Vale de Amoreira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Portugal Portugal Vale de Amoreira 
  Freguesia  
Localização
Vale de Amoreira está localizado em: Portugal Continental
Vale de Amoreira
Localização de Vale de Amoreira em Portugal
Coordenadas 40° 24' 51" N 7° 26' 29" O
Município MTG.png Manteigas
Administração
Tipo Junta de freguesia
Presidente Nuno Miguel Fernandes Gonçalves (PPD/PSD)
Características geográficas
Área total 16,76 km²
População total (2011) 223 hab.
Densidade 13,3 hab./km²
Código postal 6260-403 Vale de Amoreira
Disambig grey.svg Nota: Para a freguesia do concelho da Moita, veja Vale da Amoreira.

Vale de Amoreira é uma freguesia portuguesa do concelho de Manteigas, com 16,60 km² de área e 223 habitantes (2011). A sua densidade populacional é de 13,4 hab/km². Foi criada em 1988 e até 1 de Janeiro de 2002, fez parte do concelho da Guarda.

Pertence à rede de Aldeias de Montanha.

História[editar | editar código-fonte]

Muito embora não haja notícia alguma directamente relacionada com o território desta freguesia, por volta do século XII, não é de excluir a hipótese de ela já ter sido povoada, em épocas anteriores à Nacionalidade, a crer pelos fortificados castrejos da região e, especialmente, da vizinhança de Valhelhas, povoação que demonstra maior antiguidade.

Porém a toponímia não exprime claramente a antiguidade de Vale de Amoreira, mas vários factores dizem-nos que já no século XII, o povoado, ainda que como “quintã” burguesa, ou quinta, seria parte integra da vizinha localidade de Valhelhas (vilão). Eclesiasticamente, no século XIV, à luz do arrolamento dionísio de 1320-1321, que cita a Igreja de Valhelhas, entre as da Guarda, não faz qualquer referência a Vale de Amoreira, que tudo indica devia, por isso, ser parte daquela (Santa Maria de Valhelhas).

Em todo o caso, parece não se dever àquela a criação da paróquia do Vale de Amoreira, por isso que a igreja local (Santa Maria, talvez ermida medieval, erguida pelos primeiros povoadores) não era da apresentação do pároco daquela, e, por isso, não sua filial. Nos últimos tempos dos padroados, a casa real apresentava o prior de Santa Maria de Vale de Amoreira, com cem mil réis anuais de rendimento.

Sendo domínio do castelo de Valhelhas e do seu termo, na velha “terra” de Trasserra, a freguesia foi sempre do concelho de Valhelhas até à extinção (24 de Outubro de 1855), em que passou para o concelho da Guarda, onde ficou até 2002.

Nos finais do século XIX, a freguesia de Vale de Amoreira foi anexada para efeitos civis à de Valhelhas.

População[editar | editar código-fonte]

Nº habitantes [1]
1991 2001 2011
263 261 223

No censo de 1991 aparece integrada no concelho da Guarda- Provém da freguesia de Valhelhas

Referências

  1. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.