Võros

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Võros
võrokõsõq
Võru-dancing group.JPG
Dança tradicional võra
População total

70 000

Regiões com população significativa
 Estónia 70 000 [1]
Línguas
Võro e estoniano
Religiões

OrthodoxCross(black,contoured).svg Igreja Ortodoxa

Estonian Evangelical Lutheran Church arms.gif Igreja Evangélica Luterana Estoniana
Grupos étnicos relacionados
Finlandeses, Estonianos, Carélios, Vepsianos, Setos

Os Võros (võrokõsõq) são uma minoria línguística do sudeste da Estônia. Eles são o maior povo que fala a língua võro com nacionalidade estoniana. A língua Võro(parecida com o finlandês e o estoniano) pertence ao ramo Balto-fínico das línguas fino-úgricas. O Võro é uma língua regional da Estônia, sendo considerada oficial nas regiões do sul.

Língua võro[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Língua võro

A Língua võro (võro kiil) é uma língua pertencente ao ramo Fino-Bálticas das Línguas Fino-Ugrianas. Tradicionalmente ela é considerada um dialeto do estoniano meridional ou do estoniano, porém ela tem sua própria língua literária e está à procura de reconhecimento oficial como uma língua regional autóctone da Estônia.

A Língua võro tem aproximadamente 70.000 falantes no mundo,[1] mas a grande parte esta na minoria Võros que se encontra nas regiões históricas de Võrumaa, no sudeste da Estônia.

A língua Võro é falada oito paróquias do histórico condado de Võru (Võromaa): Karula, Harglõ, Urvastõ, Rõugõ, Kanepi, Põlva, Räpinä, e Vahtsõliina.[2]

Atualmente, essas paróquias estão atualmente centralizadas (devido a restrições) nas regiões de Võro e Põlva, com extensões nas regiões de Tartu e Valga. Alguns Võros podem ser encontrados na fronteira com a Letônia e a Rússia, mas a maioria das pessoas que falam o Võro, fora de Võrumaa, é em Tallinn e em Tartu e no restante da Estônia.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Eichenbaum, K.; Pajusalu, K. (2001): Setode ja võrokeste keelehoiakutest ja identiteedist. - Keel ja Kirjandus nr 7, lk. 483-489.
  • Eller, Kalle (1999): Võro-Seto language. Võro Instituut'. Võro.
  • Jüvä, Sullõv (2002): Võro-eesti synaraamat (Võro-Estonian dictionary). Publicações do Instituto Võro 12. Tarto-Võro.
  • Keem, Hella (1997): Võru keel. Võro Instituut ja Eesti teaduste akadeemia Emakeele selts. Tallinn.
  • Valk, A. (2000). Võrokeste identiteedist. K. Koreinik, J. Rahman (toim.) A kiilt rahvas kynõlõs.. Võrokeste keelest, kommetest, identiteedist (lk. 39-56). Võro Instituut, Võro.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  1. a b [1]
  2. [2]