Vasco Costa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Vasco Costa
Nascimento 1917
Lisboa
Morte 1986 (69 anos)
Nacionalidade Portugal portuguesa
Área Pintura

Vasco Costa (Lisboa, 19171986), foi um pintor português.

Biografia / Obra[editar | editar código-fonte]

Pintura, 1968

Frequentou a Escola de Artes Decorativas António Arroio, dedicando-se depois à publicidade e decoração. Colaborou na Exposição do Mundo Português, 1940. [1]

Em 1942 encontra-se nos Estados Unidos da América. Depois de se naturalizar, alista-se no exército norte-americano e participa na campanha da Europa da Segunda Guerra Mundial. Desmobilizado em 1946, vive a partir daí nos EUA, Inglaterra e França, trabalhando como pintor decorador e numa fábrica de porcelanas (em Limoges). [2]

Em 1956 instala-se definitivamente em França, nos arredores de Paris e, três anos mais tarde, dedica-se à pintura, realizando a partir daí uma "obra considerável de importância histórica". O abstracionismo lírico de tipo gestual a que adere caracteriza-se por uma "larga sensualidade de cor e formas". [3]

Integrou diversas exposições coletivas de relevo, em Portugal e no estrangeiro, entre as quais a exposição itinerante Arte Portuguesa Contemporânea, Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, 1976-77. Realizou exposições individuais no Porto e em Lisboa (1969, 1971, 1974), Londres (1972), e Paris, podendo destacar-se: Centro Cultural Português (1969); Galerie Bellechasse, Paris (1971, 1973); Galeria Quadrum, Lisboa (1974). [4]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • O Grande Livro dos Portugueses ISBN 972-42-0143-0
  • França, José Augusto – História da Arte em Portugal: O Modernismo. Barcarena: Editorial Presença, 2004. ISBN 972-23-3244-9
  • França, José Augusto – Vasco Costa. In: A.A.V.V. – Os edifícios, a coleção, os artistas: Grupo Totta. Lisboa: Grupo Totta, 2002. ISBN 972-98068-3-7

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Catálogo da exposição Arte Portuguesa Contemporânea, Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, 1976-77, pág. 44
  2. Catálogo da exposição Arte Portuguesa Contemporânea, Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, 1976-77, pág. 44
  3. França, José AugustoHistória da Arte em Portugal: O Modernismo. Barcarena: Editorial Presença, 2004, pág. 152
  4. Catálogo da exposição Arte Portuguesa Contemporânea, Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, 1976-77, pág. 44
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.