Ventrículo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Ventrículo esquerdo)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde Junho de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Ventríloquo. Para outros significados, veja Ventrículo (desambiguação).
Ventrículo
Diagram of the human heart (cropped) pt.svg
Diagrama do coração humano visto de frente.
Gray496.png
Ventrículo esquerdo em baixo, à esquerda.
Latim ventriculus sinister cordis
Gray assunto #138 534
MeSH Ventricle

Ventrículo refere-se a uma câmara inferior do coração. O coração humano possui dois ventrículos. O ventrículo direito recebe o sangue através da valva tricúspide, vindo da aurícula direita e o ventrículo esquerdo recebe o sangue através da valva bicúspide, vindo da aurícula esquerdo.

Ventrículos são as câmaras do coração cuja função é bombear o sangue para a circulação sistémica, através da artéria aórta, no caso do ventrículo esquerdo, e para a circulação pulmonar, através da artéria pulmonar, no caso do ventrículo direito.

Os ventrículos estão ligados às aurículas, que recebem sangue arterial pelas veias pulmonares (aurícula esquerda) e sangue venoso pela veia cava superior e inferior (aurícula direita).

Após a diástole geral ocorre a sístole auricular que abre as valvas bicúspides ou mitrais (esquerda) e tricúspide (direita) quando as aurículas contraem, bombeando o sangue para os ventrículos, que com a sístole ventricular bombeiam o sangue venoso e arterial para, respectivamente, os pulmões, pela artéria pulmonar, e para o resto do corpo, pela artéria aorta. Nas aortas, para o sangue não recuar, existem também duas valvas que se abrem na sístole ventricular e fecham na diástole geral. São denominadas por valvas sigmoides.

Ventrículo direito[editar | editar código-fonte]

Ventrículo direito é a cavidade do coração responsável pelo bombeamento do sangue na circulação pulmonar. Recebe o sangue venoso do átrio direito. Deságua no tronco da artéria pulmonar, de quem é separado pela válvula pulmonar.

Ventrículo esquerdo[editar | editar código-fonte]

O ventrículo esquerdo do coração humano fica abaixo do átrio esquerdo. Entre eles fica a valva mitral, somente com duas cúspides. No ventrículo esquerdo existem também as cordas tendinosas e os músculos papilares. Desagua na aorta, de quem é separado pela valva aórtica. O ventrículo esquerdo é mais espesso que o ventrículo direito pois precisa realizar contrações mais poderosas para distribuir o sangue para o corpo todo.

A função do ventrículo esquerdo é bombear o sangue para todo o corpo exceto os pulmões. Ele bombeia o sangue para sua circulação sistêmica através da artéria aorta.

Separação e valvas[editar | editar código-fonte]

Os ventrículos são separados das aurículas por valvas chamadas de valva mitral ou valva bicúspide, entre a átrio esquerdo e o ventrículo esquerdo, e valva tricúspide, entre a átrio direito e o ventrículo direito. Entre os ventrículos e os grandes vasos, existem também valvas que impedem o refluxo de sangue para estas câmaras durante a fase de relaxamento ventricular. Essas tomam a designação de valva pulmonar, entre o ventrículo direito e a artéria pulmonar, e de valva aórtica, entre o ventrículo esquerdo e a artéria aorta. Outra designação aceitável para estas valvas é "sigmoide".

Ver também[editar | editar código-fonte]