Valor real

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Valor real, em economia, corresponde o valor nominal de algo depois de ajustado em relação à inflação (ou deflação), com base em um dado índice de preços. O valor real será, portanto, o valor monetário nominal deflacionado (se houver inflação), ou inflacionado (se houver deflação). Ou seja, para se obter o valor monetário real, deve-se expurgar o valor nominal dos efeitos da inflação (ou da deflação). O valor real está relacionado com o poder de compra da moeda.

"Deflacionar" significa, portanto, eliminar dos valores monetários nominais o efeito da inflação, de modo que seja possível comparar valores ao longo do tempo, tomando-se uma determinada data como base. No Brasil, geralmente se usa, como deflator, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo mas há outros índices de preços que podem ser utilizados alternativamente, conforme o caso.

Assim o valor nominal de um determinado bem na data-base pode ser convertido em valor real na data atual e vice-versa. Para isso utiliza-se a seguinte fórmula:[1]

Vr = Vn/Df.100

Onde:

Vr : valor real do bem (valor na data atual);

Vn: valor nominal do bem (valor na data-base);

Df: deflator (em número índice)

Ver também[editar | editar código-fonte]

  • Valor atual

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre economia é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.