Vanderlan Cardoso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Vanderlan Cardoso
Senador por Goiás
Período 1 de fevereiro de 2019
até a atualidade.
Prefeito de Senador Canedo
Período 2005-2010
Dados pessoais
Nascimento 15 de novembro de 1962 (57 anos)
Iporá, Goiás
Partido PL (2003-2006)
PR (2006-2011)
PMDB (2011-2012)
PSB (2013-2018)
PP (2018-2020)
PSD (2020–presente)
Profissão Empresário

Vanderlan Vieira Cardoso (Iporá, 15 de novembro de 1962) é um empresário e político brasileiro, filiado ao Partido Social Democrático (PSD).[1] Nas eleições de 2018, foi eleito senador por Goiás.[1]

Carreira política[editar | editar código-fonte]

Em 2004, Vanderlan se candidatou à prefeitura de Senador Canedo e foi eleito com mais 57 por cento dos votos válidos. Foi reeleito em 2008 com 80 por cento dos votos. Em 2010, pelo Partido da República (PR) e em 2014, pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB), respectivamente, disputou o Governo de Goiás e ficou em terceiro lugar. Em 2016, se candidatou à prefeitura de Goiânia, mas foi derrotado por Iris Rezende (PMDB) no segundo turno.[2]

Em 2018, foi eleito senador por Goiás com 1.729.637 votos, o equivalente a 31,42% dos votos válidos, o mais votado.[2]Como senador, foi presidente da Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática.

Posicionamentos[editar | editar código-fonte]

Defensor da Operação Lava Jato, apoia propor no Senado Federal a institucionalização da operação.[3] Pretende apoiar as reformas que considera necessárias para o crescimento do país, como a reforma tributária, previdenciária e política.[3]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.