Vanderson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Vanderson
Informações pessoais
Nome completo Carlos Vanderson Aguiar Silva
Data de nasc. 22 de outubro de 1979 (39 anos)
Local de nasc. Santa Isabel do Pará (PA), Brasil Brasil
Altura 1,80 m
Apelido Pitbull
Informações profissionais
Clube atual Brasil Democrata-SL
Posição Volante
Clubes de juventude
Brasil Castanhal
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
19972001
20012004
2004
2004
2005
2006
20062010
20112014
2017
Brasil Castanhal
Brasil Paysandu
Brasil Atlético-PR (emp.)
Brasil Juventude
Brasil Paysandu
Brasil Juventude
Brasil Vitória
Brasil Paysandu
0000? 0000(?)
0000? 0000(1)
00002 0000(0)
00026 0000(0)
0000? 0000(1)
00008 0000(0)
00241 0000(3)
00084 0000(3)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 31 de agosto de 2013.

Carlos Vanderson Aguiar Silva, (Santa Isabel do Pará, 22 de outubro de 1979) é um futebolista brasileiro que atua como volante. Atualmente, treina as categorias de base do Paysandu.

Revelado pelo Castanhal, fez carreira primeiramente no Paysandu, atuando no time que conquistou a Copa dos Campeões de 2002 e que disputou a Libertadores de 2003. Após passagens por Atlético Paranaense e Juventude, chegou ao Vitória, clube no qual se tornou ídolo, fazendo quase 250 partidas entre 2006 e 2010.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Começou no Castanhal, em 1997, permanecendo no clube até 2001, quando se destacou e foi contratado pelo Paysandu, onde viveu momentos importantes, sendo campeão da Série B de 2001, da Copa Norte de 2002 e da Copa dos Campeões de 2002, participando da Copa Libertadores da América do ano seguinte.

Após uma passagem por empréstimo pelo Atlético-PR em 2004, foi vendido ao Juventude no mesmo ano, ficando até o final do mesmo. Retornou ao Paysandu e ficou por lá durante todo o ano de 2005. Em 2006, defendeu novamente o Juventude, dessa vez sem muito destaque. No segundo semestre, então, acertou com o Vitória.

Vitória[editar | editar código-fonte]

Vindo de um clube de Série A, o Juventude, Vanderson chegou receoso ao rubro-negro de Salvador, que se encontrava na Série C do Campeonato Brasileiro. Mas aceitou o desafio de devolver o Vitória ao seu lugar.[1] Sem nenhuma grande expectativa quanto a sua contratação, no momento mais delicado da história do clube, se destacou pela sua garra em campo e pelo seu temperamento, até então, explosivo.[2]

Depois de ser fundamental para o time baiano ascender às Séries B e A, consecutivamente, do Brasileirão, Vanderson mudou muito seu estilo de jogo, se tornando muito mais suave e inteligente nos desarmes e entradas, não deixando de lado a sua garra característica.[2]

O ano de 2008 foi o que o sacramentaria como ídolo da torcida rubro-negra. Muitos achavam que ele não era mais necessário ao time e que na Série A ele não teria espaço no elenco. Mas o pitbull, apelidado carinhosamente pela torcida e imprensa, mostrou que podia dar conta do recado. Vanderson foi um dos únicos jogadores do Leão que tem uma faixa com sua imagem exposta nas arquibancadas do Barradão, estádio do Vitória.[3]

No dia 27 de julho de 2008, jogando contra o Atlético-MG, completou 100 partidas pelo Vitória. Neste dia, foi homenageado pela diretoria e torcida. O clube inclusive lançou uma camisa homageando o volante, fazendo sucesso de venda em relação às outras camisas comemorativas.

Em 2009, após mais um campeonato como titular pelo rubro-negro, renovou seu contrato até o fim de 2010, jogando assim sua quarta temporada pelo clube. No primeiro semestre do ano, ajudou a equipe no tetracampeonato baiano e no vicecampeonato da Copa do Brasil, fato inédito na história do clube.[4] Porém, no segundo semestre, foi rebaixado à Série B, o que culminou na renovação completa do elenco rubro-negro, fazendo com que Vanderson não tivesse seu contrato renovado.[5]

Assim, 241 partidas oficiais depois, o jogador deixa o clube baiano.

Retorno ao Paysandu[editar | editar código-fonte]

Para a temporada 2011, acertou seu segundo retorno ao Paysandu.[6]

No primeiro dia de junho do mesmo ano, o volante Vanderson não chegou a um acordo com o clube e acertou sua dispensa na manhã.[7] Porém, depois que o Roberto Fernandes foi demitido, em setembro de 2011, com seis jogadores seguindo o mesmo caminho, o Vanderson acertou um terceiro retorno ao Papão.

Em 2012, Vanderson atuando pelo Paysandu Sport Club pela Serie C, faz o gol que culminaria o acesso do clube à serie B. Em 2013, foi campeão paraense, ficando no clube até 2014, onde participou da equipe que jogou a final da Copa Verde daquele ano, bem como do campeonato paraense, sendo vice-campeão em ambas ocasiões. Saiu do Paysandu ao término do contrato.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Paysandu
Vitória

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Atualizado até 19 de Dezembro de 2010.
Clube Ano Estadual Copa Liga Competições
Sul-Americanas
Outras
competições
Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Brasil Vitória
2006 0 0 0 0 22 0 0 0 0 0 22 0
2007 20 0 4 0 23 2 0 0 1 0 48 2
2008 16 0 3 0 31 0 0 0 1 0 51 0
2009 17 0 5 0 31 0 4 0 0 0 57 0
2010 16 0 10 0 29 0 2 0 6 1 63 1
Total 69 0 22 0 136 2 6 0 8 1 241 3

Referências

  1. «Entrevistas - Vanderson». bahianoticias.com.br. 9 de março de 2009. Consultado em 19 de dezembro de 2010. Arquivado do original em 16 de agosto de 2011 
  2. a b Jornal ATarde, 11/11/2010, pág. 3
  3. «Pitbull é homenageado pela torcida». ecvitorianoticias.com. 17 de março de 2009. Consultado em 19 de dezembro de 2010 
  4. «Mesmo com derrota, Santos é o novo campeão da Copa do Brasil». estadao.com.br. 4 de agosto de 2010. Consultado em 19 de dezembro de 2010 
  5. «Ídolos revelam mágoa com a diretoria do Vitória». atarde.com.br. 18 de dezembro de 2010. Consultado em 19 de dezembro de 2010 
  6. «PA: Paysandu contrata volante rebaixado em time do Brasileirão». futebolinterior.com.br. 8 de janeiro de 2011. Consultado em 9 de janeiro de 2011 
  7. «PA: Vânderson não chega a acordo e deixa o Paysandu». blogdopapao.com. 1 de julho de 2011. Consultado em 26 de julho de 2011 



Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.