V Centauri

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Para v Centauri, ver HD 125288.
V Centauri
Dados observacionais (J2000)
Constelação Centaurus
Asc. reta 14h 32m 33,1s[1]
Declinação -56° 53′ 15,8″[1]
Magnitude aparente 6,93[1] (6,43 a 7,21)[2]
Características
Tipo espectral F5Ib/II[1]
F5Ib/II-G0[2]
Cor (U-B) 0,60[1]
Cor (B-V) 0,91[1]
Variabilidade Cefeida clássica[2]
Astrometria
Velocidade radial -18,9 km/s[1]
Mov. próprio (AR) -6,40 mas/a[3]
Mov. próprio (DEC) -7,03 mas/a[3]
Paralaxe 1,3397 ± 0,0447 mas[3]
Distância 2430 ± 80 anos-luz
746 ± 25 pc
Magnitude absoluta -3,31 ± 0,07 (visual)[4]
Detalhes
Massa 5,0[5] M
Raio 41,8 ± 1,1[4]
45,3[5] R
Gravidade superficial log g = 1,8 / 2,3 cgs[6]
Temperatura 5616 ± 89 / 6427 ± 90[6] K
Metalicidade [Fe/H] = -0,01[6][7]
Idade 104 milhões[7] de anos
Outras denominações
V Centauri, CD-56 5475, HR 5421, HD 127297, HIP 71116, SAO 241777.[1]
V Centauri
Centaurus constellation map.png

V Centauri é uma estrela variável na constelação de Centaurus. Uma variável Cefeida, sua magnitude aparente visual varia entre 6,43 e 7,21 ao longo de um período de 5,493839 dias.[2] De acordo com as medições de paralaxe pela sonda Gaia, está a uma distância de 746 ± 25 parsecs (2430 ± 80 anos-luz) da Terra,[4] enquanto estimativas indiretas dão uma distância próxima de 700 parsecs.[4][8] Esta estrela é muito provavelmente um membro do aglomerado estelar NGC 5662, uma vez que ambos estão à mesma distância da Terra e possuem movimento pelo espaço, metalicidade e idade semelhantes.[9]

V Centauri é classificada com um tipo espectral de F5Ib/II-G0,[2] indicando que é uma supergigante ou gigante luminosa que varia entre as classes espectrais F5 e G0 ao longo de um ciclo de pulsação. Da mesma forma, seu raio de aproximadamente 45 raios solares varia em 12%,[5] e sua temperatura efetiva já foi medida em 5616 e 6427 K em duas fases distintas.[6] Tem uma massa de 5 vezes a massa solar[5] e uma idade de aproximadamente 100 milhões de anos.[7]

Observações com o Telescópio Espacial Hubble detectaram uma possível estrela companheira de V Centauri com uma uma magnitude aparente de 15,59, a uma separação de 13,4 segundos de arco, o equivalente a 9 500 UA à distância do sistema.[8]

Referências

  1. a b c d e f g h «V* V Cen -- Classical Cepheid (delta Cep type)». SIMBAD. Centre de Données astronomiques de Strasbourg. Consultado em 9 de julho de 2017. 
  2. a b c d e Samus, N. N.; Durlevich, O. V.; et al. (janeiro de 2009). «VizieR Online Data Catalog: General Catalogue of Variable Stars (Samus+ 2007-2013)». VizieR On-line Data Catalog: B/gcvs. Bibcode:2009yCat....102025S 
  3. a b c Gaia Collaboration: Brown, A. G. A.; Vallenari, A.; Prusti, T.; de Bruijne, J. H. J.; et al. (2018). «Gaia Data Release 2. Summary of the contents and survey properties». Astronomy & Astrophysics. 616: A1, 22 pp. Bibcode:2018A&A...616A...1G. arXiv:1804.09365Acessível livremente. doi:10.1051/0004-6361/201833051.  Catálogo Vizier
  4. a b c d Groenewegen, M. A. T. (fevereiro de 2013). «Baade-Wesselink distances to Galactic and Magellanic Cloud Cepheids and the effect of metallicity». Astronomy & Astrophysics. 550: A70, 25 pp. Bibcode:2013A&A...550A..70G. doi:10.1051/0004-6361/201220446 
  5. a b c d Neilson, Hilding R.; Lester, John B. (setembro de 2008). «On the Enhancement of Mass Loss in Cepheids Due to Radial Pulsation». The Astrophysical Journal. 684 (1): pp. 569-587. Bibcode:2008ApJ...684..569N. doi:10.1086/588650 
  6. a b c d Luck, R. E.; Andrievsky, S. M.; Kovtyukh, V. V.; Gieren, W.; Graczyk, D. (agosto de 2011). «The Distribution of the Elements in the Galactic Disk. II. Azimuthal and Radial Variation in Abundances from Cepheids». The Astronomical Journal. 142 (2): artigo 51, 12 pp. Bibcode:2011AJ....142...51L. doi:10.1088/0004-6256/142/2/51 
  7. a b c Marsakov, V. A.; Koval', V. V.; Kovtyukh, V. V.; Mishenina, T. V. (dezembro de 2013). «Properties of the population of classical Cepheids in the Galaxy». Astronomy Letters. 39 (12): pp.851-865. Bibcode:2013AstL...39..851M. doi:10.1134/S1063773713120050 
  8. a b Evans, Nancy Remage (maio de 2016). «Hubble Space Telescope Snapshot Survey for Resolved Companions of Galactic Cepheids». The Astronomical Journal. 151 (5): artigo 129, 14 pp. Bibcode:2016AJ....151..129E. doi:10.3847/0004-6256/151/5/129 
  9. Anderson, Richard I.; Eyer, Laurent; Mowlavi, Nami (setembro de 2013). «Cepheids in open clusters: an 8D all-sky census». Monthly Notices of the Royal Astronomical Society. 434 (3): p.2238-2261. Bibcode:2013MNRAS.434.2238A. doi:10.1093/mnras/stt1160