Vanessa Barum

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de Barum, veja Barum (desambiguação).
Vanessa Barum
Nome completo Vanessa Barum Lima
Nascimento 14 de maio de 1972 (49 anos)
Brasília, DF
Nacionalidade brasileira
Ocupação Atriz, Cantora e Compositora
Principais trabalhos

Vanessa Barum Lima (Brasília, 14 de maio de 1972) é uma cantora e compositora brasileira.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Iniciou sua carreira como VJ em Porto Alegre. Foi convidada por Oswaldo Montenegro para estrear no Rio de Janeiro os musicais Os Menestréis, Dança dos Signos, Aldeia dos Ventos, Mayã e Noturno. Ao lado de Deborah Blando, Milton Guedes, Tereza Seiblitz, entre outros, viajaram pelo Brasil.

Em 1995, protagonizou a opereta de Noel Rosa, A Noiva do Condutor, com Mauro Mendonça, Avellar Love e direção de Karen Accioly.

O primeiro CD, Vanessa Barum (Virgin-1996) teve como produtor Guto Graça Mello. O lançamento do CD no Teatro Café Pequeno, no Rio de Janeiro, foi sucesso de público e aclamado pela crítica. A música Belíssima entrou na trilha sonora da telenovela O Fim do Mundo, e Resquícios, em Malhação. Dirigido por Chico Abréia e Márcia Ramalho, foi feito o Videoclipe da canção Belíssima.

Vanessa Barum participou do Tributo a Renato Russo, cantando a canção Por Enquanto, junto com Cássia Eller, Paulo Ricardo, Arnaldo Antunes, Toni Garrido e Paulinho Moska, entre outros.

Em 1997, Adriana Maciel gravou a canção Silêncio, composta em parceria com Vanessa. No mesmo ano, é lançado o livro MPB, A História de um Século, de Ricardo Cravo Albin que a classifica como nova estrela da MPB. No ano seguinte, Vanessa cantou com Geraldo Azevedo no Teatro João Caetano, em show especial, ao lado de Miguel Falabella, Elba Ramalho, Lenine e Zélia Duncan.

Lançou em 2001, o CD Água em Vinho, produzido por Hebert Azul, que marcou a sua fase autoral, com nove músicas próprias, entre elas Que Pena de Você, Achei que Era Real e Insone. Contou com o talento de Milton Guedes nas flautas e sax, além da participação especial de Geraldo Azevedo em Bicho de 7 Cabeças, uma das músicas mais aplaudidas em seu show até hoje.

Em 2002, foi convidada para a peça Raul Fora da Lei com Roberto Bomtempo, com apresentações por todo o Brasil.

Em 2005, o clipe em animação (disponível em seu site) da canção inédita Não Vou Te Levar foi escolhido para o Festival Anima Mundi. No mesmo ano, a EMI lançou a coletânea Meu Primeiro Hit, que incluiu a canção Belíssima, ao lado dos primeiros sucessos de Elis Regina e Cássia Eller, entre outros.

Em 2006, a cantora recebeu o prêmio Mulher Linda Mulher 2006, realização Adela Villas Boas. No mesmo ano, foi lançada a coletânea As canções de Chico Buarque cantadas por:, que incluiu Vanessa interpretando Mil Perdões. Neste CD também há releituras de Chico Buarque por Djavan, Milton Nascimento e Maria Bethânia, entre outros.

A cantora é irmã da atriz Karina Barum e foi casada com a ator Marcos Palmeira entre 1993 e 1998.

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • 1996 - Vanessa Barum
  • 2001 - Água em vinho

Participações[editar | editar código-fonte]

  • 1992 - Mulungo (Oswaldo Montenegro)
  • 1996 - O fim do mundo (trilha da novela)
  • 1996 - Malhação Vol.4 (trilha da novela)
  • 2002 - Músicas para dias e noites do 4º grau (Lazza)
  • 2004 - A partir de agora... (Luca Bulgarini)
  • 2005 - Meu primeiro hit - cantoras MPB (Coletânea EMI)
  • 2006 - As canções de Chico Buarque cantadas por: (Coletânea EMI)

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Na televisão[editar | editar código-fonte]

No cinema[editar | editar código-fonte]

  • 1990 - Mazel Tov (curta-metragem dirigido por Jaime Lerner)

No Teatro[editar | editar código-fonte]

  • 1986 - Os menestréis - direção Oswaldo Montenegro
  • 1987 - Aldeia dos ventos - direção Oswaldo Montenegro
  • 1988 - Dança dos signos - Oswaldo Montenegro
  • 1989 - Mayã - direção Oswaldo Montenegro
  • 1990 - Brincando de vida - direção Mongol
  • 1991 - Noturno - direção Oswaldo Montenegro
  • 1995 - A noiva do condutor - direção Karen Accioly
  • 2002/2003 - Raul Fora da Lei - direção José Joffily
  • 2003 - Um sujeito estranho - direção Deto Montenegro

Clipes[editar | editar código-fonte]

  • 1996 - Belíssima
  • 2005 - Não vou te levar - clipe em animação

Ligações externas[editar | editar código-fonte]