Valaravano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Valaravano
Etnia Grutunga
Progenitores Pai: Vuldulfo
Filho(s) Vinitário

Valaravano (em latim: Valaravans) foi, segundo a Gética de Jordanes, um nobre grutungo da dinastia dos Amalos do século IV. Era filho de Vuldulfo, respectivamente o filho e irmão dos reis Aquiulfo e Hermenerico, e pai do rei Vinitário,[1][2] um nobre que em data desconhecida derrotou os antes.[3] Provavelmente seu nome seja originário do gótico *Wala-hrabns, que teria evoluído para Wal-raban ("campo de batalha" mais "corvo").[4]

Referências

  1. Martindale 1971, p. 929.
  2. Jordanes 551, XIV.79.
  3. Martindale 1971, p. 968.
  4. Winter 1988, p. 329.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Martindale, J. R.; A. H. M. Jones (1971). The Prosopography of the Later Roman Empire, Vol. I AD 260-395. Cambridge e Nova Iorque: Cambridge University Press 
  • Winter, C. (1988). Beiträge zur Namenforschung. 23. [S.l.: s.n.]