Veniamin Mandrykin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mandrikin
Mandrikin
Informações pessoais
Nome completo Veniamin Anatolyevich Mandrykin
Data de nasc. 30 de agosto de 1981 (36 anos)
Local de nasc. Orenburg,  União Soviética
Nacionalidade Russo
Altura 1,88 m
Apelido Venia
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Goleiro
Clubes de juventude
Rússia Alania Vladikavkaz
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1998–2002
2002-2010
2008
2009
2010
2010
Rússia Alania Vladikavkaz
Rússia CSKA Moscou
Rússia Tom Tomsk (Vindo de Empréstimo)
Rússia FC Rostov (Vindo de Empréstimo)
Rússia Spartak Nalchik
Rússia Dínamo Bryansk (Vindo de Empréstimo)
46 (−57)
69 (−74)
21 (−24)
10 (−13)
0 (0)
12 (−15)
Seleção nacional
2003 Flag of Russia.svg Rússia 2 (−1)

Veniamin Anatolyevich Mandrykin - em russo, Вениамин Анатольевич Мандрыкин (Orenburg, 30 de agosto de 1981) é um ex-futebolista profissional russo que jogava como goleiro.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Formado no Alania Vladikavkaz, Mandrykin ficou mais conhecido por ter jogado no CSKA Moscou entre 2002 e 2010. Inicialmente era reserva do veterano Andrey Novosadov, e após a saída deste, continuou como segunda opção para o gol (Dmitriy Kramarenko havia assumido a titularidade).

Com a saída de Kramarenko em 2003, Venia teria poucas chances no gol do CSKA, principalmente com a ascensão do jovem Igor Akinfeyev. Até 2010, foram 69 jogos.

Empréstimos a outras equipes[editar | editar código-fonte]

Fora dos planos de Valeriy Gazzayev, Mandrykin foi emprestado a quatro times em três anos: primeiramente no Tom Tomsk (21 jogos) em 2008, e depois atuando poucas vezes por FC Rostov (dez partidas em 2009) e Spartak Nalchik (não entrou em campo) em 2010. Neste mesmo ano, foi emprestado pela quarta vez seguida, desta vez ao Dínamo Bryansk, onde atuaria em doze partidas. De volta ao CSKA no final de 2010, o goleiro não teve seu contrato renovado.

Acidente e final da carreira[editar | editar código-fonte]

Em novembro de 2010, Mandrykin dirigia um Porsche Cayenne quando bateu o carro em uma árvore ao tentar fugir de uma viatura da polícia. Ele sofreu fratura na coluna vertebral e lesões na medula espinhal, e duas mulheres (entre 19 e vinte anos) também sofreram fraturas no acidente; além delas, dois jogadores do Dínamo Bryansk (Maksim Fyodorov e Marat Magkeyev) tiveram ferimentos mais leves. A batida teve consequências sérias ao goleiro, que foi obrigado a encerrar sua carreira aos 29 anos.

Em dezembro, o goleiro foi acusado de embriaguez quando causou a batida, podendo pegar até três anos de prisão. Em solidariedade ao atleta, jogadores do Dínamo entraram em campo no primeiro jogo da temporada 2011-12 com a frase "estamos juntos! esteja bem". Ao conceder entrevista em junho de 2011, Mandrykin falou do tratamento que recebia e agradeceu aos médicos que o atenderam. No início de outubro, foi levado a um centro de recuperação.

Seleção[editar | editar código-fonte]

Venia jogou apenas duas partidas pela Seleção Russa de Futebol, em 2003, fazendo sua estreia contra o Chipre.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de RússiaSoccer icon Este artigo sobre futebolistas russos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.