Valparaíso de Goiás

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outras cidades contendo este nome, veja Valparaíso.
Município de Valparaíso de Goiás
"Val"
Bandeira de Valparaíso de Goiás
Brasão de Valparaíso de Goiás
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 15 de junho de 1995 (22 anos)
Gentílico valparaisense
Padroeiro(a) São Francisco de Assis[1]
Prefeito(a) Rubens Carlos Magalhães de Oliveira (PT)
(2017–2020)
Localização
Localização de Valparaíso de Goiás
Localização de Valparaíso de Goiás em Goiás
Valparaíso de Goiás está localizado em: Brasil
Valparaíso de Goiás
Localização de Valparaíso de Goiás no Brasil
16° 03' 57" S 47° 58' 44" O16° 03' 57" S 47° 58' 44" O
Unidade federativa  Goiás
Mesorregião Leste Goiano IBGE/2008 [2]
Microrregião Entorno do Distrito Federal IBGE/2008[2]
Região metropolitana RIDE-DF
Municípios limítrofes Novo Gama, Santa Maria (DF), Cidade Ocidental e Luziânia
Distância até a capital federal: 4 6 km
                              = estadual: 189 km km
Características geográficas
Área 60,111 km² [3]
População 159,500 hab. (GO: 7º) –  IBGE/2017[4]
Densidade 2,65 hab./km²
Altitude 1080 m
Clima tropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,746 elevado PNUD/2010[5]
PIB R$ 690.698 milhões IBGE/2009[6]
PIB per capita R$ 5 595,23 IBGE/2009[6]
Página oficial

Valparaíso de Goiás é um município brasileiro do estado de Goiás, no entorno do Distrito Federal. Sua população em 2017, segundo o IBGE, é de 159.500 habitantes. O município compõe a Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno.

História[editar | editar código-fonte]

A história de Valparaíso de Goiás começou em 19 de abril de 1979, quando o prefeito de Luziânia, Walter José Rodrigues, inaugurou o pequeno Núcleo Habitacional Valparaíso I, que surgiu em função da construção de Brasília. Em solenidade oficial, empossou o primeiro administrador regional da localidade, Clóvis José Rizzo Esselin de Oliveira Almeida. O mais novo Núcleo Habitacional de Luziânia contava com apenas 864 casas, uma escola estadual e o prédio da administração regional. O Núcleo Residencial, construído pela Encol, começou com muitos problemas: não havia comércio, a falta de água era freqüente e só havia transporte coletivo na BR-040.

No dia 2 de maio de 1980, através do Decreto-Lei nº 972, ficou instituída e oficializada a data de 19 de abril para comemorar o aniversário da fundação do Núcleo Habitacional Valparaíso. Nesta época, Valparaíso já contava com um posto telefônico, uma agência de Correios e Telégrafos, um escritório de contabilidade e onze lojas comerciais. Na área educacional, a cidade contava com uma escola estadual que atendia aos alunos do primeiro grau e duas escolas particulares, que já se encontram extintas. Foi elevado à categoria de município com a denominação de Valparaíso de Goiás, pela lei estadual nº 12667, de 18 de julho de 1995, desmembrado de Luziânia.[7]

Política[editar | editar código-fonte]

O poder executivo municipal do município de Valparaíso de Goiás já foi comandado por cinco prefeitos em seis gestões. São eles:

  • José Valdécio (PSD) - 1997/2000.
  • Juarez Sarmento (PSDB) - 2001/2004.
  • José Valdécio (PTB) - 2005/2008.
  • Leda Borges (PSDB) - 2009/2012.
  • Lucimar Nascimento (PT) - 2013/2016.
  • Pábio Mossoró (PSDB) 2017/atualmente.

José Valdécio Pessoa e Leda Borges de Moura são considerados líderes políticos do município e região. Em 2012, José Valdécio deu força à campanha da petista Lucimar Nascimento, elegendo-a prefeita nas eleições municipais com 56% dos votos válidos. Em 2016, foi a vez de Leda Borges (atual secretária do Estado de Goiás) apoiar e eleger Pábio Mossoró, sendo eleito com 51% dos votos válidos.

Durante as eleições municipais de 2016, Afrânio Pimentel (PR) liderou todas as pesquisas de opinião durante o período, alcançando quase 50% das intenções de votos a 15 dias das eleições. Entretanto, Pábio Mossoró (PSDB) conseguiu se eleger uma diferença de oito mil votos.

População[editar | editar código-fonte]

A população, apurada no Censo demográfico do Brasil de 2010, é de 132.982 habitantes, sendo 63.489 homens e 63.356 mulheres.

Valparaíso de Goiás é o município que mais cresce no entorno sul do Distrito Federal e um dos que mais crescem no Brasil. As estimativas do IBGE apontam para uma população de 146.694 habitantes em 2013, com densidade demográfica de 2.165,48 habitantes/km².O crescimento populacional do município nos últimos dois anos é de aproximadamente 4,36%.

Geografia[editar | editar código-fonte]

O município está localizado na latitude -16.0687 e longitude: -47.9766, 16° 4′ 7″ Sul, 47° 58′ 36″ Oeste. A cidade fica a 1.080 m de altitude, no Leste Goiano, na Região do Entorno do Distrito Federal, no chamado Planalto Central. Sua área territorial é de 61,410 quilômetros quadrados e a uma altitude de 1.080 m. A cidade fica a 188 km da capital do estado, Goiânia, e a 35 km da capital federal, Brasília. A área do município é composta de terras altas e planas, com leves ondulações. A vegetação é o cerrado, cujas principais características são os grandes arbustos e as árvores esparsas, de galhos retorcidos e raízes profundas.

Divisa entre o Distrito Federal e o estado de Goiás.

Clima[editar | editar código-fonte]

É situado em Goiás, na região adjacente ao Distrito Federal. Apresenta um clima tropical, sendo categorizado como Aw, de acordo com a classificação de Köppen e Geiger. 20.5 °C é a temperatura média. A pluviosidade média anual é de 1550 mm, sendo mais intensa no período do verão. As temperaturas médias mensais variam 3.4 °C durante o ano. Setembro, o mês mais quente do ano, apresenta 21.6 °C como temperatura média e junho, o mês mais frio, tem sua média de temperatura em 18.2 °C. Junho também é o mês mais seco, com 8 mm de precipitação. Em dezembro cai a maior parte da precipitação, com uma média de 272 mm.[8]

Educação[editar | editar código-fonte]

Tanto o Ensino Fundamental como o Ensino Médio são oferecidos pela Rede Pública Municipal e Estadual e entidades particulares, além de uma instituição militar: o Colégio da Polícia Militar de Goiás - Unidade Fernando Pessoa, localizado no bairro Jardim Céu Azul, que atende estudantes do ensino fundamental e médio. .[9]

Possui cinco unidades de ensino superior: Centro Universitário Unicesumar, Faculdades Anhanguera, FACESA - Faculdade de Ciências e Educação Sena Aires, CESB - Centro de Ensino Superior do Brasil e UNIDESC - Centro Universitário de Desenvolvimento do Centro Oeste.

Economia[editar | editar código-fonte]

As atividades econômicas da cidade se restringem essencialmente ao setor de serviços, não existindo atividades industriais e agropecuárias. A maioria das empresas, inclusive um shopping center inaugurado em 1993,[10] encontram-se ao longo da BR-040.[11]

Indicadores socioeconômicos[editar | editar código-fonte]

PIB municipal (2010)
[6] R$ 844.612,00 milhões
PIB per capita (2010)
[6] R$ 6.353,00
Composição do PIB (2010)[12]

Bairros[editar | editar código-fonte]

O maior bairro de Valparaíso de Goiás é o bairro Jardim Céu Azul.

  • Chácaras Anhanguera A,B e C
  • Chácaras Ipiranga A e B
  • Cidade Jardins
  • Cruzeiro do Sul
  • Jardim Céu Azul
  • Jardim Ipanema
  • Jardim Oriente
  • Jardim dos Ipês
  • Morada Nobre
  • Pacaembu
  • Parque Araruama
  • Parque das Flores
  • Parque Esplanada I
  • Parque Esplanada II
  • Parque Esplanada III
  • Parque Esplanada IV
  • Parque Esplanada V
  • Parque Marajó
  • Parque Rio Branco
  • Parque Santa Rita de Cássia
  • Parque São Bernardo
  • Setor de Chácaras Lurdes Meireles
  • Valparaíso I - Etapa A
  • Valparaíso I - Etapa B
  • Valparaíso I - Etapa C
  • Valparaíso I - Etapa D
  • Valparaíso I - Etapa E
  • Valparaíso II
  • Vila Isabel
  • Vila Guaira

Referências

  1. http://www.feriadosmunicipais.com.br/goias/valparaiso-de-goias/. Consultado em 05 de dezembro de 2016.
  2. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  3. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  4. «Estimativa Populacional 2013» (PDF). Censo Populacional 2013. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2013. Consultado em 23 de outubro de 2013 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 31 de julho de 2013 
  6. a b c d «Tabela 1 - Produto Interno Bruto a preços correntes e Produto Interno Bruto per capita segundo as Grandes Regiões, as Unidades da Federação e os municípios - 2005-2009» (PDF). Consultado em 22 de março de 2014 
  7. «LEI Nº 12.667 de 18 de julho de 1995». Diário Oficial do Estado de Goiás. 18 de julho de 1995 
  8. «Clima: Valparaíso de Goiás: Climograma, Temperatura e Tabela climática Valparaíso de Goiás - Climate-Data.org». pt.climate-data.org. Consultado em 15 de dezembro de 2017 
  9. «Valparaíso de Goiás » Ensino - Matrículas, Docentes e Rede Escolar - 2012». IBGE. Consultado em 20 de maio de 2014 
  10. «O shopping do Gama e de Valparaíso». Jornal da Comunidade 
  11. «Relatório de estudo/Pesquisa natural, social, econômica e educacional da microrregião do entorno do Distrito Federal, dos municípios de Valparaíso de Goiás e de Novo Gama e suas regiões limítrofes» (PDF). Observatório do Mundo do Trabalho. Junho de 2013 
  12. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Banco de Dados: Cidades

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]