Valfrido Silva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Valfrido Pereira da Silva, ou simplesmente Valfrido Silva (Rio de Janeiro, 12 de agosto de 1904Niterói, 6 de janeiro de 1972), foi um baterista e compositor brasileiro.

Aos seis anos de idade mudou-se para Niterói. Estudou no Colégio Salesiano Santa Rosa.[1]

Composições[editar | editar código-fonte]

  • Em cima da hora (com Russo do Pandeiro), samba, 1940;
  • Estão batendo (com Gadé), samba, 1935;
  • No arranha-céu da vida (com Alcir Pires Vermelho), valsa, 1936;
  • Que barulho é esse? (com Gadé), samba, 1936;
  • O tique-taque do meu coração (com Alcir Pires Vermelho), samba, 1935;
  • Vai cavar a nota (com Gadé), samba, 1933;
  • Vai haver barulho no chatô (com Noel Rosa), samba, 1932;
  • Velho enferrujado (com Gadé), choro, 1950;
  • Vou me casar no Uruguai (com Gadé), choro, 1935.

Referências

  1. Ever (23 de setembro de 2009). «Valfrido Silva». Cifrantiga. Consultado em 7 de junho de 2009 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Accordrelativo20060224.png Este artigo sobre um(a) músico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.