Urutau-comum

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Como ler uma infocaixa de taxonomiaUrutau-comum
Nyctibius griseus 471885191 27f931630d o.jpg
Estado de conservação
Espécie pouco preocupante
Pouco preocupante (IUCN 3.1)
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Nyctibiiformes
Família: Nyctibiidae
Género: Nyctibius
Espécie: N. griseus
Nome binomial
Nyctibius griseus
(Gmelin, 1789)

O urutau-comum (Nyctibius griseus) é uma ave da família dos nictibídeos. Conhecido também como urutau, mãe-da-lua, urutau-pequeno,[1] urutágua, kúa-kúa e uruvati (nomes indígenas – Mato Grosso). O nome urutau é de origem tupi e significa “ave fantasma”. O urutau-comum é encontrada da região da Costa Rica à Bolívia e em todo o Brasil, bem como na Argentina e no Uruguai[2]. Tais aves chegam a medir 37 cm de comprimento e possuem plumagem variando entre marrom ou cinzento e peito com desenho negro.

Ecologia[editar | editar código-fonte]

O urutau-comum é uma ave insetívora noturna, que caça partindo de cima de um poleiro, como um picanço ou papa-mosca. Durante o dia, empoleira-se, geralmente sobre um toco de árvore, onde se torna quase totalmente invisível, mimetizando-se ao toco e ali permanecendo completamente imóvel. Se perturbado por animais maiores, como os sagüis comuns (Callithrix jacchus), pode quebrar sua camuflagem e tentar espantá-los.[3]


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons
Wikispecies Diretório no Wikispecies

O urutau-comum é a única espécie da família com registros de migração.[4]

Subespécies[editar | editar código-fonte]

São reconhecidas duas subespécies:[5]

  • Nyctibius griseus griseus (Gmelin, 1789) ocorre da Colômbia até as Guianas, nas Ilhas de Trinidad e Tobago, no Brasil e no Norte da Argentina;
  • Nyctibius griseus panamensis (Ridgway, 1912) ocorre da Nicarágua e Sudoeste da Costa Rica até o Noroeste da Venezuela e Oeste do Equador.

Referências

  1. Avibase
  2. Mãe-da-lua (Nyctibius griseus) publicado por " Ornithos Escola" (2016)
  3. de Lyra-Neves et al. (2007)
  4. DeGroote, Lucas W.; Hingst‐Zaher, Erika; Moreira‐Lima, Luciano; Whitacre, James V.; Slyder, Jacob B.; Wenzel, John W. «Citizen science data reveals the cryptic migration of the Common Potoo Nyctibius griseus in Brazil». Ibis (em inglês) (n/a). ISSN 1474-919X. doi:10.1111/ibi.12904. Consultado em 7 de janeiro de 2021 
  5. «mãe-da-lua (Nyctibius griseus) | WikiAves - A Enciclopédia das Aves do Brasil». www.wikiaves.com.br. Consultado em 19 de setembro de 2021 
Ícone de esboço Este artigo sobre Aves, integrado ao Projeto Aves, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.