Usina Hidrelétrica Mascarenhas de Moraes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Usina Hidrelétrica Mascarenhas de Moraes



Usina Hidrelétrica Mascarenhas de Moraes (Peixoto)
Vista da usina
Nome oficial Usina Hidrelétrica Mascarenhas de Moraes
Localização
Rio Rio Grande
Localização Minas Gerais
coordenadas 20°17'11"S, 47°03'48"O
Dados gerais
Inauguração 1956
Características da barragem
Altura 45 m
Comprimento 600 m
Características da albufeira
Capacidade total 4 bilhões de m³ (volume total)

2 bilhões de m³ (volume útil)

Capacidade de geração 476 MW
Unidades geradoras 10
Reservatório
Área alagada 250 km²
Construção
Início de construção 1953
Término da construção 1969
Período de construção 3 anos para início de operação

16 anos para conclusão final (com pausas)

Construtora CPFL - Companhia Paulista de Força e Luz
Operação e distribuição
Empresa geradora Furnas Centrais Elétricas SA
Empresa operadora Furnas Centrais Elétricas SA
Website http://www.furnas.com.br/


A Usina Hidrelétrica Marechal Mascarenhas de Moraes: início da geração em 1957. Localizada no Município de Ibiraci (MG). Capacidade instalada de 478 MW, a partir de um desnível de até 43 m. Reservatório que capta água de uma área de 59.600 KM2 e alaga uma área de até 250 km², que opera com um nível mínimo de 653,12 m acima do nível do mar e com um nível máximo de 666,12 m acima do nível do mar[1] [2] [3] [4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Capacidade de Reservatórios., acesso em 12 de julho de 2014.
  2. SILVA FILHO, Donato. Dimensionamento de Usinas Elétricas Através de Técnicas de Otimização Evolutiva. Tese de doutorado em engenharia elétrica na Universidade de São Paulo (Campus de São Carlos). Dezembro de 2003.
  3. Metodologia para estimação de externalidades agropecuárias, acesso em 18 de maio de 2014.
  4. Usina Mascarenhas de Moraes, acesso em 20 julho de 2014.