Usina Hidrelétrica Luís Carlos Barreto de Carvalho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A usina hidrelétrica Luís Carlos Barreto de Carvalho, mais conhecida como usina hidrelétrica de Estreito, é uma das usinas que integram a empresa de capital misto que atua na área de minas e energia, Furnas Centrais Elétricas, situada ao norte do estado de São Paulo, Brasil, precisamente no município de Pedregulho, com capacidade geradora de 1.050 MW, a partir de um desnível máximo de 61,7 m[1].

A usina de Estreito fica numa região de grande concentração de usinas hidrelétricas, no rio grande, divisa dos estados de São Paulo e Minas Gerais. Além da usina de Estreito, também situam-se ao norte do estado de São Paulo, a usina Mascarenhas de Moraes, mais conhecida como Usina de Peixoto, Usina de Marimbondo, Represa de Igarapava e Usina Jaguara, essa última pertencente à Cemig (Companhia energética de Minas Gerais).

Seu reservatório inunda uma área máxima de 46,7 km² (622,5 m do nível do mar - nível máximo operacional / 618,50 m do nível do mar - nível mínimo operacional)[2].

É considerada uma usina hidrelétrica a fio d'água[1].

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b SILVA FILHO, Donato. Dimensionamento de Usinas Elétricas Através de Técnicas de Otimização Evolutiva. Tese de doutorado em engenharia elétrica na Universidade de São Paulo (Campus de São Carlos). Dezembro de 2003.
  2. Usina hidrelétrica Luiz Carlos Barreto de Carvalho, acesso em 21 de junho de 2014.