Vega 2

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido (desde agosto de 2019). Ajude e colabore com a tradução.
Um modelo da sonda Vega, com seu corpo e aparato de pouso.

A Vega 2 (e sua "irmã gêmea" Vega 1) é uma sonda espacial soviética, parte da Missão Vega. Essa sonda foi um desenvolvimento da série anterior do Programa Venera. Elas foram projetadas no Centro Espacial Babakin e construídas sob o código 5VK pela Lavochkin em Khimki. O nome VeGa (em russo: ВеГа) combina as duas primeiras letras das palavras russas para Vênus (Венера: "Venera") e Halley (Галлея: "Galleya").[1]

Características[editar | editar código-fonte]

A Vega 2 era alimentada por dois grandes paineis solares, os instrumentos incluíam antenas, câmeras, espectrômetros, sensores infravermelhos, magnetômetros (MISCHA), e sensores de plasma. A sonda de 4.920 kg foi lançada em 21 de dezembro de 1984, por um foguete Proton 8K82K do Cosmódromo de Baikonur em Tyuratam no Cazaquistão.[1]

As sondas Vega 1 e 2 eram espaçonaves estabilizadas nos três eixos por propulsores. As sondas eram equipadas com escudos de dupla ação para proteção contra a poeira do Cometa Halley. O último contato com a sonda Vega 2 ocorreu em 24 de março de 1987.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b c Asif A. Siddiqi (11 de outubro de 2018). «BEYOND EARTH - a chronicle of deep space exploration, 1958–2016» (PDF) (em inglês). NASA - Office of Communications, History Division. pp. 161–163. Consultado em 12 de agosto de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Vega 2
Ícone de esboço Este artigo sobre espaçonaves ou sondas espaciais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.