Valbom (Almaceda)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde dezembro de 2016). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Valbom
Foto Panoramica.jpg
Panorâmica da aldeia (lado poente)
Distrito Coat of Arms of Castelo Branco.png Castelo Branco
Concelho Coat of Arms of Castelo Branco.png Castelo Branco
Freguesia Almaceda.jpg Almaceda
Área - km²
População 37 hab. (2011)
Código postal 6000-009
Povoações de Portugal Flag of Portugal.svg
Localização no Concelho de Castelo Branco
Localização no Concelho de Castelo Branco

Valbom é uma aldeia portuguesa pertencente à freguesia de Almaceda, no Concelho e Distrito de Castelo Branco, com 37 habitantes (2011) [1]. Está localizada a 7 km da sua sede de freguesia e a 27 km da sede do concelho.

População[editar | editar código-fonte]

População da aldeia de Valbom
2001 2011
54 37

História[editar | editar código-fonte]

Em 1186 as atuais terras de Valbom encontravam-se em pleno território da Covilhã, após atribuição de diploma foraleiro à Covilhã por D. Sancho I. Posteriormente e com a atribuição do Foral a Sarzedas em 1212 também por D. Sancho I, passou para o limite administrativo do Concelho de Sarzedas até que este foi extinto a 16 de Fevereiro de 1848, passando após esta data a ser englobado nos limites do Concelho São Vicente da Beira.
Em 1512, encontra-se a primeira referência publicada com identificação explícita de Valbom, mais propriamente, erdade de Vall Bom, no "Foral Novo" de Sarzedas de D. Manuel I.
Após a Revolta dos Gabões [2] que contribuiu em grande escala para a extinção do Concelho de S. Vicente da Beira (7 de Setembro de 1895), passou a ser englobado no Concelho de Castelo Branco.

Economia e Sociedade[editar | editar código-fonte]

A sua população, predominantemente idosa e reformada, dedica-se à agricultura de sustento próprio e à produção de gado (maioritariamente gado caprino). Há ainda habitantes que se dedicam à construção civil ou a áreas de negócio relacionadas com a actividade florestal. Existe na aldeia um lagar industrial para produção de azeite que serve não só a freguesia como todo o distrito. Devido à falta de trabalho na freguesia e na própria região, grande parte dos seus naturais vê-se forçada a sair para outras regiões do país (como a zona de Lisboa), ou para o estrangeiro.

Gastronomia[editar | editar código-fonte]

  • Maranhos, enchidos e cabrito no forno;
  • Tigeladas, filhós, biscoitos de azeite.

Galeria de Imagens[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. ADRACES (2015). «Dados Censos 2011» (PDF) 
  2. Valbom-Portugal / Blog privado (2008). «Revolta dos Gabões» 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.