Vagharshapat

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vagharshapat

Վաղարշապատ

—  Cidade  —
Imagens de Vagharshapat
Imagens de Vagharshapat
Bandeira de Vagharshapat
Bandeira
Selo de Vagharshapat
Selo
Vagharshapat está localizado em: Armênia
Vagharshapat
Localização de Vagharshapat na Armênia
Coordenadas 40° 10' 22" N 44° 17' 33" E
País  Armênia
Fundação 685 a.C.
Administração
 - Prefeito Karen Manvel Grigoryan
Área
 - Total 40 km²
Altitude 853 m
População (2011) [1]
 - Total 46 540
    • Densidade 1 163,5 hab./km²
Sítio www.ejmiatsin.am

Vagharshapat (em arménio: Վաղարշապատ pronúncia [vɑʁɑɾʃɑˈpɑt]) é a quarta maior cidade da Armênia e a maior cidade de Armavir, localizada aproximadamente 18 km a oeste da capital Erevã, e 10 km a norte da fronteira entre a Armênia e a Turquia. A cidade foi conhecida como Echmiadzin, Etchmiadzin ou Ejmiatsin (em arménio: Էջմիածին pronúncia [ɛt͡ʃʰmjɑˈt͡sin]) entre 1945 e 1995, um nome ainda usado coloquialmente ou mesmo casualmente na burocracia.[2][3]

Um dos pontos mais notáveis da cidade é a Catedral de Echmiatsin, que é desde 1441 até hoje, e igualmente foi durante o começo da existência da Igreja Apostólica Armênia entre os séculos IV e VI, a sede do primaz da Igreja. Por isto, Vagharshapat é conhecida como a cidade santa em arménio: սուրբ քաղաք dos armênios.[4][5][6][7] Também é a cidade natal de pelo menos três Católicos da Armênia: Zacarias II, Gregório XIII e Davi IV.

Nome[editar | editar código-fonte]

De acordo com São Moisés de Corene, o primeiro nome da cidade foi Artimed (Արտիմէդ), em homenagem à deusa Ártemis, depois sendo renomeada Avan Vardgesi (Աւան Վարդգէսի) ou Vardgesavan (Վարդգէսաւան) em homenagem ao príncipe Vardges Manouk, que reconstruiu o assentamento durante o reinado de Orontes I.

Mais tarde, segundo o santo, o rei Vologases I (Vagharsh) teria reconstruído a cidade, que então se chamaria Noarakaghak (Նորաքաղաք, "nova cidade") e depois Vagharshapat. O historiador bizantino Procópio de Cesareia, por outro lado, em seu livro Guerras de Justiniano, chama a cidade de Valashavad em homenagem ao rei Balas (Valash). Deste nome derivaria o atual Vagharshapat.

O outro nome da cidade, Echmiadzin, é derivado da própria catedral de Echmiatsin. Este nome, por sua vez, significa na língua armênia clássica "descida do unigênito", um atributo de Jesus Cristo como filho único de Deus.[8] O morfema miadzin é parte da tradução armênia do Credo Niceno.

Cidades-irmãs[editar | editar código-fonte]

Vagharshapat tem sete cidades-irmãs:

Referências

  1. «Armstats:Population» (PDF). Consultado em 31 de janeiro de 2013 
  2. «Պատմաաշխարհագրական ակնարկ [Historical-geographic overview]» (em arménio). Armavir Province: Armenian Ministry of Territorial Administration. ...Վաղարշապատ (1945-1995թթ. կոչվել է Էջմիածին) քաղաքը... 
  3. «Էջմիածի՞ն, թե՞ Վաղարշապատ». Aravot (em arménio). 26 de outubro de 2010 
  4. Ring, Trudy; Watson, Noelle; Schellinger, Paul, eds. (1994). International Dictionary of Historic Places: Middle East and Africa, Volume 4. [S.l.]: Taylor & Francis. p. 250. The holy city of Echmiadzin, where the Christian church in Armenia first began... 
  5. Stransky, Thomas F.; Sheerin, John B. (1982). Doing the Truth in Charity: Statements of Pope Paul VI, Popes John Paul I, John Paul II, and the Secretariat for Promoting Christian Unity, 1964-1980. [S.l.]: Paulist Press. p. 230. ...from the holy city of Etchmiadzin... 
  6. «Ամառը Հայաստանում անցկացնելու 10 հետաքրքիր տարբերակ» (em arménio). Armenpress. 2 de junho de 2015 
  7. «Էջմիածինը 2695 տարեկան է» (em arménio). A1plus. 8 de outubro de 2010 
  8. «Festa da Catedral da Santa Descida do Unigênito (Etchmiadzin)». Diocese Patriarcal de Ararat da Santa Igreja Apostólica Armênia. Consultado em 14 de novembro de 2013