Usuário(a):La paura non c'è/Testes/3

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Onde Está Meu Coração
Informação geral
Também conhecido(a) como Where My Heart Is
Formato série
Gênero Drama
Duração 39-46 minutos
Estado Finalizada
Criador(es) George Moura e Sergio Goldenberg
País de origem  Brasil
Idioma original (em português brasileiro)
Produção
Diretor(es) Noa Bressane
Produtor(es) Globo
  • Luciana Monteiro
  • Isabel Ribeiro
  • André Montenegro
  • Maurício Melo
Gullane
  • Juliana Motta
  • Elisa Fernandes
  • Livia Piacentini
  • Caio Erosa
  • Bruno Possati
  • Ewerton Bastos
  • Fernando Coelho Reis
Produtor(es) executivo(s)
  • Ana Saito
  • Flávia Lopes
Produtor(es) consultivo(s) Dartiu Xavier da Silveira
Editor(es)
  • Marília Moraes
  • Fabio Jordão
  • Wellington Anjos
  • Clarice Mittelman
  • Marcus Carvalho
Distribuição Grupo Globo
Roteirista(s)
  • George Moura
  • Sergio Goldenberg
  • Laura Rissin
  • Matheus Souza
Elenco
Composto por
  • Alexandre Romano
  • Adriano Motta
  • Christiano Calvet
Empresa(s) produtora(s) Gullane Entretenimento
Estúdios Globo
Localização São Paulo
Exibição
Emissora original Globoplay
Transmissão original 4 de maio de 2021 (2021-05-04)
Temporadas 1
Episódios 10
Ligações externas
Site oficial

Onde Está Meu Coração é uma série de televisão brasileira de drama criada e escrita por George Moura e Sergio Goldenberg para o serviço de streaming Globoplay. A

Elenco e personagens[editar | editar código-fonte]

Principal[editar | editar código-fonte]

Recorrente[editar | editar código-fonte]

  • Mariana Lima[2] como Sofia
  • Fábio Assunção[2] como David
  • Rodrigo Fregnan ep1, ep5, ep8, ep9
  • Lola Belli ep2, 3, 4, 9, 10
  • Alice Camargo ep2, 3, 9, 10
  • Thiago Anderson ep2, 3, 7, 9, 10

Participações[editar | editar código-fonte]

  • Magali Biff como Dona Gisele ep1
  • Susana Ribeiro ep1, ep9
  • Démick Lopes ep1
  • Helena Albergaria ep5
  • Pedro Wagner ep6
  • Gustavo Trestini ep10
  • Clayton Olímpio ep10

Participação especial[editar | editar código-fonte]

Episódios[editar | editar código-fonte]

TítuloDirigido porEscrito porExibição originalAudiência
(em pontos)[a]
1 "Episódio 1" Noa BressaneGeorge Moura e Sergio Goldenberg com Laura Rissin e Matheus Souza3 de maio de 2021 (2021-05-03)[b]13,5[4]
2 "Episódio 2" Noa BressaneGeorge Moura e Sergio Goldenberg com Laura Rissin e Matheus Souza4 de maio de 2021 (2021-05-04)N/A
3 "Episódio 3" Noa BressaneGeorge Moura e Sergio Goldenberg com Laura Rissin e Matheus Souza4 de maio de 2021 (2021-05-04)N/A
4 "Episódio 4" Noa BressaneGeorge Moura e Sergio Goldenberg com Laura Rissin e Matheus Souza4 de maio de 2021 (2021-05-04)N/A
5 "Episódio 5" Noa BressaneGeorge Moura e Sergio Goldenberg com Laura Rissin e Matheus Souza4 de maio de 2021 (2021-05-04)N/A
6 "Episódio 6" Noa BressaneGeorge Moura e Sergio Goldenberg com Laura Rissin e Matheus Souza4 de maio de 2021 (2021-05-04)N/A
7 "Episódio 7" Noa BressaneGeorge Moura e Sergio Goldenberg com Laura Rissin e Matheus Souza4 de maio de 2021 (2021-05-04)N/A
8 "Episódio 8" Noa BressaneGeorge Moura e Sergio Goldenberg com Laura Rissin e Matheus Souza4 de maio de 2021 (2021-05-04)N/A
9 "Episódio 9" Noa BressaneGeorge Moura e Sergio Goldenberg com Laura Rissin e Matheus Souza4 de maio de 2021 (2021-05-04)N/A
10 "Episódio 10" Noa BressaneGeorge Moura e Sergio Goldenberg com Laura Rissin e Matheus Souza4 de maio de 2021 (2021-05-04)N/A
Notas
  1. Em 2021, cada ponto representou 76,5 mil domicílios ou 205,3 mil pessoas na Grande São Paulo.[3]
  2. O primeiro episódio foi exibido na TV Globo 1 dia antes da estreia da temporada completa no Globoplay.

Produção[editar | editar código-fonte]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Antes de estrear na TV Globo e no próprio catálogo do Globoplay, a série teve seu primeiro episódio exibido no Festival de Berlim, e após a exibição, em 2020, recebeu elogios estrangeiros. O produtor e consultor de roteiros americano Denis Leroy declarou que:

A fotografia da série gera um forte impacto visual na tela. O que vi hoje serve como uma introdução muito forte para uma história calcada em dramas de família. É uma escrita envolvente, que aposta no inusitado. E há um ângulo novo para a discussão do vício nas drogas. Você não é associado ao tema dependência a partir de questões sociológicas, mas sim pela unidade familiar

 —Denis Leroy.[5]

Referências