Usuário Discussão:Rui Silva/Bio-coisas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Por favor, sintam-se à vontade para editar os "verbetes" abaixo, mas deixem alguma indicação na discussão. Obrigado - a nós todos!

Discussão[editar código-fonte]

Comecei a limpar aqueles textos irrelevantes de relações ecológicas e biosfera. Mas fiacaram os biócoros (com as versões "biocoros", sem acento e biocoras!), os biociclos e os biomas, que ficaram muito "poluídos". Então, como eu falei antes, eu nunca tinha ouvido falar desses conceitos que, para mim não estão nada claros (para além daquela referência estranha...) e é para isso que eu preciso de sua ajuda - se esses conceitos existem e estão referenciados (para além do Cesar e Cezar...), tèm que ser colocados de boa maneira! E eu não sei... Mas os biomas têm muito trabalho de limpeza, e não só do nosso amigo! Basta ver a predefinição:Biomas que é uma confusão. Está afim?! Abraço. --Rui Silva (discussão) 17h49min de 13 de outubro de 2009 (UTC)

Biócoro/biócora são termos pouco difundidos (porém, existentes) dentro do estudo da Ecologia. Particularmente, não gosto de sua utilização. Acredito que sua utilização seja mais comum no Brasil somente. Encontrei este link de um programa ambiental brasileiro. Note as definições no início. Acha que devemos nos orientar por esta hierarquia de definições? A hierarquia seria: a biosfera é dividida em biociclos. Os biociclos são divididos em biócoras/biócoros. Estes, por sua vez, são divididos em biomas. Então me pergunto: onde entrariam os ecossistemas dentro dessa hierarquia? Abraços. JSSX uai 12h40min de 14 de outubro de 2009 (UTC)

Acabei agorinha mesmo de fazer uma limpeza no talassociclo. Encontrei algumas refs boas, como a que lá coloquei e ainda Schüür, Germano (2000) "Ciências do Ambiente - Ecologia" no site Photografia.com.br e mais esta. E mais umas definições para biócoro (ou, como está na ref que encontrou, "biocora"...) que correpondem a biomas com biótopos semelhantes. O estranho é que, em todos os sites que visitei só consideram os biócoros do epinociclo: campo, floresta, deserto, etc. Para o talassociclo, consideram-se os diferentes domínios e os "biomas" litoral, nerítico, batial e abissal... Aparentemente, só o Cesar e Sezar consideram as zonas por profundidade como biócoros! Ah, imagine que encontrei os verbetes dos ditos "augustos" - e com que referências... as suas autobiografias no site da editora!!!! OK, feedback, mas antes, veja as refs e pense um pouco, para vermos como atacar as verbetes biociclo e biocoro. Abraços. --Rui Silva (discussão) 14h00min de 14 de outubro de 2009 (UTC)

Amigo, fez uma boa edição em no talassociclo. Mulungo, creio que devemos pensar em como será a hierarquia das categorizações dos artigos pois, dessa forma, ficará mais fácil para adaptármos os textos a esta hierarquia de definições bastante confusa. Um exemplo prático: imagine o artigo Floresta tropical. Corretamente, ele está categorizado em Categoria:Florestas. Essa categoria está categorizada em Categoria:Biomas terrestres e, depois, Categoria:Biomas. Aí que reside o problema: não existe Categoria:Biócoros (ou Categoria:Biócoras), onde a categoria de Biomas deveria estar. Se existisse ela deveria estar em Categoria:Biociclos, que também não existe. Portanto, tudo isso deveria estar subordinado à Categoria:Biosfera (cujo conteúdo segue o âmbito da Biologia; note).
Temos que admitir que, infelizmente, estes termos existem. Se eles existem, chegamos ao ponto que existe uma hierarquia de definições. A organização dos artigos em Categoria:Ecologia deve seguir essa hierarquia e as definições nos artigos devem estar coerentes com esta hierarquia. Acredito que, para descobrir como atacar/melhorar os artigos sobre biociclos/biócoros/etc. temos que definir qual conceito é subordinado a qual, se existem conceitos diferentes para uma mesma questão, e por aí vai, tendo em vista que as referências encontradas não são uniformes no que dizem... Como seria, portanto, essa hierarquia? Qual conceiro está subordinado a qual? Qual sua opinião? Abraços. JSSX uai 15h21min de 15 de outubro de 2009 (UTC)

Bom, cheguei à conclusão que o "talassociclo" não tem biócoros porque um ecossistema litoral de uma zona temperada não se pode comparar com o de uma zona tropical. Estou com vontade de editar o epinociclo e o limnociclo, mas precisava de saber se o "Cesar e Sezar" têm mesmo aquelas divisões de biocoros. É que, para mim, o limnociclo, para além dos lóticos e lênticos, ainda tem os pântanos, tanto os perpétuos, como os temporários, por exemplo. Continuo à espera de feedback... Abraço. --Rui Silva (discussão) 15h59min de 17 de outubro de 2009 (UTC)

Mulungo, me perdoe pela demora na resposta. Vamos lá... Segundo os "Cesares", os biócoros do Talassociclo estariam relacionados à profundidade, ou seja, a zona nerítica seria um biócoro, a zona batial outra e por aí vai, independente de ser uma região tropical ou temperada. Bizarro realmente. Segundo eles, o Limnociclo estaria dividido em dois biócoros:
  • O biócoro das águas lênticas: Águas lênticas são águas paradas como pântanos, brejos, poças d’ água e lagoas de água doce e parada; e
  • O biócoro das águas lóticas: Águas lóticas são águas correntes como riachos, ribeirões, rios e lagos de água doce e corrente.
Para mim está claro que estas divisões de biócoros aquáticos dos "Césares" está mais perdida do que tudo. Fico me perguntando se o erro está na edição ou nos próprios autores. Pensei em entrar em contato com eles, mas demoraria demais.
Eu realmente estou sem saber como agir pois, eliminando essa informação, cedo ou tarde apareceria algum biólogo reclamando. Como é feita a organização dessas informações na Wikipédia em inglês e espanhol? Você sabe? Em termos práticos, o que você propõe que façamos? Que tipo de revisão você pretende fazer? Abraços. JSSX uai 15h23min de 20 de outubro de 2009 (UTC)

Agora, biocoisas, vamos por partes:

  1. Hierarquia: biosfera se divide em biociclos, que se dividem em biócoros (que correpondem a conjuntos de biomas com biótopos semelhantes), que se dividem em biomas, que agrupam vários ecossistemas bem definidos. Por exemplo, um dos biocoros do epinociclo é a floresta, enquanto que a floresta tropical é um bioma, que agrupa ecossistemas como a Floresta Amazônica, a Floresta Tropical Africana, talvez também a Mata Atlântica e por aí fora. Então, esses exemplos de "biocoro da floresta amazônica", "biocoro do cerrado", são errados - mesmo que estejam nos Cezares!
  2. Categorias: Biociclo cabe na categoria:Biosfera e como só existem 3, não vejo necessidade de abrir essa categoria, ficam os 4 verbetes nessa cat; Biocoro, como definição, penso também poder colocar-se na cat:Biosfera, onde penso que deve estar o Bioma e o Ecossistema; Biomas terrestres é o conjunto dos biocoros do epinociclo, que só precisam ser referidos nos respetivos verbetes (exemplo, "Floresta é... É um dos biocoros do Epinociclo) Ou seja, não vejo necessidade de recategorizar!
  3. Como "atacar": eu não tenho problema em descrever os diferentes domínios do Talassociclo e depois dizer que "alguns autores consideram as diferentes zonas de profundidade como biocoros do Tal", coloca-se a ref. (completa!) e fica o caso arrumado. Sobre os "biocoros" do Limnociclo, também não tenho problema, uma vez que conheço os conceitos lêntico e lótico que, embora sejam adjetivos, podem ser títulos de verbetes, ou então, "ecossistema lótico" ou "bioma lótico" - que você acha? Olha, existem en:Lotic ecosystems e en:Lentic ecosystems.
  4. Interwikis: este parece-me ser o problema principal - estive verificando na en e na es e não encontrei nada parecido com BioCycle (o título de uma revista científica), nem biocore... A "coisa" mais parecida foi en:Limnochori, Achaea, uma aldeia da Grécia...:-)) Será que estes conceitos são exclusivos do Brasil?... Acho que temos que envolver o Darwinius nesta discussão - ele é um biólogo jovem português e com muita "garra" para procurar referências! Outra coisa que se pode fazer, para não criar todos esses artigos órfãos é deixar as definições na Biosfera (wikificadas e com refs "decentes"). Lembre-se que a Talassologia ficou aí órfã...

Pense como fazer. Entretanto, eu vou tentar completar o talassociclo. Abraços. --Rui Silva (discussão) 13h26min de 21 de outubro de 2009 (UTC)

Tenho andado a tentar digerir estas bio-coisas e cheguei às seguintes "conclusões": embora eu não goste (acho que são termos horríveis para complicar a vida dos estudantes...), mas estes biociclos e biocoros até têm lógica, uma vez que têm definições simples e são uma boa divisão da biosfera - ou, se quisermos, uma boa classificação dos ecossistemas! Já o bioma é uma "categoria" muito mal definida (Indriunas, A. e Celso Parruco “Como funcionam os biomas” no site Ciencia.HowStuffWorks.uol.com.br acessado a 27 de outubro de 2009) - imagine que na en:WP, depois traduzida para espanhol, colocam o bioma como um sinônimo de ecossistema!!!!! Então, numa ponta do "espetro", biomas se confundem com biocoros; depois, temos a "famosa" definição - onde não encontrei definição nenhuma! - da WWF, que "decide", sem explicar (mesmo num texto "pseudo-científico"... bom, aqui tenho que explicar, eu abomino a WWF, que para mim é o arquétipo da "politização da ciência"!); a seguir, temos a classificação do IBGE dos "biomas brasileiros"...; finalmente (será?) encontro a Savana Africana (com maiúsculas e tudo, sem iw e com uma única fonte sobre os "bichos" africanos...), onde se fala do "bioma do Serengueti"!!!! Conclusão: o verbete bioma tem que ser reformulado, para mostrar esta indefinição toda - e não me importo de deixar como "padrão" a classificação da WWF...:-(( Mas têm que se arranjar termos ou expressões mais adequadas para os vários "biomas" - felizmente que a maior parte ainda não existe!...

Outra conclusão que deriva da anterior é que podemos colocar os biocoros (com E sem acento...) como redirect do bioma e lá referidos. Já o "biociclo" deve ter o seu verbete separado, uma vez que há fontes suficientes, para além dos "Cezares"... Agora, não sei se devemos ter o epinociclo (não tem iw!) para agrupar os biomas ou ecossistemas terrestres, mais os outros - o talassociclo está a estruturar-se... Como já escrevi, o ecossistema aquático é uma "categoria válida"...
Depois, temos as biorregiões, para onde a ecorregião é redirect... Acontece que a WWF "inventou" as tais ecorregiões que "deveriam" ser as unidades de conservação!!! Nas outras WP, as nossas biorregiões, no sentido de grandes "reinos" biogeográficos, englobando um continente ou mais, chamam-se "ecozonas", enquanto que as biorregiões (pelo menos na en:WP) são redirect para ecorregiões - as tais da WWF, que se misturam com "habitats"... Mas as definições também deixam muito a desejar... Bom, neste caso, a questão não é tão complicada, uma vez que as "nossas" biorregiões nao têm muitos problemas - mas temos que criar as "ecorregiões", "sensu WWF", antes que apareça algum "experto" a criar alguma coisa esquisita! Abraços. --Rui Silva (discussão) 13h16min de 28 de outubro de 2009 (UTC)

Abaixo, a nova versão (esboço) do Bioma. Depois um esboço para biociclo (dividido em biócoros...) A única outra referência em português que encontrei e que refere os biociclos e biócoros, da mesma forma que os Cezares é ambienteinteiro.org.br/livros/Floriano,Eduardo_Pagel-Fitossociologia_florestal.pdf Floriano, Eduardo Pagel (2009) "Fitossociologia florestal" UNIPAMPA, Santa Rosa, no site Ambienteinteiro.org.br (este site está bloqueado no filtro de spam... não precisa de www) acessado a 3 de outubro de 2009, isto apenas no glossário e sem aplicação no texto (como a edição é de 2009, pode pensar-se que o autor veio buscar estes conceitos à WP, já que não cita os Cezares na lista de referências...)

No entanto, encontrei finalmente uma referência em inglês com "biocycles" e "biochores"... em Wikibooks: Biosphere Organization acessado a 3 de outubro de 2009. Ou seja, isto resolve o "meu problema" de estarmos a criar páginas sem interwikis - se eles ainda não as criaram, é problema deles...

Um outro problema (que procurei refletir no esboço que escrevi para biociclo) é que aparentemente estes conceitos são mais físicos do que biológicos, ou seja, classificações do habitat, enquanto que - para mim - biosfera é um conceito biológico... Bom, eles apenas colocam referências "físicas", antigas... alguns livros que já desapareceram da minha biblioteca... Please, feedback! --Rui Silva (discussão) 15h10min de 3 de novembro de 2009 (UTC)

Encontrei mais algumas referências para biochores. Listo abaixo algumas:
  1. http://books.google.com/books?id=XWwCHWwgKt0C&pg=PA8&lpg=PA8&dq=biochores&source=bl&ots=TLKqa7xpV7&sig=h7pmtnAKD3sNaGH-k74kv_xnibs&hl=pt-PT&ei=sxf8Sqwbx8P5Bon08Z4C&sa=X&oi=book_result&ct=result&resnum=1&ved=0CAgQ6AEwAA#v=onepage&q=biochores&f=false
  2. «ScienceDirect - Palaeogeography, Palaeoclimatology, Palaeoecology : Towards a guide to palaeobiogeographic classification». www.sciencedirect.com. Consultado em 12 de novembro de 2009  Tenho o artigo em pdf, se alguém não conseguir aceder. Posso mandar por email.
  3. http://www.sciencedirect.com/science?_ob=ArticleURL&_udi=B6V91-3VWNJ2H-F&_user=6447644&_rdoc=1&_fmt=&_orig=search&_sort=d&_docanchor=&view=c&_searchStrId=1089980498&_rerunOrigin=google&_acct=C000034378&_version=1&_urlVersion=0&_userid=6447644&md5=72d7523a4dddb852bcf9b57df084011b Idem.

Infelizmente, ecologia não é a minha área, pelo que não tenho livros recentes sobre o assunto (muito menos em português). Alguma ideia qual a relação com biótopos ou outros termos de conhecimento mais geral? GoEThe (discussão) 14h21min de 12 de novembro de 2009 (UTC)

Obrigado GoEThe! As referências, nestes casos, são preciosas! --Rui Silva (discussão) 13h08min de 18 de novembro de 2009 (UTC)

Bioma[editar código-fonte]

Biomas, segundo a definição mais antiga (Clements, 1943), são grandes áreas geográficas naturais com fisionomia semelhante, ou seja, vegetação do mesmo tipo (predominantemente arbórea ou herbácea, por exemplo) e fauna também semelhante, adaptada a esse tipo de ecossistema. Exemplos de biomas, de acordo com as diferenças de vegetação referidas, são as florestas e a savana, campo ou cerrado.[1]

Mapa dos principais biomas do mundo, pelo Departamento de Agricultura dos EUA

As definições de bioma evoluiram ao longo do tempo, passando a englobar, para além da fisionomia (ou paisagem), o clima e, por vezes, também o tipo de solo. Assim, em 1960, Walter & Lieth dividiram a biosfera em dez faixas climáticas, a que se junta igualmente o clima derivado da altitude (a divisão indicada no mapa ao lado é uma adaptação desta classificação). [2] O Brasil adoptou uma divisão do seu território em seis "biomas", que mais podiam ser consideradas ecorregiões, ou seja, zonas de conservação.

Mais recentemente, o WWF contratou, ao abrigo da sua iniciativa Global 200, uma equipa de cientistas que traçaram um "novo mapa da vida na Terra". Este trabalho considera as biorregiões clássicas, mas adopta uma nova classificação dos biomas terrestres, que se encontra representada na caixa de informações vertical desta página.[3]

Definições de biomas[editar código-fonte]

A classificação mais simples dos biomas da Terra corresponde aos biocoros do epinociclo (os biomas terrestres) mais os biomas marinho e de água doce, correspondentes, respetivamente ao talassociclo e ao limnociclo (esta classificação não considera os tipos climáticos) [4]:

Outras classificações mais clássicas consideram as florestas e savanas ou pradarias divididas em temperadas e tropicais, por vezes considerando "biomas regionais", como o chaparral e a floresta mediterrânicos, assim como a caatinga, além de considerarem a taiga, uma região de transição entre a tundra e a estepe. [1]

Fatores abióticos[editar código-fonte]

Biomas terrestres[editar código-fonte]

Biomas marinhos[editar código-fonte]

Biomas de água doce[editar código-fonte]

Referências

Biociclo[editar código-fonte]

Os biociclos são as grandes divisões da biosfera. Normalmente, consideram-se três biociclos, agrupando os ecossistemas que se desenvolvem num ambiente semelhante[1]:

Os biociclos, por sua vez, subdividem-se em biócoros, que são conjuntos de ecossistemas do mesmo biociclo que se encontram em regiões com características físicas semelhantes; alguns autores consideram que o biócoro se define pelo conjunto de condições físicas, principalmente climáticas, em que se pode dividir cada biociclo, ou seja, um agrupamento de habitats que se podem encontrar na mesma zona climática[2].

Discussão (Biociclo)[editar código-fonte]

Bom, na literatura alemã um biociclo (Biozyklus, ingl.: biocycle) é principalmente relacionado com um ciclo de funções biológicas ocorrendo repetidamente num organismo ou sistema biológico, por exemplo o ciclo menstrual, ciclo celular, ciclo circadiano, Ciclo de Krebs ou ainda ciclo do carbono.[3]. Ver também busca Ciclo biológico. Esta seria (+/-) uma definição básica do termo (para qual também não encontrei interwiki) e pode ser ampliado com o contexto "divisões da biosfera". --Gunnex msg contrib 11h13min de 18 de novembro de 2009 (UTC)

Acrescento: Uma busca em dominiopublico.gov.br (teses e diss.) às vezes ajuda na definição de um termo. Mas não no caso do termo "Biociclo" (0 hit)...--Gunnex msg contrib 11h16min de 18 de novembro de 2009 (UTC)

Obrigadíssimo, Gunnex! O problema é que eu não tinha incluído em cima a discussão preliminar que tive com o FX - vou incluí-la agora; se puder continuar a colaborar, leia primeiro essa discussão. O "ciclo biológico" que se encontra em todos esses verbetes sobre animais é sinônimo de ciclo de vida (não sei se é melhor criar um redirect...). Também é capaz de valer a pena colocar uma minidesambig para ciclo biogeoquímico. O problema é que os conceitos ecológicos existem, como pode ver nas referências abaixo, embora aparentemente não sejam muito usados. Vou tentar aumentar um pouco o esboço do biociclo com exemplos. Abraço. --Rui Silva (discussão) 13h08min de 18 de novembro de 2009 (UTC)

Referências[editar código-fonte]

  1. "Biociclo" no Moderno Dicionário Michaelis da Língua Portuguesa acessado a 3 de outubro de 2009
  2. "Biogeografia" no site GrupoEscolar.com acessado a 3 de outubro de 2009
  3. Roche Lexikon Medizin: Bio|zy|klus

Predação[editar código-fonte]

Limitei- a traduzir segmento (Functional classification) do verbete Predation. Também estranhei classificar herbívoros como predadores de planta distinguindo os que arrancam as plantas impossibilitando sua regeneração ou não. Intrigou-me também a equivalência predação = parasitismo

Fui verificar algumas fontes

Apesar de considerar Odum - ODUM, EUGENE P. Fundamentos de ecologia. Lisboa, PT. Calouste Gulbenkian, 1988 referencia suficiente, (embora ele coloque parasitismo e predação como equivalentes) para afirmação reforçada ainda institucionalmente por um professor - Vieira, Marcus Vinícius. O que é predação. Aula – Instituto de Biologia UFRJ Novembro de 2010 Disponível em pdf

Mas vamos esperar parecer de especialistas com mais experiência- está na discussão do verbete Predação

Por favor escreva lá, são interessantes suas colocações.

--Costa P.P.P.R. 16h56min de 11 de novembro de 2010 (UTC)

Caçadores e coletores[editar código-fonte]

Olá

Imagino que retirou o link Caçador-coletor da página Predação por não não considerar a abordagem da ecologia aplicável ao homem?

O padrão onívoro do homem impede que se considere a sua atividade de caça como predação?

Ou dado aos desvios dessa atividade como esporte etc. (uso de troféus etc.) não pode ser considerada como predação?

Qual o motivo? Pode explicar?

Meu interesse de pesquisa nessa característica da natureza é entender certos padrões (genéticos) implícitos nessa ação. Observe-se a ocorrência e sistemas nervosos simples e complexos.

Entender também as diferenças entre a agressividade humana e animal, o referido (no verbete) conceito de canibalismo situa-se entre ambos e nos remete a discussão sobre identidade no comportamento animal. Mas essa é uma discussão posterior?

Algum problema em comparar o Homo sapiens aos demais animais?

Devo colocar o link para caçadores apesar de ser de qualidade inferior ao Caçador-coletor

ou certamente o Sr. excluiria?

--Costa P.P.P.R. 15h16min de 13 de novembro de 2010 (UTC)

Arquivo[editar código-fonte]

Re:Bio-coisas[editar código-fonte]

De fato "encheram linguiça" no artigo Bioma. Ciclo solar é para "quebrar as pernas". Vou ver o que posso fazer sobre as informações sobre os ciclos solares (fazer uma distribuição destas informações em Ciclo solar, ciclo solar 24 e variação solar). Além disso, a maior parte das informações sobre clima no artigo não mantém relação com o próprio artigo, e estas informações já existem nos artigos nos quais essas informações deveriam constar. A tabela não tem como encaixar em lugar a nenhum, pelo menos a princípio. Infelizmente ainda continuo sem muito tempo, mas estou wiki-bem e posso ajudar no que eu puder. -Ramissés DC 15h27min de 28 de outubro de 2009 (UTC)

Bem, acho que a tabela poderia se encaixar num possível artigo sobre o clima da América do Sul ou sobre a costa/litoral da América do Sul, porque realmente é demasiadamente específica. -Ramissés DC 23h13min de 28 de outubro de 2009 (UTC)

Biologia marinha[editar código-fonte]

Sobre as cianobactérias, eu só coloquei que era controverso porque eu mesma tinha escrito (editado) que esse grupo fazia parte do bacterioplâncton, e depois consultando um livro de biomar de 2008 li que apesar de serem bactérias elas são consideradas dentro ou junto com o fitoplâncton; visto que essa classificação (fitoplâncton, bacterioplâncton e zooplâncton) leva em conta mais o papel ecológico que a taxonomia dos organismos e as cianobactérias são organismos autotróficos fotossintetizantes. A palavra que escolhi para justificar a edição é que foi o problema. Sim, eu concordo, não houve controvérsia, foi erro mesmo.

Sobre os protistas e algas e protozoários, isso sim tem um pouco de polêmica porque (de acordo com a minha experiência obviamente) a Protozoologia geralmente inclui como protozoários os mesmos microorganismos que são considerados como algas ou microalgas pela Botânica, p. ex., euglena. Não sei ainda qual é o posicionamento mais atual da comunidade científica sobre isso. Seria um ponto de interseção, talvez. Essa seção de micro-organismos de Biologia marinha precisa sim, ser revista, acho que poderia ser fundida com as seções que tratam do plâncton. Mas nessa parte do artigo eu só quis fazer uma melhoria estética e esse título protistas marinhos eu não criei, eu só coloquei-o como subseção de micro-organismos e coloquei protozoários planctônicos dentro dessa nova subseção (vide histórico de edições).

Finalmente as maiúsculas: eu li o livro de estilo, mas lá (Wikipedia:Convenção de nomenclatura; Uso de maiúsculas e artigo Caixa alta) diz que maiúsculas são usadas para "Nomes de ramos científicos, artes e cursos, desde que sirvam de título a disciplinas escolares e universitárias". Entendi com isso que as minhas edições estão de acordo. Lua (discussão) 20h22min de 15 de novembro de 2009 (UTC)

Redundância funcional[editar código-fonte]

Oi Mulungo! Tudo bem? Vi essa edição e acho que o IP (que já se registrou) está correto. A "redundância funcional" é um conceito utilizado quando duas espécies desempenham um papel similar dentro de um mesmo ecossistema. Talvez, não esteja muito didático da forma que ele escreveu. Vou dar uma olhada. Particularmente, considero um termo muito "vago", mas parece que vem sendo utilizado. Abraços e boas contribuições! JSSX uai 20h52min de 3 de fevereiro de 2010 (UTC)

Vi também que ele apagou uma referência. Talvez, possamos fundir as informações. Vou ver. JSSX uai 20h54min de 3 de fevereiro de 2010 (UTC)
Incluí uma referência bibliográfica para a edição dele. Alegre Abraço! JSSX uai 21h08min de 3 de fevereiro de 2010 (UTC)

Meio ambiente[editar código-fonte]

Os links em vermelho fazem parte da wiki, não tem problema nisso. Tem um ou outro artigo que tem aqui que ainda vou procurar qual o nome correto.

O texto em inglês está principalmente na seção "Wilderness", q como não sei qual a tradução para esse termo empaquei nessa seção. Se quiser só ocultar o texto. Tem alguns termos em inglês espalhados pelo artigo que falta traduzir (todos marcados com <!--traduzir-->, só q não ocultei o trecho em inglês.

Eu pediria uma ajuda para traduzir os termos espalhados pelo artigo, já q são coisas mt técnicas para mim. Se estiver disposto, será bem-vindo. Se não quiser, me fala q eu faço uma limpeza no texto ocultando os trechos a traduzir.

Depois ainda tenho q traduzir o conteúdo da wiki.fr (q é destacado), aí sim nessa hora vou precisar de ainda mais ajuda pra traduzir os termos técnicos (termo técnico em ingles ainda vai, mas em frances ...)

Rjclaudio msg 17h43min de 25 de março de 2010 (UTC)

  • Rui, fui olhar o artigo da wiki.fr e é bem diferente desse que peguei da wiki.en. Aí percebi que na wiki.en o meio ambiente e natureza são praticamente cópias um do outro, e o nosso artigo Natureza não está lá mt coisa.
  • Pela mistura, imagino que aqui pode acontecer o mesmo, então seria bom definirmos o limite de cada assunto.
  • Pensei então em passar o atual meio ambiente para natureza, e usar a wiki.fr (destacado) como base para o novo meio ambiente.
  • O que acha? Rjclaudio msg 17h04min de 27 de março de 2010 (UTC)
    • Eu ainda tenho q olhar melhor o frances (do meio ambiente, não da natureza) pra ver o que dá pra aproveitar. Mas ainda não entendi direito o que ficaria em Natureza e o que ficaria em Meio ambiente. Seria bom definirmos isso tb para outros artigos, para na hora da tradução já termos uma base do que vai para qual artigo. Já estou vendo q tem alguma coisa de Meio ambientee Natureza vão se misturar com Terra, e deve ter outros artigos pra entrar no grupo.
    • Que tal levar a discussão pro projeto? Assim conseguimos mais interessados. Acho esses artigos mt importantes para a wiki para ainda não serem nem mesmo artigos bons (tenho uma lista para destacar de outros artigos tb importantes).
    • Rjclaudio msg 17h51min de 27 de março de 2010 (UTC)
    • O artigo da wiki.en é "natural enviroment" então tem um foco quase exclusivo para os aspectos naturais do meio ambiente. Vai faltar os aspectos humanos.
    • Alguma ideia de conteúdo que falta para destacar? Qnd definirmos qual assunto vai para qual artigos, podemos pensar em todo o conteúdo que os artigos devem ter para virar destaque, aí já temos uma base para quando formos desenvolvê-los. Rjclaudio msg 17h53min de 27 de março de 2010 (UTC)

Re: Terópodes[editar código-fonte]

Olá, Rui. Vou lá deixar uma nota na discussão. Estou a ler aquele artigo que citei por completo, e talvez escreva um artigo sobre a Evolução das aves. Depois passo nos répteis e terápodes para adicionar alguma informação também e rever os répteis. A minha rapidez explica-se por ter visto a mensagem do IP ontem e ter andado a pesquisar um bocado antes de inserir a fonte, por isso até foi um bocado lento. Em relação à homeotermia, vou ter de investigar mais um pouco, depois digo alguma coisa, mas parece ser uma evolução independente da homeotermia nos mamíferos. O História evolutiva dos mamíferos cita um artigo que pode ser interessante em relação a isso (História evolutiva dos mamíferos#cite note-72). GoEThe (discussão) 12h23min de 23 de setembro de 2010 (UTC)

Realmente está muito bom. Até vou lê-lo com mais atenção e candidatá-lo a destaque. GoEThe (discussão) 13h32min de 23 de setembro de 2010 (UTC)
Já coloquei alguma coisa em Evolução das aves#Sangue quente. Abraço, GoEThe (discussão) 19h35min de 25 de setembro de 2010 (UTC)

Tatuzinhos[editar código-fonte]

Eu não copiei frases das referências, mas de fato algumas estão muito parecidas, posteriormente alterarei. Removi as demais informações porquê carecem de fontes. Não são coisas evidentes, que não necessitariam. O "bicho-de-conta" não consta em meus dicionários, se na pesquisa eu encontrar uma referência para esta informação, recolocarei. As citações não são contrárias ao estilo de uma enciclopédia, servem justamente para facilitar a verificação por algum leitor. Porém, não são obrigatórias mesmo; se o artigo exceder o tamanho recomendado removerei. --Mister Sanderson 20h09min de 29 de setembro de 2011 (UTC)

Estou revisando o texto para acabar com frases muito parecidas com as dos trabalhos utilizados como referência. Neste processo, estou também eliminando citações que correspondem à quase totalidade do texto abrangido pelo campo "páginas", pois concordo que neste caso citar não traz nenhum benefício, pesando a página sem necessidade. --Mister Sanderson 21h45min de 1 de outubro de 2011 (UTC)