francês). Lescharts.com. Hung Medien. Consultado em May 11, 2017.
  37. Archívum – Slágerlisták – MAHASZ – Magyar Hangfelvétel-kiadók Szövetsége (em húngaro). Mahasz.hu. LightMedia. Consultado em May 10, 2017.
  38. GFK Chart-Track (em inglês). Chart-Track.co.uk. GFK Chart-Track. IRMA. Consultado em 2 de Abril de 2019.
  39. Shania Twain – Up! (em inglês). Italiancharts.com. Hung Medien. Consultado em May 11, 2017.
  40. シャナイア・トゥエインのランキング (em Japanese). Oricon. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  41. Shania Twain – Up! (em norueguês) Norwegiancharts.com. Hung Medien. Consultado em May 11, 2017.
  42. Shania Twain – Up! (em inglês). Charts.org.nz. Hung Medien. Consultado em May 11, 2017.
  43. Shania Twain – Up! (em holandês). Dutchcharts.nl. Hung Medien. Consultado em May 11, 2017.
  44. Shania Twain – Up! (em inglês). Portuguesecharts.com. Hung Medien. Consultado em May 11, 2017.
  45. 20021124 Top 40 Official UK Albums Archive | Official Charts (em inglês). UK Albums Chart. The Official Charts Company. Consultado em October 8, 2017.
  46. 20021124 Top 40 Country Albums Archive | Official Charts (em inglês). UK Albums Chart. The Official Charts Company. Consultado em October 8, 2017.
  47. Shania Twain – Up! (em inglês). Swedishcharts.com. Hung Medien. Consultado em May 11, 2017.
  48. Shania Twain – Up! (em inglês). Swisscharts.com. Hung Medien. Consultado em May 11, 2017.
  49. «Greatest of All Time Top Country Albums». Billboard. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  50. «ARIA Charts - End of Year Charts - Top 100 Albums 2002». ARIA. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  51. «Jaaroverzichten 2002» (em Dutch). Ultratop. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  52. «Chart of the Year 2002». Mogens Nielsen. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  53. «Jaaroverzichten - Album 2002» (em Dutch). Hung Medien. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  54. «Classement Albums - année 2002». SNEP. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  55. «Topp 40 Album Julen 2002» (em Norwegian). VG-lista. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  56. «The Official UK Albums Chart 2002» (PDF). OCC. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  57. «Årslista Album - År 2002» (em Swedish). Grammofon Leverantörernas Förening. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  58. «Swiss Year-end Charts 2002». Hung Medien. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  59. «Top 50 Global Best Selling Albums for 2002» (PDF). IFPI. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  60. «Top 100 Album-Jahrescharts» (em German). GfK Entertainment. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  61. «ARIA Charts - End of Year Charts - Top 100 Albums 2003». ARIA. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  62. «Jahreshitparade Alben 2003» (em German). Hung Medien. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  63. «Rapports annueles 2003» (em French). Ultratop. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  64. «Chart of the Year 2003». Mogens Nielsen. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  65. «2003: Billboard 200 Albums». Billboard. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  66. «2003: Country Albums». Billboard. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  67. «Jaaroverzichten - Album 2003» (em Dutch). Hung Medien. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  68. «Classement Albums - année 2003». SNEP. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  69. «Összesített album- és válogatáslemez-lista - chart-pozíció alapján - 2003» (em Hungarian). MAHASZ. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  70. «The Official UK Albums Chart 2003» (PDF). OCC. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  71. «Swiss Year-end Charts 2003». Hung Medien. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  72. «Top 100 Album-Jahrescharts» (em German). GfK Entertainment. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  73. «Jahreshitparade Alben 2004» (em German). Hung Medien. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  74. «2004: Billboard 200 Albums». Billboard. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  75. «2004: Country Albums». Billboard. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  76. «Topp 40 Album Vinter 2004» (em Norwegian). VG-lista. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  77. «Swiss Year-end Charts 2004». Hung Medien. Consultado em 2 de Abril de 2019 
  78. «Gold-/Platin-Datenbank (Shania Twain; 'Up!')» (em alemão). Bundesverband Musikindustrie. Consultado em 8 de junho de 2017 
  79. «ARIA Charts – Accreditations – 2003 Albums». Australian Recording Industry Association. Consultado em 8 de junho de 2017 
  80. «Certificações (Áustria) (álbum) – Shania Twain – Up!» (em alemão). Federação Internacional da Indústria Fonográfica (Áustria). Consultado em 8 de junho de 2017  Introduza Shania Twain no campo Interpret. Introduza Up! no campo Titel. Seleccione álbum no campo Format. Clique Suchen.
  81. «Ultratop − Goud en Platina - 2002» (em inglês). Ultratop & Hung Medien / hitparade.ch. Consultado em 8 de junho de 2017 
  82. «Certificações (Brasil) (álbum) – Shania Twain – Up!». Associação Brasileira dos Produtores de Discos. Consultado em 8 de junho de 2017 
  83. «Certificações (Canadá) (álbum) – Shania Twain – Up!» (em inglês). Music Canada. Consultado em 8 de junho de 2017 
  84. «2014 Nielsen Music Canada Report» (PDF). Nielsen SoundScan. Consultado em 8 de junho de 2017 
  85. «Album Top-40 Uge 21-2003» (em Danish). IFPI Denmark. Consultado em 8 de junho de 2017 
  86. «Certificações (Estados Unidos) (álbum) – Shania Twain – Up!» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 8 de junho de 2017  Se necessário, clique em Advanced, depois clique em Format, e seleccione Album, e clique em SEARCH.
  87. «Expected in 4Q: Prior Release Performance». Hits. Consultado em 8 de junho de 2017 
  88. «Certificações (França) (álbum) – Shania Twain – Up!» (em francês). Syndicat National de l'Édition Phonographique. Consultado em 8 de junho de 2017 
  89. Lesueur, InfoDisc, Daniel Lesueur, Dominic Durand,. «InfoDisc : Les Meilleurs Ventes d'Albums "Tout Temps" (33 T. / Cd / Téléchargement)». www.infodisc.fr. Consultado em 8 de junho de 2017 
  90. «Certificações (Japão) (álbum) – Shania Twain – Up!» (em japonês). Recording Industry Association of Japan. Consultado em 8 de junho de 2017 
  91. «IFPI Norsk platebransje» (em Norwegian). IFPI Norway. Consultado em 8 de junho de 2017 
  92. «Certificações (Nova Zelândia) (álbum) – Shania Twain – Up!» (em inglês). Recorded Music NZ. Consultado em 8 de junho de 2017 
  93. «Certificações (Países Baixos) (álbum) – Shania Twain – Up!» (em neerlandês). Nederlandse Vereniging van Producenten en Importeurs van beeld- en geluidsdragers. Consultado em 8 de junho de 2017 
  94. «Certificações (Portugal) (álbum)». Associação Fonográfica Portuguesa. Consultado em 8 de junho de 2017 
  95. «Certificações (Polônia) (álbum) – Shania Twain – Up!» (em polaco). Związek Producentów Audio Video. Consultado em 8 de junho de 2017 
  96. «Certificações (Reino Unido) (álbum) – Shania Twain – Up!» (em inglês). British Phonographic Industry. Consultado em 8 de junho de 2017 
  97. James Hanley. «World Exclusive: Shania Twain». Music Week. Consultado em 8 de junho de 2017 
  98. «Guld- och Platinacertifikat − År 2005» (PDF) (em sueco). Federação Internacional da Indústria Fonográfica (Suécia). Consultado em 8 de junho de 2017 
  99. «The Official Swiss Charts and Music Community: Awards (Shania Twain; 'Up!')» (em inglês). Hung Medien. Consultado em 8 de junho de 2017 
  100. «IFPI Platinum Europe Awards – 2003» (em inglês). Federação Internacional da Indústria Fonográfica. Consultado em 8 de junho de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • Up! (em inglês) no Discogs
Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Shania Twain é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.