Vennbahn

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Um viaduto da Vennbahn perto de Bütgenbach na província de Liège, Bélgica.
Mapa da rota da Vennbahn.

Vennbahn é o nome de uma antiga linha ferroviária que, embora à data da construção estivesse em território da Alemanha, encontra-se hoje totalmente na Bélgica – mesmo onde partes do trajeto percorriam território alemão – os locais de assentamento do caminho-de-ferro da linha tornaram-se território belga em 1919 por provisão do Tratado de Versailles. Esta parte do tratado também teve como consequência a criação de cinco pequenos exclaves da Alemanha do lado ocidental da linha.[1]

A linha, de bitola padrão e com 75 km de comprimento, atravessa os Hautes Fagnes (em alemão: Hohes Venn) a sul de Aachen, numa direção aproximadamente de sul de Eupen via Raeren (local dos armazéns), Monschau (Montjoie) e Malmedy para Trois-Ponts, num ramal de 20 km para leste de Oberweywertz para Bütgenbach e Losheim. Em Eupen liga-se com a linha para Welkenraedt, onde se junta à linha Bruxelas-Colónia. Em Trois-Ponts liga-se à linha Liège-Luxemburgo.

Em 2008 surgiu na imprensa a ideia de que, com a Vennbahn já fora de operação, a Bélgica poderia devolver à Alemanha as terras onde a linha passa, de modo que os exclaves alemães deixariam de o ser.[2][3] Porém, os ministros dos assuntos externos dos dois países confirmaram que essa estreita faixa continuará a ser território belga, não estando previstas alterações.[4]

Em 4 de Dezembro de 2007, o desmantelamento da linha foi iniciado[5] e, em Setembro de 2008, a totalidade da linha tinha sido removida entre Trois-Ponts e Sourbrodt.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Exclaves alemães na Bélgica
  2. Tagesschau.de: Belgien könnte Staatsgebiet an Deutschland verlieren (em alemão)
  3. Deutsche Presse-Agentur (9 de janeiro de 2008). «Belgium may lose land to Germany due to disused railway line». Monsters and Critics. Consultado em 22 de fevereiro de 2008 
  4. WDR.de (10 de janeiro de 2008). «Belgien behält seine Exklaven in Deutschland». WDR.de. Consultado em 9 de março de 2008 (em alemão)
  5. Wallorail.be (em francês)
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Vennbahn