Vasco Gato

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vasco Gato
Nascimento
Lisboa,  Portugal
Género literário Poesia
Movimento literário Pós-modernismo

Vasco Gato (Lisboa, 30 de Março de 1978) é um poeta português.

Obras publicadas[editar | editar código-fonte]

  • Um mover de mão, Lisboa: Assirio & Alvim, 2000
  • Imo, Famalicão: Edições Quasi, 2003
  • Lúcifer, Lisboa: Alexandria, 2003
  • 47, Lisboa: edição do autor, 2005
  • A prisão e paixão de Egon Schiele, Lisboa: &etc, 2005
  • Omertà, Famalicão: Edições Quasi, 2007
  • Cerco Voluntário, Cadernos do Campo Alegre, 2009
  • Rusga, Trama, 2010
  • Napule, Tea For One, 2011
  • A Fábrica, Língua Morta, 2013
  • Fera oculta, Douda Correria, 2014

Traduziu a obra Noites de Atropelo de Mark Kozelek (Quasi, 2002)

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.