Vasco Morgado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Vasco Manuel Veiga Morgado (Charneca da Caparica, 19 de maio de 1924 - 22 de novembro de 1978)[1] foi ator e um dos grandes empresários teatrais de Portugal.

Desde muito cedo se dedicou ao mundo do espectáculo, tendo produzido mais de 400 espetáculos[2] (segundo registos históricos) dos mais variados tipos, desde cinema, revistas e muitos outros.

Foi secretário e vice-presidente do Grémio dos Espectáculos e membro do Conselho da Secção de Teatro, música e dança da Corporação dos Espectáculos, em cuja qualidade integrou a Câmara Corporativa, pelas entidades patronais, durante o Estado Novo[3].

Família[editar | editar código-fonte]

Foi casado com a actriz Laura Alves, de quem teve um único filho, Vasco Manuel Alves Veiga Morgado, casado primeira vez com Maria Teresa Belo Botelho Moniz (1953), de quem tem uma filha, Mafalda Cristina Botelho Moniz Morgado (Lisboa, São Sebastião da Pedreira, 15 de Junho de 1970), casada com ... Parreira do Amaral, e casado segunda vez com Verónica Cristina Lopes (Rio de Janeiro, Rio de Janeiro), de quem tem dois filhos, Diogo Lopes Morgado, solteiro e sem geração, e Vasco André Lopes Alves Veiga Morgado (Lisboa, 31 de março de 1974).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. Parlamento.pt
  2. Sapo.pt
  3. Parlamento.pt