Valeri Brainin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Translation to english arrow.svg
A tradução deste artigo está abaixo da qualidade média aceitável. É possível que tenha sido feita por um tradutor automático ou por alguém que não conhece bem o português ou a língua original do texto. Caso queira colaborar com a Wikipédia, tente encontrar a página original e melhore este verbete conforme o guia de tradução.
Valeri Brainin
Nascimento 27 de janeiro de 1948 (70 anos)
Nizhny Tagil
Cidadania Alemanha, União Soviética
Progenitores Pai:Boris Brainin
Ocupação compositor, linguista, poeta, escritor, musicólogo, professor de música, teórico musical, tradutor

Valeri Brainin (russo: Валерий Борисович Брайнин, além disso: Willi Brainin e Brainin-Passek; Nizhny Tagil, 27 de janeiro de 1948) é um musicólogo, compositor, pedagogo de música, gerenciador de música e poeta russo-alemão.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido em família de um poeta e tradutor, austríaco emigrante político, Boris Brainin (pseudónimo literário - Sepp Österreicher). Pertence à família conhecida vienense Brainin.

Autor de um 'Método de desenvolvimento de inteligência musical e ouvido musical', destinada principalmente para a educação das crianças.[1] Ele também pode investigação na música microtonal.

Presidente da Sociedade de Rússia para Educação Musical[2] - o representante da Sociedade International da Educação Musical ISME[3]

Diretor do laboratório científico 'Novas tecnologias na educação musical' da Universidade Pedagógica Estatal de Moscovo.[4]

Criador e diretor artístico do concurso internacional de interpretação Classica Nova[5] (música do século XX, Hanôver, 1997, foi dedicado à memória de Dmitri Shostakovich) que foi gravada pelo Livro Guinness dos Recordes como a competição musical mais grande no mundo.[6]

Diretor da Escola Musical 'Brainin' em Hanôver,[7] Backnang,[8] Haltern am See,[9] Bickenbach (Alemanha).

Аluno de Arseny Tarkovski (poeta russo, o pai do diretor de cinema Andrei Tarkovsky). Principais publicações poética:

Russo: revistas literárias 'Druzhba narodov' (Moscovo), 'en: Novy mir' (Moscovo), 'Ogonyok' (Moscovo), 'Grani' (Frankfurt am Main), 'Dvadtsat dva' (Jerusalém), 'Arion' (Moscovo), 'Kreshchatik' (Kiev), 'en: Znamya' (Moscovo), antologias 'Verses de Século' (Moscovo, originador Yevgeny Yevtushenko) e 'Verses de Século-2' (Moscovo).

  • Брайнин-Пассек, В. К нежной варварской речи. Стихотворения. Составитель Михаил Безродный. Предисловие Юрия Арабова. — СПб.: Алетейя, 2009. — 94 c. — (Серия «Русское зарубежье. Коллекция поэзии и прозы»). ISBN 978-5-91419-277-5

Inglês: revista literária "en: Partisan Review" (Boston).[10]

Referências