V (álbum de Vanessa Hudgens)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde novembro de 2011). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
V
Álbum de estúdio de Vanessa Hudgens
Lançamento Estados Unidos 26 de Setembro de 2006
Brasil 30 de Outubro de 2006
(ver outras datas)
Gravação 1 de Junho de 2006 – 31 de Agosto de 2006
Gênero(s) Pop, dance-pop, R&B[1]
Duração 38:28
Formato(s) CD, download digital, DVD
Gravadora(s) Hollywood Records
Produção Matthew Gerrard, Brian Reeves, Antonina Armato, Kent Larsson, David Norland, Leah Haywood, Tim James, Daniel James, Jay Jay, Wizard of Oz, Arnthor Birgisson, AJ Junior, Johnny Vieira
Cronologia de Vanessa Hudgens
Identified
(2008)
Capa da edição Deluxe
Singles de V
  1. "Come Back to Me"
    Lançamento: 12 de Setembro de 2006
  2. "Say OK"
    Lançamento: 12 de Janeiro de 2007

V é o primeiro álbum de estúdio solo da cantora e atriz norte-americana Vanessa Hudgens. Foi lançado no dia 26 de Setembro de 2006 nos Estados Unidos. O álbum segue a linha do gênero teen pop presente na trilha sonora do filme High School Musical, porém tem mais influência do dance-pop e R&B contemporâneo, além de notáveis guitarras ao fundo de algumas canções. Vanessa afirmou que o título vem tanto da inicial do seu nome, como para "variedade", porque o álbum é uma mistura de diferentes estilos e gêneros musicais.[2] O CD foi eleito o 4º melhor álbum pop e o 7º melhor do ano de 2007 pela escolha dos leitores da revista musical Billboard.[3]

Informações[editar | editar código-fonte]

"Fiz tudo do meu jeito. Meu single ("Come Back to Me") é meio pop e R&B, mas o resto do CD traz também um pouco de pop rock, música eletrônica e algumas baladas. É uma mistura de tudo".

— disse Vanessa, que a princípio pensou em fazer um álbum apenas dançante.[4]

Após ter participado de High School Musical, a gravadora Hollywood Records fez uma proposta a Vanessa: começar uma carreira solo. O álbum foi produzido de 1 de junho a 31 de agosto de 2006, já que a gravadora fez questão de que o álbum fosse produzido rapidamente.[5]

O presidente da Buena Vista Music Group, Bob Cavallo, disse: "Estamos encantados de ter Vanessa na (gravadora) Hollywood Records. Ela não só é talentosa, ela é incansável na sua ética de trabalho e tem uma visão para sua carreira. As pessoas ficarão muito impressionadas quando ouvirem sua voz e o seu desempenho".

Vanessa usou as turnês The Party's Just Begun Tour, da banda The Cheetah Girls, e mais tarde a High School Musical: The Concert para divulgar o álbum, cantando as faixas "Come Back to Me", "Say OK" e "Let's Dance",[6] que viriam a ser as três músicas de trabalho do álbum (esta última lançada apenas de forma promocional).

O álbum foi relançado em edição limitada (Deluxe edition) somente em alguns países asiáticos,[7] contendo CD com todas as faixas (incluindo as faixas bônus) e DVD com os videoclipes e performances ao vivo dos singles oficiais, além de uma entrevista com Vanessa. A faixa "Whatever Will Be", presente no álbum, é um cover da atriz e cantora Tammin Sursok.

Recepção[editar | editar código-fonte]

Performance comercial[editar | editar código-fonte]

Na primeira semana, o álbum vendeu 34 mil cópias nos Estados Unidos, estreando na 24ª posição na Billboard 200. O álbum permaneceu 32 semanas na tabela norte-americana. Em 27 de Fevereiro de 2007, o álbum foi certificado ouro nos Estados Unidos pelas vendas de 500 mil cópias no país. No final de 2007, ficou em 153º lugar na lista dos 200 álbuns com o melhor desempenho do ano no país. Até abril de 2008, o álbum vendeu mais de 570 mil cópias nos Estados Unidos.[8]

Na Argentina, o álbum foi certificado platina por vendas de 8 mil cópias no país (o álbum foi enquadrado como DVD pela CAPIF). No Brasil, o álbum não recebeu certificação, mas vendeu mais de 20 mil cópias.[9] Mundialmente, o álbum vendeu mais de 1 milhão de cópias.

Crítica[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 3 de 5 estrelas. (link)
Common Sense Media 3 de 5 estrelas. (link)
Digital Spy 3.5 de 5 estrelas.
G1 Mixada (link)
MSN 2.5 de 5 estrelas. (link)
Rhapsody Positiva (link)
Rolling Stone 2.5 de 5 estrelas.

O álbum recebeu críticas positivas. Tony Whittum do Common Sense Media disse: "O primeiro álbum de Hudgens está bem posicionado para ganhar a aprovação do mercado adolescente. Suas 12 relativamente simples, românticas e doces canções pop sobre garotos, sair com amigos, dançar, poder feminino e as atribulações de uma vida muito jovem são entregues com o mais recente liso, reciclado, programado em computador e com batidas de hip-hop". Ele ainda completou: "Hudgens é forte, estável e confortável no médio porte, como quando ela está cantando a música dance "Let's Dance" e do pop rock "Never Underestimate a Girl". Caso contrário, sua voz pode variar do diminutivo e tímido ao estridente extremo. Com sua voz e seu talento musical maduros, seria bom ver Hudgens assumir mais riscos e produzir algo mais original. Então, como seu público amadurece, eles não vão deixá-la para trás".[10]

Nate Cavalieri do Rhapsody disse: "Esta coleção de pop açucarado e R&B mantém as mensagens absolutamente limpas, mesmo com dicas de que ela está disposta a quebrar sua timidez. Os singles são bem construídos e as melhores são "Come Back to Me", a dançante "Let's Dance" e uma dedicatória surpreendentemente emotiva de longa distância, "Afraid".".[11] Mencionado na crítica de Identified, Heather Phares do Allmusic elogiou o álbum: "Lançada pela gravadora Hollywood Records, usou o pop soul de Christina Aguilera como modelo, mesmo se suas músicas eram um pouco 'sem rosto', tiveram produção surpreendentemente sofisticada." Ela observou que Hudgens canta sobre o amor, dança e sair com amigas e repetiu novamente em Identified, "a produção excede as músicas e o canto".[12]

Singles[editar | editar código-fonte]

  • "Come Back to Me" foi lançado como primeiro single do álbum em 12 de Setembro de 2006 nos Estados Unidos e em 27 de Novembro de 2006 na Europa. Foi composta e produzida por Antonina Armato e Tim James (são atribuídos também a Peter Beckett e J.C. Crowley os créditos de composição pelo sample da música "Baby Come Back" da banda Player). É o single de maior sucesso da carreira solo de Hudgens até a data, atingindo as posições 55 na EUA Billboard Hot 100, 8 na Itália, 12 na França, 17 na Espanha, 58 na Alemanha, 36 na Austrália, 6 na Nova Zelândia, entre outras. O videoclipe foi dirigido por Chris Applebaum e estreou no dia 25 de Agosto de 2006.
  • "Say OK" foi lançado como segundo e último single oficial no dia 12 de Janeiro de 2007 nos Estados Unidos e em 28 de Maio de 2007 na Europa. Foi composta por Arnthor Birgisson e Savan Kotecha e produzida por Birgisson. Atingiu a posição 61 na EUA Billboard Hot 100, obtendo mais sucesso na América Latina e Portugal. Dois videoclipes foram lançados; o primeiro dirigido por Chris Applebaum que estreou em 12 de Janeiro de 2007 e o segundo (oficial), dirigido por Darren Grant, que estreou em 16 de Março de 2007.

Outras músicas[editar | editar código-fonte]

  • "Let's Dance" foi lançado como single promocional do álbum nos Estados Unidos e Canadá, tendo lançamento somente digital em 25 de Setembro de 2007.[13] A música foi composta por Matthew Gerrard, Jonas Jeberg e Bridget Benenate, com produção de Gerrard e Jay Jay. Foi usada no lançamento digital a versão ao vivo da música, gravada durante a turnê High School Musical: The Concert. A canção foi usada no programa Dancing with the Stars da emissora americana ABC e no jogo de videogame Wii "We Cheer 2".[14] Não foi produzido um videoclipe para a música, embora haja vídeos de Vanessa cantando a música durante a turnê High School Musical: The Concert. A música falhou a entrar nas tabelas musicais.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Edição padrão
N.º Título Compositor(es) Duração
1. "Come Back to Me"   A. Armato, T. James, Beckett, Crowley 2:47
2. "Let Go"   Bojanic, Hooper, Levan 2:48
3. "Say OK"   Birgisson, Kotecha 3:41
4. "Never Underestimate a Girl"   M. Gerrard, Nevil 3:01
5. "Let's Dance"   M. Gerrard, Jeberg, Benenate 2:52
6. "Drive"   Haywood, Norland 3:25
7. "Afraid"   James, Haywood, Spalter 3:17
8. "Promise"   James, Haywood, Peiken 3:16
9. "Whatever Will Be"   Kotecha, Falk, Shultze 3:47
10. "Rather Be with You"   Bojanic, Hooper 3:33
11. "Psychic"   Johnny Vieira 3:01
12. "Lose Your Love"   Johnny Vieira 3:01
Créditos de sample

Tabelas e certificações[editar | editar código-fonte]

Tabelas semanais[editar | editar código-fonte]

Histórico de lançamento[editar | editar código-fonte]

Edição padrão[editar | editar código-fonte]

Edição Deluxe[editar | editar código-fonte]

País Data Gravadora
Japão 28 de Agosto de 2007 Avex Trax
Taiwan 6 de Novembro de 2007 Universal Music

Créditos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. http://www.allmusic.com/album/v-mw0000571608
  2. http://www.jbhifionline.com.au/music/pop-rock/v/269722
  3. http://www.billboard.com/bbcom/yearend/2007/readers/index.html
  4. http://jovempanfm.virgula.uol.com.br/musica/especial/index.php?especial=1661
  5. http://www.imdb.com/name/nm1227814/bio
  6. http://highschoolmusical.aeglive.com/tour.php
  7. http://mora.jp/package/80307944/AVCW-13089/
  8. Vendas nos Estados Unidos
  9. http://www.submarino.com.br/produto/6719308/cd-vanessa-hudgens-identified
  10. http://www.commonsensemedia.org/music-reviews/V.html/details
  11. http://www.rhapsody.com/vanessa-hudgens/v#albumreview
  12. http://www.allmusic.com/album/identified-r1385022
  13. http://itunes.apple.com/us/album/lets-dance-live-single/id264313077
  14. http://wii.ign.com/articles/997/997016p1.html
  15. «Argentina Albums - February 25 - March 03, 2007». Consultado em 7 de julho de 2008. Cópia arquivada em 29 de dezembro de 2014 
  16. «Albums: Top 100 (For The Week Ending 19 October, 2006)». Jam!. Sun Media. 15 de outubro de 2006. Consultado em 4 de dezembro de 2013. Cópia arquivada em 1 de dezembro de 2006 
  17. «Official Scottish Albums Chart Top 100» (em inglês). officialcharts.com 
  18. http://www.billboard.com/artist/277723/vanessa-hudgens/chart?f=305
  19. a b c d «"V" em charts». acharts.us. Consultado em 29 de novembro de 2009 
  20. http://contents.oricon.co.jp/prof/artist/411545/ranking/cd_album/
  21. http://www.zobbel.de/cluk/CLUK2007.HTM
  22. http://www.billboard.com/charts/year-end/2007/top-billboard-200-albums
  23. «Certificação platina na Argentina». CAPIF. Consultado em 16 de outubro de 2008. Cópia arquivada em 31 de maio de 2011 
  24. «Certificação ouro nos Estados Unidos». RIAA. Consultado em 29 de novembro de 2009 
  25. http://music.msn.com/music/album-credits/vanessa-hudgens/v.1/?silentchk=1&