Vítor de Hohenlohe-Langemburgo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Vítor de Hohenlohe-Langemburgo
Nascimento 11 de dezembro de 1833
  Langemburgo, Vurtemberga, Confederação Germânica
Morte 31 de dezembro de 1891 (58 anos)
  Londres, Inglaterra, Reino Unido
Nome completo  
Vítor Fernando Francisco Eugénio Gustavo Adolfo Constantino Frederico
Esposa Laura Williamina Seymour
Descendência Teodora Gleichen
Eduardo Gleichen
Vitória Gleichen
Helena Gleichen
Casa Hohenlohe-Langemburgo
Pai Ernesto I, Príncipe de Hohenlohe-Langemburgo
Mãe Teodora de Leiningen

Vítor Fernando Francisco Eugénio Gustavo Adolfo Constantino Frederico GCB (11 de dezembro de 183331 de dezembro de 1891), também conhecido como Conde Gleichen, era um oficial da Marinha Real Britânica e um escultor.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Vítor com seu primo Ernesto em 1857, por Frederick Richard Say

Nascido em Langemburgo, Vurtemberga, era o quarto filho, terceiro menino, de Ernesto I, Príncipe de Hohenlohe-Langemburgo com sua esposa a princesa Teodora de Leiningen, meia-irmã da rainha Vitória do Reino Unido. Isto fazia com que Vítor fosse aparentado com a família real britânica.

Entrou para a Marinha Real Britânica, chegando até a patente de oficial. Ele recebeu as condecorações da Cruz Vitória e da Ordem do Banho.

Tornou-se escultor após se retirar da Marinha Real, tendo feito inúmeras peças.

Casou-se morganaticamente com Laura Williamina Seymour, filha mais nova do almirante Sir George Francis Seymour, em 24 de janeiro de 1861 em Londres.[1] Após o casamento a esposa de Vítor recebeu o título de "Condessa Gleichen". Tiveram quatro filhos; Lady Teodora (nascida em 1861), Lorde Eduardo (nascido em 1863), Lady Vitória (nascida em 1868) e Lady Helena (nascida em 1873).

Vítor de Hohenlohe-Langemburgo em uma caricatura de 1894

Referências

  1. «Index entry». FreeBMD. ONS. Consultado em 20 de junho de 2012 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Vítor de Hohenlohe-Langemburgo