Vem pra Rua

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre a um canção publicitária da FIAT. Para o movimento social, veja Movimento Vem pra Rua.

"Vem Pra Rua" é uma canção criada para ser jingle da campanha publicitária da FIAT para a Copa das Confederações FIFA de 2013. A letra foi composta por Henrique Ruiz Nicolau em apenas 3 horas e tem assinatura da produtora S de Samba, que produz canções para o mercado publicitário desde 1998. O cantor Marcelo Falcão, vocalista da banda O Rappa, foi convidado para emprestar sua voz ao jingle.[1]

A canção ganhou destaque em junho de 2013 ao virar “hino” dos manifestantes nos Protestos no Brasil em 2013. Apesar da composição fazer parte de uma campanha publicitária, em momento algum a marca é citada, fato que contribuiu para a sua popularização.[2] Versos como “Vem pra rua / Porque a rua é a maior arquibancada do Brasil” foram cantadas por manifestantes nas ruas em vários atos organizados pela internet. Montagens de fotos e vídeos do protestos tem usado a canção como trilha sonora.[3] A hashtag “#vemprarua” tem sido muito utilizada para divulgar imagens e informações a respeito dos protestos. Por questões contratuais, a música não pode ser tocada nas rádios.[2] Sobre o uso da música nos manifestos, João Ciaco, diretor de marketing da Fiat, disse que "a música não é mais da Fiat, é das pessoas".[4]

Campanha publicitária[editar | editar código-fonte]

A fabricante de carros não é anunciante oficial da Copa das Confederações, mas criou uma campanha para embarcar no clima que o país começaria a viver a partir da Copa das Confederações de 2013. O objetivo era criar um clima de festa, chamando o torcedor pra rua.[6] O "filme" criado pela Agência Fiat/ AgênciaClick Isobar e Leo Burnett Tailor Made,[7] partiu da premissa que "no país do futebol, teremos muito mais gente torcendo pela Seleção fora do que dentro dos estádios".[8]

Boatos diziam que a Fiat iria retirar do ar a veículação na TV deste comercial, após a onda de protestos que aconteceram em grandes cidades do Brasil utilizar o jingle como tema da manifestação.[10] Porém, pelo fato de a campanha não ter relação com o movimento, a empresa decidiu deixar o comercial no ar pelo período originalmente planejado, negando assim que tenha decidido tirar a campanha do ar por causa dos protestos.[4] Apesar de sair do ar na televisão ao final do contrato, o vídeo continuará disponível na web. Segundo a marca, "a Fiat elaborou a campanha "Vem Pra Rua" com foco único e exclusivo na alegria e paixão que o futebol desperta nos brasileiros".[11]

Referências

  1. a b g1.globo.com/ Criador de "Vem pra rua" comenta uso da música em protestos
  2. a b soltaosom.com/ “Vem pra rua” – a música que transcende a marca
  3. em.com.br/ Jingle "Vem pra rua" vira hit entre os jovens
  4. a b economia.estadao.com.br/ "Vem Pra Rua" agora é dos brasileiros, diz Fiat
  5. musica.uol.com.br/ Autor de "Vem Pra Rua", Simoninha vê música virar tema de protestos e diz que é "um prazer"
  6. a b goal.com/ Onda de protestos no Brasil mostra como anunciantes enfrentam dificuldades na disputa pelo consumidor em eventos esportivos. Efeito pode ser diferente do esperado
  7. adnews.com.br/ "Vem pra Rua": Campanha da Fiat vira "hino" de protesto
  8. saiudagaragem.com.br/ [Vem Pra Rua] Fiat e Falcão d'O Rappa em campanha para Copa das Confederações
  9. ccsp.com.br/ Vem Pra Rua - Vocalista do Rappa embala filme da Fiat
  10. midianews.com.br/ Fiat vai retirar do ar seu comercial "vem pra rua"
  11. exame.abril.com.br/ Campanha "Vem Pra Rua" não sairá do ar, diz Fiat

Ligações externas[editar | editar código-fonte]