Venda Nova Futebol Clube

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Venda Nova
Nome Venda Nova Futebol Clube
Alcunhas Calango do Cerrado
Mascote Calango
Fundação 12 de janeiro de 1930 (86 anos)
Estádio Mirão
Capacidade 11.200
Localização Belo Horizonte, MG
Presidente Brasil Nival Dias de Sá
Treinador Brasil
Competição Minas Gerais Campeonato Mineiro - Segunda Divisão
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

Venda Nova Futebol Clube é um clube de futebol sediado em Belo Horizonte, no estado de Minas Gerais.

História[editar | editar código-fonte]

Fundado em 12 de janeiro de 1930, o Venda Nova tem, essencialmente, função social e de revelador de talentos para o esporte brasileiro. Dos gramados do Venda Nova saíram atletas de renome no cenário internacional, a exemplo de Euller (América-MG), Bruno (Flamengo), Joãozinho (Brasiliense-DF), Neguetti (Paraná Clube), Adílson (Ceará), Ney Bala, Palhinha e Ronaldo Luís (São Paulo), Edgar (Ceilândia-DF), Afonso Alves (Middlesbrough), Álvaro (Sochaux), Reinaldo Rosa (Ceilândia-DF), Fred (Lyon-França), Marcos Paulo (Le Mans FR), Sammir (Dinamo Zagreb), Jardel (Cruzeiro, Estrela da Amadora), Carciano (Belenenses), entre outros.

O clube tem por objetivo oportunizar a sociedade carente a prática esportiva, considerando o esporte como um instrumento para a construção de um Brasil melhor. Para o desenvolvimento do trabalho, contudo, o Venda Nova, que não tem associados, conta apenas com a iniciativa de seus colaboradores. Desta forma, luta com dificuldades para manter seu estádio em condições de uso, buscando, atualmente, parceiros com capacidade de investimento imediato.

Apesar das dificuldades, o clube tem desenvolvido um trabalho de sucesso. A conquista de títulos das categorias de base e o trabalho realizado pela escola de futebol, projeto idealizado e concretizado pelo atual presidente, Nival Dias de Sá, os conselheiros antigos do "Calango" atualmente participam da direção: o vice-presidente de futebol José Henrique Batista, o diretor de futebol Rogério Tibúrcio e o vice-presidente de finanças, Roberto Tibúrcio, deram nova vida ao clube.

O Venda Nova Futebol Clube participa de todas competições promovidas pela Federação Mineira de Futebol, desde o Campeonato Mineiro da Segunda Divisão de Profissionais até os torneios de Juniores, Juvenil e Infantil. Possui, também, uma escola de futebol, mantendo diariamente mais de 500 jovens em suas diversas categorias.

Atualmente, o Venda Nova está em negociação com a Construtora Patrimar para vender o estádio Mirão. Um problema é que a Igreja Católica de Venda Nova (doadora do terreno para a equipe, em 1931) colheu mais de 2.000 assinaturas, contra a venda da praça de esportes, que possui mais de 10.000 metros quadrados.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Amadores[editar | editar código-fonte]

Estaduais[editar | editar código-fonte]

Categorias de base[editar | editar código-fonte]

Jogadores revelados no clube[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.